O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 5 de novembro de 2011

A favela virou moda ?


                Hoje é o dia da favela. Grande dia, não!?

                Por Gizele Martins, 04.11.2011

                A favela virou moda. É verdade sim, ela virou moda. Na verdade, ela sempre foi um grande espetáculo para os telejornais, jornais, seja lá qual mídia for. Mas é certo também que ela sempre esteve nas páginas mais sangrentas. Só, só nestas páginas, mais nada! Afinal, a favela, segundo esta sociedade capitalista neoliberal, é sinônimo de violência, de violência e violência!!! E para por aí.

                O que não é por acaso. É preciso criminalizar quem mora nela. Já que apenas parte desta sociedade pode, neste sistema dominar, ter direitos, ser considerado gente! E para esta parte, nós favelados precisamos sumir, não podemos sequer existir. É por isso que não temos direito à educação, à saúde pública, à segurança, à moradia, dentre diversos outros direitos. O nosso único direito, na verdade, é o de sermos escravos desta minoria.

                O maior problema é que eles dominam tudo mesmo. Conseguem até fazer com que a gente negue a si próprio, negue e criminalize a nossa própria identidade. A nossa própria cultura, história, vida. Eles fazem a gente se sentir burro, preguiçoso e até criminoso.

                Sim, é verdade! Qual o favelado que nunca ouviu isto? Que nunca ouviu que quem mora na favela é criminoso, é burro e que nunca estudou porque não quis ou não se esforçou o bastante!? Certa vez, sentada no sofá da minha casa, ao lado da minha querida avó de 60 anos, ouvi a seguinte frase: “É, Gizele, eu não estudei porque não quis. Fui preguiçosa e hoje sou empregada doméstica porque eu escolhi!”.

                Vocês acreditam nisto? Tem gente que vai ler este texto e vai até concordar com ela. Mas eu na mesma hora a questionei e falei: Mãe, a senhora teve que trabalhar com que idade? durante toda a minha vida só vi a senhora trabalhar. A senhora é preguiçosa mesmo? Ela respondeu: “Ah, Gizele, trabalhei desde criança. Quando eu fiz 20 anos meu marido morreu e criei meus filhos sozinha, mas nunca deixei de trabalhar. Eu chegava na escola e dormia, e aí desisti”.

                Enfim… ela achava mesmo que escolheu esta vida. Que era preguiçosa e tudo mais. Mas é este o recado que recebemos todo o tempo. As pessoas, a sociedade nos coloca sempre como um problema, como culpados por apenas existirmos. E a maioria não percebe que não somos este tal problema, mas sim que o que vivemos é a consequência desta estrutura de mundo, de capital, de riqueza concentrada nas mãos sujas de poucos, de diferença social.

                E, para fechar este texto em homenagem ao “dia da favela”, este lugar que virou moda e, até mesmo, local de exploração financeira para alguns, digo que favela é resistência. E quem vai valorizar e passar o recado de que a minha avó, por exemplo, e todos os outros mareenses e moradores de favelas são guerreiros é a mídia alternativa, a mídia comunitária. Aquela feita pelo povo e pelos amigos e defensores do povo! A outra mídia está fazendo o papel dela e bem feito, e nós precisamos e devemos fazer o nosso! Comunicação Comunitária é direito e dever humano!!! Somos favelados, resistentes, temos cultura, somos gente! Queremos direitos!


Minha cara Gizele Martins, muito bem me fez sua mensagem A FAVELA VIROU MODA mas, permita-me, sou da geração de sua avó, gostaria de acrescentar algumas observações colhidas ao longo da minha vivência desde quando ignorava ainda minha situação de escravo. Era dos melhores, pertencia ao grupo dos que se acham livres, exercia minha capatazia "democrática" pleno de crédula e "livre" civilidade.
Somos todos favelados, todos, senzalados resistentes, tendo muita ou pouca cultura (cavalos de Tróia do sistema plenos de doutrinações escravistas), conscientes ou inconscientes disso, somos gente! Senzalada! Queremos direitos? Sobre tudo o direito à nossa liberdade com identidade própria, não somos gado.
Que direitos? Hoje é o dia da favela? Grande dia, não!?

"Eu só quero ser feliz, andar tranqüilamente na favela onde eu nasci..." Seria isso?
Não creio...
Bendita Internet!

Quem faz a moda? E quem a sustenta?

Espártaco também queria direito à vida livre e amorosa para todos... E na época de Espártaco eram ainda narradas muitas lendas de um passado em que todos os homens e mulheres eram iguais e em que não havia nem amos nem escravos e em que tudo era de propriedade comum.
Morreu na cruz romana, a mesma que até o presente crucifica aos que ousam contestar os donos das casas grandes. Está aí a OTAN e todas as existentes demais forças nazi-sionistas de repressão mundo a fora, os modernos capitães do mato.

A favela, um cínico eufemismo para senzala não virou moda, nunca saiu da moda, é a contínua manipulação da casa grande milenar com seu escravagismo perenizado por nossa aceitação da idéia de liberdade neste sistema doutrinado pelos meios de comunicação (todos) que repetem desde os igrejeiros bancos escolares a propaganda desta cínica pseudo democracia neste labirinto do nada.

Só no Brazsil são ostensores 511 anos de escravidão. Da senzala para a favela numa penada com direito a enredo de escola de samba e muita cachaça, miséria e morte e muito de tudo que possa engabelar a escravaria; inclusive aos escravos de luxo, de onde saem os feitores de todas as modalidades imagináveis e inimagináveis. A televisão, esta insuspeita arma de extermínio em massa, está aí para me asseverar.

Obama, um escravo de luxo, é o máximo do cinismo vigente. Faz o que a casa grande lhe programou fazer. A história de John Kennedy, o último presidente que escapou ao controle, não há quem a desconheça; com exceção das novas gerações ocupadas com as bugigangas eletrônicas com que lhes escravizam os corações e mentes. Estamos todos chipados, os das senzalas e os das casas grandes, a tal de "elite" não perdoa ninguém, são reptilianos psicopatas e antropófagos, não duvide.

Senzala significa "morada", o local de onde o escravo só saía para trabalhar ou apanhar. Agora, esta imensa Guantanamo planetária...


Se não pararmos de sustentar a "matrix" com nossas crenças e escolhas, induzidas solertemente pelas casas grandes, sem tomarmos profunda consciência de nossa milenar escravização, não sairemos das senzalas em que estamos aprisionados. Quanto mais revoltas e porrada, para eles, os desamorosos reptilianos no alto da pirâmide opressora do mundo, é sempre melhor, é seu campo de ação preferido. É tudo o que eles, os dominadores, precisam para justificar a manutenção do poder.

Nossa essência é divina, perfeita.

Os "programas", esses virulentos escravagistas cavalos de Tróia da casa grande impostos pela "midiocracia", e que ingenuamente alimentamos, e sustentamos é que nos mantém neste atoleiro existencial. Não é possível negociar com o sistema. Ilusão.

Os políticos estão aí para nos dar esta ilusão de que temos escolhas. Os banqueiros estão aí administrando ferozmente a escassez planejada de tudo, com exceção da miséria e repressão é claro.

Nova York, Grécia, Favela da maré e demais infinitas senzalas do planeta com seus pelourinhos não me deixam mentir. Acredite, há sempre, em toda época, um renovado hollyoodiano golpe "democrático" para promover a manutenção do escravista sistema antes de meterem a porrada sem dó nem piedade.

Espero estar colaborando... É preciso compreendermos um novo paradigma ao significado da necessidade que é viver pelo AMOR INCONDICIONAL, a única saída possível, aquela que o sistema não quer nem de longe ouvir falar que estamos propagando... Preferem as UPPs...

Gizele, te amo e quero somar e valorizar e passar o recado da sua heróica avó. Leia minha postagem anterior e muitas outras que complementam estas observações sobre nossa invisibilizada perene escravização.  Tudo são crenças e escolhas, escolhamos a liberdade do amor incondicional.

Vos amo e sou grato, que a Paz esteja contigo e todos nós infinitamente.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Os lobos em peles de cordeiros são lobos mesmo.






Do livro "Espartaco", do genial americano do norte Howard Fast:

"Onde iam as estradas romanas, iam também a cruz e o sistema de plantação e a luta de pares e o enorme desprezo pela vida humana escravizada e o incontrolável impulso de transformar em ouro o sangue e o suor da humanidade."

Voltando do "mundo paralelo" ao invisibilizado escravagista labirinto do nada onde pululam "eleitos e não eleitos mafiosos antropofágicos "Smiths" como alados cupins, em tardes de muito calor, não se sabe de onde saem nem para onde vão tantos devoradores quando escondem suas asas sob lustrosos negros ternos engravatados... Quando um político, eleito pelo tal fajuto e "democrático" voto é obrigado a se esconder com sua família fora de seu país para não morrer sob a força do crime organizado, (a única força organizada neste planeta é o crime), os assustadores sociais sintomas do câncer terminal de um povo já vão longe...

O Braszil é um idiotizado ebrifestivo morto vivo que ainda se imagina correr atrás da bola que lhe atiraram, qualquer uma, ou melhor, todas... País rico é um país sem pobreza! É para rir enquanto se chora isso?

Não esperem de mim boas notícias, sinto muito. Entre outras invisibilidades depopulacionais como favelas e amontoados de gente "chique" (senzalas de "luxo"), lixo em profusão, fedorentos automóveis (cadeirantes motorizados), vacinações em massa e chipações compulsórias, Nibirús e Elenins, reptilianos extra terrestres se digladiando dentro de super mercados abertamente e mundo afora, anúncios de abrigos subterrâneos para a "elite", ameaças de "solar flairs", e toneladas de notícias ruins, as boas ainda não as encontrei em meio aos preparos solertes da iminente NUCLEAR terceira guerra mundial já em andamento acelerado.

A mafiosa brazileira dita banda larga é um engôdo e muito mais estreita do que podemos imaginar. Se há uma coisa que "eles" não querem é informação.

Confesso que durante este afastamento de profunda e sem expectativa diuturna "faxina" para o meu bem e o bem de todos senti falta de vocês... A Internet é uma benção. Estou morando na roça, é incrível ver que exceto por celulares e outras lúdicas enganações, não tiramos os pés do século XIX... A presidente Dilma Rousseff afirmou aos demais líderes do G20 que o Brasil segue pronto para contribuir com recursos para o Fundo Monetário Internacional (FMI) na busca de uma solução para a crise na Europa.

Ainda atados à televisão? A paz do Eu para todos nós... Sejam bem-vindos!
Sou grato igualmente aos que deixaram mensagens e aos que não deixaram.

Andei revisitando o genial Wilhelm Reich em "Psicologia de massa do fascismo" - (Massenpsycologie desFascismus, 1933), reencontro este trecho: (...) "Sabemos já que Marx considera como primeiro pressuposto da história e da política o homem vivo, o homem que produz, com as suas qualidades psíquicas e físicas. A estrutura do homem atuante, aquilo a que se chama o "fator subjetivo da história", permaneceu inexplorada porque Marx era sociólogo e não psicólogo, e porque nessa época não havia psicologia científica. O problema que consiste em saber por que razão os homens suportam desde há séculos a exploração e humilhação moral, em resumo, a escravidão, ficou sem resposta; apenas se tinha em conta o processo econômico da sociedade e o mecanismo de exploração baseado na economia privada." (pág 28)
Outra citação: "The whole global political and economic system is run by dark-suits trapped in left-brain reality. This is why we live in a left-brain society and the right-brain perspective is ridiculed or condemned as 'crazy'. The human invaders in Avatar personify this left-brain domination. The left-brain mentality has no empathy with the consequences for others of its actions, because empathy comes from making a connection to other expressions of life, be they people, trees, plants or animals, and putting yourself in their situation." David Icke

O inesgotável tempo é sempre o presente onde tudo é, a morada do divino, fonte criadora de luminosas mudanças radicais, sobretudo nos que estão despertos e acordados. Aos que estão despertando nesta existência, Deus, a oportunidade, este eterno orgônico infinito amoroso campo quantico de infinitas possibilidades para o nosso bem e o bem de todos é o amor, o amor infinito e incondicional. Este sim deve ser o nosso governante. Tudo está aí em permanente expansão para ser recebido em infinitas dádivas de abundância para todos sem exceções. Nossa essência é divina, é perfeita. Só precisamos limpar, sem expectativas, incessantemente, e tudo o mais nos é acrescentado. O câncer, "cavalo de Tróia", como todas as mazelas no mundo, é uma memória patriarcal materializada inconscientemente pelos programas milenares com que nos castram, cegam e escravizam.


Estamos de volta! Usemos intensamente nosso lado direito do cérebro, conectemos os pontos e limpemos!

Sou grato, te amo.

domingo, 28 de agosto de 2011

Mensagem aos amigos e visitantes


Peixes (20 fev. a 20 mar.) 

 Mensagem recebida Hoje, domingo 28 de agosto de 2011 pelo amanagé.

Os negritos são meus interferindo na mensagem original que está grifada... 

" Você passa por uma fase de mudança no modo de viver, são costumes antigos sendo dissolvidos e uma nova ordem e necessidades apelando a sua atenção.
Um parceiro, (é o meu luminoso aumakua, guia, tutor, ou anjo da guarda, como queiram compreender, de costume e desde sempre e eternamente alinhado ao divino campo quântico de infinitas possibilidades para o meu bem e o bem de todos) pode dar (dará como sempre) dicas ótimas a respeito de como coordenar tudo de novo.

Em função disso ficarei fora do ar por tempo indeterminado limpando memórias e "programas" sempre no presente onde tudo acontece para o meu bem e o bem de todos, e sempre sem expectativas. Cuidem bem de seus corpos para poderem cuidar melhor ainda de suas almas que é o que realmente interessa, o tempo urge, "a grande porta" está se fechando..., mas, ainda há tempo. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato; inté breve. 

Desejo a todos a PAZ do EU em permanente amorosa limpeza e gratidão.


Aldo Luiz

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O GENOCIDA 4º REICH DA NOVA ORDEM MUNDIAL AVANÇA SUA AGENDA SOBRE O BRASIL

 

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O escravagista e genocida 4º REICH DA NOVA ORDEM MUNDIAL AVANÇA SUA AGENDA NO BRASIL

Divulguem por todo o planeta!!!

"Longe das florestas e dos seus encantos só nos resta divulgar amplamente o verdadeiro horror das megalomanias incompreensíveis, suicidas e homicidas que, como esta, afetam todo o planeta de forma direta!!!




SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

CASA GRANDE E SENZALA OU ALGEMA EM POBRE PODE

19 de agosto de 2011 às 0:17

Policiais federais: Algema em pobre pode

Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil
12/08/2011 – 18:31
por sugestão da leitora Jô Freitas, no site da ADPF
A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal vem a público esclarecer que, após ser preso, qualquer criminoso tem como primeira providência tentar desqualificar o trabalho policial. Quando ele não pode fazê-lo pessoalmente, seus amigos ou padrinhos assumem a tarefa em seu lugar.
A entidade lamenta que no Brasil, a corrupção tenha atingido níveis inimagináveis; altos executivos do governo, quando não são presos por ordem judicial, são demitidos por envolvimento em falcatruas.
Milhões de reais – dinheiro pertencente ao povo- são desviados diariamente por aproveitadores travestidos de autoridades. E quando esses indivíduos são presos, por ordem judicial, os padrinhos vêm a publico e se dizem “ estarrecidos com a violência da operação da Polícia Federal”. Isto é apenas o início de uma estratégia usada por essas pessoas com o objetivo de desqualificar a correta atuação da polícia. Quando se prende um político ou alguém por ele protegido, é como mexer num vespeiro.
A providência logo adotada visa desviar o foco das investigações e investir contra o trabalho policial. Em tempos recentes, esse método deu tão certo que todo um trabalho investigatório foi anulado. Agora, a tática volta ao cenário.
Há de chegar o dia em que a história será contada em seus precisos tempos.
De repente, o uso de algemas em criminosos passa a ser um delito muito maior que o desvio de milhões de reais dos cofres públicos.
A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal colocará todo o seu empenho para esclarecer o povo brasileiro o que realmente se pretende com tais acusações ao trabalho policial e o que está por trás de toda essa tentativa de desqualificação da atuação da Polícia Federal.
A decisão sobre se um preso deve ser conduzido algemado ou não é tomada pelo policial que o prende e não por quem desfruta do conforto e das mordomias dos gabinetes climatizados de Brasília.
É uma pena que aqueles que se dizem “estarrecidos” com a “violência pelo uso de algemas” não tenham o mesmo sentimento diante dos escândalos que acontecem diariamente no país, que fazem evaporar bilhões de reais dos cofres da nação, deixando milhares de pessoas na miséria, inclusive condenando-as a morte.
No Ministério dos Transportes, toda a cúpula foi afastada. Logo em seguida, estourou o escândalo na Conab e no próprio Ministério da Agricultura. Em decorrência das investigações no Ministério do Turismo, a Justiça Federal determinou a prisão de 38 pessoas de uma só tacada.
Mas a preocupação oficial é com o uso de algemas. Em todos os países do mundo, a doutrina policial ensina que todo preso deve ser conduzido algemado, porque a algema é um instrumento de proteção ao preso e ao policial que o prende.
Quanto às provas da culpabilidade dos envolvidos, cabe esclarecer que serão apresentadas no momento oportuno  ao Juiz encarregado do feito, e somente a ele e a mais ninguém. Não cabe à Polícia exibir provas pela imprensa.
A ADPF aproveita para reproduzir o que disse o ex-ministro Márcio Thomaz Bastos: “a Polícia Federal é republicana e não pertence ao governo nem a partidos políticos”.
Brasília, 12 de agosto de 2011
Bolivar Steinmetz
Vice-presidente, no exercício da presidência

¿Por qué no te callas? ou Menos crucifixo, mais emprego fixo ou É de indignar as pedras



quinta-feira, 18 de agosto de 2011


¿Por qué no te callas? ou Menos crucifixo, mais emprego fixo ou É de indignar as pedras

GilsonSampaio
É impressionante a hipocrisia dessa gente que vive nababescamente à custa da população.
Os dados que circulam para o público apontam em 20% o número de desempregados, outras opiniões dizem que o número é bem maior. Junte-se a isto os trabalhadores precarizados (direitos trabalhistas e sociais reduzidos a quase zero) e a captura do estado pela canalha bancária, e aí temos o protesto contra os gastos com a visita do nazista  Papa Ratzinger. Na verdade, a visita do Papa nazista não passa de uma “olha a sacolinha, quem der mais assegura um melhor lugar no céu”: até ingresso para missa campal vão cobrar.
“Menos religião, mais educação”,“Menos crucifixo, mais emprego fixo” e “Bento, nazi” são os cartazes refletem o ânimo dos indignados espanhóis.
Aí aparece um babaca como o rei Juan Carlos I pedindo um “milagre” ao Papa nazi para acabar com o desemprego. Mas, pensando bem, faz sentido. O papa nazi é o preposto de Deus no planeta e tem um canal de comunicação privilegiado o Todo-Poderoso, por supuesto, quem sabe um milagre possa tirar das ruas o povo que se rebela contra o que o rei e o papa representam?
Cá pra nós, é de indignar as pedras.
ET: a próxima vítima do “olha a sacolinha” pode ser o Rio de Janeiro. Já deve ter gente pensando em como ganhar algum com a venda de hóstias, não é Sergio Cabral?
Via EFE
Rei da Espanha pede ao papa que ajude a acabar com o desemprego entre jovens
Madri, 18 ago (EFE).- O rei Juan Carlos I da Espanha pediu nesta quinta-feira ao papa que ajude a acabar com o "intolerável" desemprego entre jovens e que mostre a eles os meios disponíveis para abrir seus caminhos em tempos que não são fáceis.
Minutos após o Pontífice aterrissar no aeroporto de Madri-Barajas, o monarca espanhol deu as boas-vindas a Bento XVI, que foi à Espanha para presidir os principais atos da Jornada Mundial da Juventude.

e tem mais AQUI
"Ainda que o papa se tenha declarado contra a lógica do “lucro acima do direito das pessoas”, seus atos não confirmam a retórica. A posição do papa, diante das dificuldades da península, foi bem exposta em visita anterior a Santiago de Compostela, quando Ratzinger expressou preocupação contra a crescente laicidade dos espanhóis e o seu anticlericalismo, “que lembra os anos 30”, e pediu “nova evangelização” na península. A “evangelização” franquista dos anos 30, apoiada na Opus Dei e no garrote vil, nós já conhecemos. Que outra “evangelização” pretende agora o papa, quando se queixa da liberdade de pensamento na Espanha atual?

Canal História - O exercito secreto da nato from Diogo Sousa on Vimeo.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O 4º REICH DA NOVA ORDEM MUNDIAL AVANÇA SUA AGENDA E O SEU TREINAMENTO PARA A VEZ DO BRASIL


O 4º REICH NAZI SIONISTA DA ESCRAVAGISTA NOVA ORDEM MUNDIAL AVANÇA SUA AGENDA.
ESTE É "O TREINAMENTO" PARA A VEZ DO BRASZIL E AMÉRICA LATINA. É SÓ AGUARDAR...



SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

Veja mais sobre o 4º REICH escravagista e a terceira guerra mundial em curso acelerado
http://www.tijolaco.com/nota-da-delegacao-brasileira-a-libia/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+Tijolacoblog+%28Tijola%C3%A7o+-+O+Blog+do+Brizola+Neto%29

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Estamos sendo enganados?



Elenin não é um cometa, é um planeta... Estamos sendo enganados? Mais uma como de costume? Quem está mentindo?
Mentem, alienam, "chipam", escravizam,exploram, corrompem, escarnecem, torturam, matam, conspiram como respiram... Em quem acreditar? Em quem confiar?

ALERT "COMET ELENIN IS A LIE" IT IS PLANET X WE ARE BEING LIED TO.



sinto muito me perdoe te amo sou grato

O MITO DO CUIDADO

Uma homenagem aos cuidadores.


O MITO DO CUIDADO1

Cléa Regina de Oliveria Ribeiro2

 
 
Gostaria de propor uma reflexão para os iniciantes da vida profissional na Enfermagem, trazendo uma mensagem que tem como base uma lenda antiga, da época dos gregos e dos romanos chamada O Mito do Cuidado. Constitui-se em uma alegoria de extrema beleza, que nos leva a pensar sobre o sentido da Enfermagem e sobre o destino do ser humano. Recordar os mitos de origem da antigüidade, na atualidade, nos ajuda a entender o sentido dos arquétipos da humanidade. São quatro os personagens deste mito: Júpiter, Saturno, Terra e Cuidado. Na mitologia, Júpiter: é o deus-rei de todos os deuses; Saturno: é pai de Júpiter, era o deus do Tempo, da Abundância e da Igualdade entre os homens; Terra: a deusa-mãe, era a mãe de Júpiter e de vários outros deuses, representava as origens, a força de vida original no mundo; e Cuidado: era uma entidade comum—não era uma deusa nem semi-deusa.
Diz a lenda que,
"Um dia, quando Cuidado pensativamente atravessava um rio, ela resolveu apanhar um pouco de barro e começar a moldar um ser, que ao final apresentou a forma humana. Enquanto olhava para sua obra e avaliava o que tinha feito, Júpiter se aproximou. Cuidado pediu então a ele, para dar o espírito da vida para aquele ser, no que Júpiter prontamente a atendeu.
Cuidado, satisfeita, quis dar um nome àquele ser, mas Júpiter, orgulhoso, disse que o seu nome é que deveria ser dado a ele.
Enquanto Cuidado e Júpiter discutiam, Terra surge e lembra que ela é quem deveria dar um nome àquele ser, já que ele tinha sido feito da matéria de seu próprio corpo—o barro. Finalmente, para resolver a questão os três disputantes aceitaram Saturno como juiz.
Saturno decidiu, em seu senso de justiça, que Júpiter, quem deu o espírito ao ser, receberia de volta sua alma depois da morte; Terra, como havia dado a própria substância para o corpo dele, o receberia de volta quando morresse.
Mas, ainda disse Saturno, "já que Cuidado antecedeu a Júpiter e à Terra e lhe deu a forma humana, que ela lhe dê assistência: que o acompanhe, conserve sua vida e lhe dê o apoio enquanto ele viver.
Quanto ao nome, ele será chamado Homo (o nome em latim para Homem), já que ele foi feito do humus da terra"*.
Pensemos na palavra latina para Cuidado que é CURA—e por isso este mito também é chamado de "o mito de CURA". Mas consideremos o sentido de CURA de maneira mais ampla do que entendemos a palavra cura hoje em dia: CURA como CUIDADO, e CUIDADO em nosso sentido moderno como assistência —sentido este que preserva a essência do que entendemos ainda hoje como sendo a tarefa primordial da Enfermagem. Mais do que uma tarefa, a Enfermagem hoje é um conhecimento, uma profissão que tem delimitadas a sua competência e sua especificidade—que ainda se ligam à idéia original de "um olhar e uma ação assistencial ao ser humano, estreitamente vinculado a um apoio—curativo, preventivo ou de promoção da saúde—mas sempre ao lado do Homem, como determina a nossa lenda de origem".
É importante também refletir sobre a competência da enfermagem como uma ação prática que dá suporte à vida humana, mas estendendo essa concepção, é importante reconhecê-la como um fazer profissional, único e absolutamente indispensável na área da saúde, cujos profissionais deverão sempre ter em mente a noção clara de sua atuação e de seu espaço profissional— assim como entender que ele se entrelaça em um contexto humano, que é também social e portanto político, mas também autônomo: não esquecendo que a responsabilidade da vida de cada um é do portador desta grande dádiva.
Considerando uma premissa fundamental no contexto da Ética da Enfermagem devemos lembrar que a enfermagem é única em sua especificidade, portanto, aos profissionais de Enfermagem (iniciantes ou não): saibam defender, valorizar e honrar sua profissão, porque isto está além da Ética: é o orgulho de ser enfermeiro. É uma atribuição mesma dos deuses a compreensão do significado de exercer a Enfermagem, que é: estar ao lado do Homem em sua jornada pela existência cuidando de seu bem estar, de sua vida e de sua saúde.

 
 
1 Extraído do Discurso de Paraninfo proferido na Sessão Solene da Colação de Grau as XLIV Turma da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, 2000 2clearib@glete.eerp.usp.br Professor de Ética e Filosofia do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Av. Bandeirantes, 3900 - Monte Alegre - 14040-902 - Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil. E-mail:
* REICH, W.T. (ed.). "Care". IN: Encyclopedia of Bioethics, 2nd. ed., New York, Simon & Schuster Macmillan, 1995, v. 5
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-11692001000100018&script=sci_arttext

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Para que serve o HAARP ? (2)



Outras "utilidades" do HAARP e o que realmente está acontecendo.
Compartilho aqui as observações de ECOCÍDIO sobre Londres e demais manifestações de falsa bandeira mundo a fora em nome do povo milenarmente escravizado à demência para sua perene exploração por todas as casas grandes do mundo enquanto vão avançando sua agenda e a 3ª guerra mundial já em curso acelerado neste invisibilizado 4º reich nazi-sionista em ascensão .
O SISTEMA É ESCRAVAGISTA, ALIENÍGENA , INUMANO E ANTROPOFÁGICO. Nunca desligue seu detector de mentiras. Ninguém virá nos salvar...
"Os jornais do mundo inteiro estão cobrindo as revoltas em Londres. Mas, não importa em que parte do mundo você esteja, sua mídia mainstream não está falando um “A” sobre a razão dos tumultos. Não se preocupe em assistir o Jornal Nacional ou outro parecido.
A razão da revolta, e também da não explicação da mídia é óbvia: Os banksters internacionais – os mesmos que deram a ordem para a rede Globo dar início à crise no Brasil – estão fazendo o mesmo que na Grécia, Portugal, Itália e, em breve Espanha e outros países. Ou seja, enquanto fazem os governos reduzirem os impostos para os bilionários & up, transferem tudo isso para as costas dos trabalhadores.
Mas não é só isso. O tumulto por lá ainda não é autenticamente do povo. O timing para ele ocorrer foi perfeito. Cirúrgicamente planejado, diria.
Uma empresa privada teve o “poder” de dar início oficialmente à decorracada do dólar e, com isso, à crise sem precedentes na história moderna.
Ao mesmo tempo, em Londres, um monte de gente vai às ruas quebrar tudo depois do assassinato de um homem. Hmmm, cheiro de bandeira-falsa.
Indo um pouco mais longe, depois de casos como o do assassino na escola do Rio, e outros zumbis similares, não poderia ser um HAARP/MK Ultra, dessa vez direcionado para massas ao invés de um indivíduo?
Independentemente da razão da falsa revolta, qual seu objetivo local? Decretar estado de emergência a la FEMA e executar diretrizes de controle, ou melhor dizendo, suspender temporariamente os direitos dos londrinos e fazer o que bem desejar com eles?
E o impacto disso internacionalmente? Depende muito do que da versão que a mídia quiser contar.
Ainda estou aguardando a “perspectiva” deles.


Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

LEIA TAMBÉM 
http://www.anovaordemmundial.com/2011/08/reino-unido-o-tumulto-da-classe-popular.html

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Para que serve o HAARP?



A 3ª guerra mundial segue seu curso acelerado e sempre encoberto pela midiocracia do escravagista 4º reich nazi-sionista em ascensão. E o Braszil da casa grande e senzala, o florão da América, a terra prometida, dorme deitado eternamente em berço esplêndido chapado na maldita televisão, outra arma de extermínio em massa.
"Você não pode ensinar a um homem qualquer coisa, você só pode ajudá-lo a descobri-la em si mesmo." - Galileo Galilei


ESOPO



OS MEMBROS E O CORPO


As mãos e os pés se queixavam dos outros membros, dizendo – que eles toda a vida trabalhavam e traziam o corpo às costas, e tudo redundava em proveito do estômago que comia sem trabalho; portanto que se determinasse a buscar sua vida, que eles não haviam de dar-lhe de comer. Por muito que o estômago lhes rogou, não quiseram tomar outra determinação, e assim começaram a negar-lhe a comida: e ele enfraqueceu. Mas como juntamente enfraquecessem os pés e mãos, tornaram depressa a querer alimentá-lo; mas como já a fraqueza fosse muita, nada lhes valeu, e morreram todos juntamente.

E A 3ª GUERRA MUNDIAL SEGUE, PELA DITADURA DA MÍDIA MUNDIAL ESCRAVAGISTA, SEU INVISIBILIZADO ADIANTADO CURSO, E ACELERANDO. SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

domingo, 7 de agosto de 2011

"TERRITÓRIO DE GUERRA" - A REAÇÃO DOS MILITARES A AMORIM




Posted: 06 Aug 2011 08:44 AM PDT
“TERRITÓRIO DE GUERRA” – A REAÇÃO DOS MILITARES A AMORIM


Laerte Braga




A fúria de King Kong no topo de uma antena/pára-raios no Empire State até ser atingido por bombas num ataque devastador da força aérea norte-americana e em seguida à sua queda, o olhar terno e amoroso para a mocinha do filme mostra com boa dose de precisão o caráter da sociedade nos EUA. O escravo/objeto do espetáculo derrotado pela democracia cristã e ocidental.


E leviano, é boçal e hoje se reveste de uma natureza terrorista visível a olho nu. Uma nação que vai se fragmentando num processo que tangencia o autofágico e certamente vai chegar essa autofagia na busca desesperada da sobrevivência em meio ao caos. Tanto dos que disparam no Afeganistão em nome da liberdade e guiados por forças divinas – as deles – como nos que invadem escolas e afirmam que “fiz a mando de Deus para limpar o mundo”.


O diário do Congresso dos Estados Unidos – THE HILL – afirma que o Pentágono trouxe a público um plano de ciber/segurança, declarando a Internet “um domínio de guerra”. O diário não explica, no entanto, como os militares usarão a WEB para ataques ofensivos.


A rede social FACEBOOK é um dos instrumentos. Não admitirá qualquer tipo de ataque frontal aos EUA. A censura já começa a ser uma realidade.


Ferido mortalmente King Kong esmagava aviões e helicópteros com as mãos e como o Superman não tivesse aparecido – ou ainda não tivesse chegado de Krypton – muitas bombas foram necessárias para eliminar a fonte de lucro de meia dúzia de empresários inescrupulosos. Banqueiros, executivos de grandes corporações somam hoje dúzias de inescrupulosos a gerirem o país sob a bandeira do nazi/sionismo.


Hoje ficaria até meio difícil contar com o Superam. O herói resolveu renunciar a cidadania norte-americana em discurso na ONU diante de tantas barbaridades atribuídas a ele em seu nome.


O máximo que podem fazer é vir a Minas Gerais e buscar o monstro de um rio numa cidade desse estado brasileiro. Existem monstros assim em vários rios. O Paraibuna por exemplo. Segundo descrições de quem já viu, pode ser denominado “A Louca do Paraibuna”. É produto de restos de urânio enriquecido com toneladas de senhores legisladores, uma espécie aterradora que faz pouso em câmaras municipais. A principal delas na cidade de Juiz de Fora cidade cortada pelo rio. Pesa algo em torno de duas ou três toneladas, pois variam as descrições. É conhecida também como o monstro do Bla Bla Bla e suas reações dependem da presença ou ausência de HALDOL na corrente sanguínea até chegar ao que imagina ser algo como o cérebro. A caixa de comando.


A reação de militares brasileiros a Celso Amorim no Ministério da Defesa é outra aspecto que define bem o que sejam forças armadas em quase todos os países do mundo. Como têm o poder da Borduna – e muitas vezes pouco poder cerebral – costumam baixar a dita Borduna para garantir a lei e a ordem no viés totalitário e boçal que vimos no período da ditadura militar em 1964.


É a velha história contada por Darcy Ribeiro sobre a origem do Estado. O mais inteligente da tribo chamou o mais esperto e resolveram que o primeiro seria o rei e o mais esperto encarregado de vender a idéia ao resto da turma, como sendo desígnio divino e implicando em pelo menos 10% da colheita a guisa de tributos. Esse mais esperto foi o primeiro sacerdote da história da humanidade. Por via das dúvidas escolheram o mais estúpido para ser o chefe militar encarregado de colocar ordem e nos conformes – “teje preso”- quem ousasse discordar.


O diálogo do rei era direto com “Deus”. Mas se demorasse muito em suas meditações os cá de baixo acabavam cultuando um bezerro de ouro e emprestando a juros.


Militares não mudaram muito em relação à sua gênese e os que mudaram pagam preços pesados pela coragem e pela ousadia. O negócio é marchar no passo certo, pensar para que?


Não se constrói uma nação sem uma força armada identificada com anseios, aspirações populares e consciência do dever de respeito a essa vontade – não importa qual seja – e muito menos forças armadas podem avocar a si o direito de definir os destinos de um país, principalmente, quando são comandadas por elites políticas e econômicas de fora. Ou seja, a continência real é para o Pentágono e seus brinquedinhos de eliminar King Kong, hoje, capazes de destruir o planeta por cem vezes se necessário for, mas incapazes de superar índices elevados de desemprego, de pessoas na linha da pobreza, de racismo explícito em relação a negros e outros povos considerados inferiores, ou de impedir que bancos se assenhorem das casas de gentes que sustentam toda essa estrutura.


Não existe esse negócio de um simples telegrama para comunicar que “seu filho morreu honrando os Estados Unidos na defesa da democracia”.


Onde? No campo de concentração de Guantánamo? Nas prisões de tortura livre no Iraque? Nos bombardeios contra alvos civis na Líbia? No massacre genocida do povo Palestino?


A percepção que a internet é um campo de batalha e de fácil entendimento. O Pentágono, uma das empresas das corporações que controlam os EUA, percebeu que a guerra da comunicação começa a ser perdida. As mentiras em redes espalhadas por todo o mundo – televisão – através de agentes e comentaristas terroristas (FOX, CNN, GLOBO, BAND, RECORDE, na Europa, etc) se perdem diante do volume elevado de verdades postadas na rede mundial de computadores.


O nascer da consciência pela informação correta, pelo contraditório, o debate.


Quando um agente de quinta categoria como o deputado Eduardo Azeredo apresenta um projeto que na prática é censura, a turma de cima já tinha consciência da necessidade de apertar o garrote sobre a realidade.


A reação dos militares brasileiros a indicação de Celso Amorim é o temor que esse estamento – que fica à parte, corre paralelo – de nossa sociedade tem de ver a história das barbáries e atrocidades da ditadura militar mostradas ao povo.


Ou o de se verem forçados a sair do Haiti onde exercem um comando nominal, depois do carimbo do general norte-americano, o de “aprovado”, ou “autorizado”.


Há um confronto em aberto no Brasil e que precisa ser fechado. Uma página não escrita da história. Em 1964 triunfaram no golpismo e na violência militares sob o comando de Washington. Excluíram militares dignos e honrados que serviam ao País. Prenderam, torturam, mataram, estupraram, exilaram centenas, milhares de pessoas. Forjaram uma história que não aconteceu.


Escondem-se atrás das cortinas das elites econômicas e dos interesses da grande potência ocidental, ou na bainha da saia da lei da anistia que os torna impunes por crimes contra a humanidade.


Sabem que Celso Amorim é o oposto de tudo isso. E acima de tudo um brasileiro maior que qualquer um dos que vociferam hoje montados em divisas, estrelas ou dragonas. Já não existem mais figuras como Lott, Moreira Lima, Ladário Pereira Telles, Luís Carlos Prestes, Gregório Bezerra, major Cerveira, Lamarca, Milton Temer. Existem generais comandantes de campos de arrozeiros – latifundiários – interessados em ver o Brasil atrelado e submetido a uma nação terrorista, parte de um conglomerado de terror – ISRAEL/EUA TERRORISMO S/A –.


Celso Amorim é o oposto.


E vem aí a censura na WEB, a tal guerra do Pentágono Incorporation. O terror virtual. É bem maior que o monstro que emerge espargindo fogo e ensandecido das águas do Paraibuna. O monstro conhecido como “A Louca do Paraibuna” psiquiatra resolve, o outro não. É guerra mesmo.

HAARP EM AÇÃO



SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

sábado, 6 de agosto de 2011

Obamas do mundo, os fantoches da nova ordem mundial escravagista

Avança sobre o mundo sua agenda  
o 4º REICH NAZI/SIONISTA ESCRAVAGISTA
 desarmando as senzalas para evitar as revoltas...
Aldo 
From our friends at 2nd Amendment TV.
 The economy is melting down. 
 
Food and fuel prices are beggaring
millions. 
 
Real unemployment is at 20%
 
So what is Obama doing?  
 
Making up his own gun laws to make
sure that when it really hits the fan,
only criminals (and cops) have guns. 
 
If you think the 2nd Amendment doesn't
matter, think again. 
 
The tyrants think it matters - a lot - and
are in hyperdrive right now to gut it.  
 
" Dos nossos amigos na TV 2 ª Emenda.

 A economia está derretendo.

Os preços dos alimentos e do combustível estão empobrecendo
milhões.

O desemprego real é de 20%

Então, o que é Obama está fazendo?

Que compõem as suas leis própria arma para fazer
certeza de que quando ele realmente bate no ventilador,
os criminosos apenas (e policiais) têm armas.

Se você acha que a Emenda 2 não
importa, pense novamente.

Os tiranos penso que importa - muito - e
estão em hyperdrive agora para consegui-lo."

2nd Amendment TV

Because self defense is a sacred right





ATF Intimidates Gun Owners With Home Visits
Federal agency attempts to make firearms retailers spy on their customers under new illegal directive

 
http://www.youtube.com/watch?v=Q2opf44tS_s&feature=player_embedded#t=0s
VEJA TAMBÉM

Preocupación en Washington por alto desempleo entre exmilitares  http://www.cubadebate.cu/?p=120031


 http://gilsonsampaio.blogspot.com/2011/08/do-latifundio-ao-agronegocio.html#comment-form
 
http://naturologiamiga.blogspot.com/2011/08/o-conselho-dos-13-e-formado-nos-eua.html
 
Mantenha-se na vibração do amor, todos os espíritos, corações e mentes estão interconectados.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

A autoconfiança do guerreiro


Fernando Augusto disse...
Bom dia, Via! Bom dia, Rainha de Ouros!
Por vezes quando essa dourada Rainha vem acompanhada do Louco ela pode revelar um aspecto em desequilíbrio que precisa ser trabalhado e que diz respeito a nossa confiança, a confiança em nosso poder em relação ao mundo, à terra, as coisas práticas da Vida. Assim deixo aqui um pensamento do caminho do guerreiro sobre a questão confiança:
   Quando não se tem nada a perder, fica-se corajoso. Só somos tímidos quando há ainda alguma coisa a que nos apegamos.  
A autoconfiança do guerreiro não é a autoconfiança do homem comum. O homem comum procura certeza nos olhos do observador e chama a isso autoconfiança. 
O guerreiro procura impecabilidade aos próprios olhos e chama a isso humildade. O homem comum está preso aos seus semelhantes, enquanto o guerreiro só está preso ao infinito.  
Há muitas coisas que um guerreiro pode fazer, em determinado momento, que não poderia ter feito anos antes. Essas coisas não mudaram; o que mudou foi a idéia do guerreiro sobre si mesmo.  
Um guerreiro reconhece sua dor mas não se entrega a ela. O ânimo do guerreiro que entra no desconhecido não é de tristeza; ao contrário, ele é alegre, pois sente-se dominado por sua grande sorte, confiante porque seu espírito é impecável e, acima de tudo, totalmente consciente de sua eficiência. A alegria do guerreiro vem da aceitação de seu destino, e por ter avaliado corretamente o que está à sua frente. 
Um guerreiro já se considera morto, de maneira que ele não tem nada a perder. O pior já lhe aconteceu, portanto ele está lúcido e calmo; a julgar por seus atos ou por suas palavras, não se suspeitaria que ele tenha presenciado tudo.
No intento, F.A. 
Aldo Luiz disse: sou grato, te amo Fernando; sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

POR MOTIVO DE FORÇA MAIOR

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.


Por motivo de força maior do que meu desejo de compartilhar a visão deste mundo em transformação radical para o nosso bem e o bem de todos, não tenho podido me dedicar ao blogue e ao convívio com os amigos como tenho procurado fazer este anos de modesta contribuição nesta BENDITA INTERNET.

Sou o cuidador de minha querida Renata Maria, companheira de 42 anos de casamento, que comemoramos em todos os 11 de setembro e que amanhã completa 71 de existência neste planeta e que está gravemente enferma com mal de Alzheimer. Teve que ser atendida na emergência do Hospital Mário Monteiro, lá ficamos estes últimos 10 dias. Sou gratíssimo ao  excelente tratamento que recebemos de todos os médicos, enfermeiros e funcionários do hospital.

Agora estamos em casa. Ela, infelizmente, não andará mais; está nos deixando lentamente. Voltarei ao blogue o mais breve possível, assim que puder, logo que reorganizamos a vida nestas novas condições.
Afirmo que todas as doenças e infelicidades neste planeta de rara beleza são fruto e criação desta escravocrata antropofágica "elite". Gângsters psicopatas, milenarmente nos escarnecem, exploram e desprezam, e agora avançam o mais cruel inumano 4ºReich transformando o planeta numa Guantanamo global.
Saibam que minha limpeza de todos estes padrões infelicitantes que compartilhamos com todos e tudo tem sido incessante. Nunca tive tanta fé, certeza de nossa divina perfeição e infinitude, nunca fui tão livre, leve, calmo, e desfrutei de tanta paz interior. Agradeço a todos os amigos pela preocupação e consideração. Desejo a paz do Eu infinitamente para todos.

Por incrível que vos pareça, nos momentos de lucidez, quando pergunto se está tudo bem ela responde que sim, que está tudo bem. E quando pergunto se ela está feliz ela responde que sim, que está feliz. Então para mim está tudo bem também e eu estou feliz também. Tenho aprendido muito sobre a divina verdade do amor incondicional, a única fonte de toda a felicidade...

A lagarta se transforma lentamente em crisálida para retornar aos vôos de uma alma eterna, liberta, infinita, divina e perfeita como a mais linda borboleta que sempre foi e somos todos nós...

"Divino Criador, pai, mãe, filho em um.

Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofendemos,à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações, do início da nossa criação até o presente, nós pedimos seu perdão. Deixe isto limpar, purificar, libertar,cortar todas as recordações, bloqueios, energias e vibrações negativas e transmute estas energias indesejáveis em pura luz. E assim está feito."

Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.

Pode ler mais sobre AQUI 

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Por que a Amazônia é tão importante?



1

 Por que a Amazônia é tão importante?

The Global 2000 Report to the President

"Este estudo conclui que se não fizermos o que eles "propõem", haverá crescimento zero para a população BRANCA.

E, de maneira a preservar a sobrevivência da RAÇA BRANCA, as terras que contém os recursos necessários aos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA DO NORTE (passe o rato, ou o aculturado "mouse" sobre o mapa do mundo para ver quais são as terras a que se referem), precisam ser desocupadas de sua população." As quais, entre outros, o germânico Henry Kissinger chama de "bocas inúteis".



E O 4º REICH SEGUE AVANÇANDO SUA AGENDA...
SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO.



Por que a Amazônia é tão importante?


E NINGUÉM VÊ O ESCANDALO ???????
 ESCANDALO
A obra da ponte sobre o rio Negro foi contratada em novembro de 2007 . Inicialmente licitada em R$ 574 milhões , mas, com o passar do tempo, mais R$ 476 milhões foram incorporados aos custos da ponte a título de aditivos. Um absurdo, mais do que isso, um escândalo, levando-se em conta que, pela legislação do país, nenhuma obra pública pode receber aditivo superior a 25 % do que estabelece a lei 8.666. Agora pasmem! Esses 25% de aditivos, já saltaram para 82,7 %.
 A ponte sobre o rio Negro, cujo valor chega hoje a R$ 1,068 bilhão, foi uma das obras financiadas pelo Governo Federal no Amazonas durante o Governo Lula.

A Ponte Rio Negro-Iranduba vai se chamar Presidente Luíz Inacio Lula da Silva.
O BNDES entrou com mais de R$ 500 milhões para o empreendimento.


quinta-feira, 14 de julho de 2011

Notícias da casa grande e senzala a caminho da "Guantanamo planetária".



Jovem Juan: Tudo deu errado

 
A morte de Juan Marques, menino de 11 anos que estava desaparecido desde o final de junho, mobilizou toda opinião pública, mas parece que nossas autoridades não perceberam o problema. Talvez pelo fato de ele ter nascido na Baixada Fluminense, ser morador de periferia e negro, fecharam os olhos para seu caso.

Para Juan, tudo deu errado. A polícia começou a investigar dez dias depois do seu desaparecimento. O irmão foi acusado de ser marginal pela polícia e estava num leito de hospital algemado junto com outros bandidos, sendo tratado como tal e somente solto por ordem judicial desfazendo a primeira mentira lançada pela polícia.

Enquanto isso, o delegado não movia uma palha sequer para mostrar serviço. Somente quando a imprensa entrou no caso a ficha caiu. É bom destacar o apoio da Comissão de direitos humanos da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), por meio dela a família de Juan conseguiu proteção pela certeza de ser a próxima vítima.

A chefe da polícia civil, Marta Rocha, não responsabilizou a corporação pela demora, fez vista grossa para o caso. Idêntico foi o silêncio do Comandante geral da PM, Mário Sergio Duarte, e do Secretário de segurança José Mariano Beltrame. O Governador Sérgio Cabral, esse então deixou a desejar e muito.

Por fim, como já era de se esperar, Juan foi encontrado morto, jogado num rio podre e como pobre. Desgraçado até depois da morte, uma perita confundiu o seu corpo afirmando que era de uma menina.

Ele está dentro daquele perfil de morador de periferia: negro, pobre e favelado. Sustenta aquilo que as Nações Unidas relataram há muito tempo: o assassinato de jovens, e em sua maioria negros. Essa afirmação tem somente um nome: Extermínio.

O documentário de Carlos Pozzato, intitulado Entre muros e Favelas, nos mostra como é a relação entre a policia e os moradores de favelas e como são tratados pelas nossas autoridades. Este documentário encontra-se no youtube.

Se a criança fosse de classe média com certeza haveria uma organização e sairiam pelas ruas da zona sul pedindo justiça e paz, mas como não é ela está muito mais preocupada com suas vaidades e privilégios.

Juan não será o último, muitos iguais a ele, infelizmente, devem morrer pelas mesmas circunstâncias de maneira tão estúpida e selvagem.

O quê será da família de Juan agora? Vai viver sem rumo? Não terá mais referências de si mesma, trocando de nomes e lugares?

Exigimos muito mais que somente a justiça, queremos que o Estado cumpra com o seu dever de punir severamente esses marginais travestidos de Polícia Militar (PM) e a corporação faça pelo menos um pedido de desculpas publicamente.

A Juan, somente desejamos que descanse em paz!

(*) Fabio Nogueira é coordenador de núcleo de pré-vestibular comunitário e militante da educafro.

SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO
Related Posts with Thumbnails