O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

terça-feira, 31 de maio de 2011

Treinando tsuname




Moro em Niterói há 47 anos, jamais presenciei algo semelhante. É o "velho" HAARP de guerra nos brindando com suas excêntricas nefastas novidades?
Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

terça-feira, 24 de maio de 2011

INVISÍVEL

 

 

Invisível


As pessoas escondem-se nas multidões para ficarem invisíveis e recatam-se na sua solidão para serem elas próprias, para se exprimirem verdadeiramente para elas próprias, com as suas coisas todas, cada um terá as suas.
Na influência dos outros, cada um coloca as suas máscaras inconscientemente, que vão ao encontro das expectativas dos grupos sociais em que interagem, fazemos isto de forma automática, como respirar. Na família, no trabalho, em casa e em todas as interacções sociais que se vivem, somos diferentes consoante as situações, por um prisma mais profundo, somos dominados pelas situações.
Somos várias pessoas, com pessoas diferentes, no fundo somos, aquela pessoa.
À medida que vamos ultrapassando essas personalidades múltiplas auto e/ou impostas de fora vamos ganhando esse espectacular auto-controle de nós próprios, ou seja, sermos a nossa essência em diferentes interacções.
Quando o indivíduo, percepcionando este jogo de máscaras, além da auto-confiança que está implícita, adquire naturalmente a serenidade, a tranquilidade de estar imune a influências intra e extrafísicas, de estar bem consigo próprio, seja em ambientes físicos e sociais. Assume na sua consciência de que não há seres superiores, nem inferiores, mas sim, vários estados evolutivos, todos com os seus processos, que fazem parte das suas evoluções/aprendizagens e dessa forma compreendendo-se mais a si próprio, compreendendo melhor os outros.
Estas coisas não são ciências ocultas ou transcendentais, apenas a realidade das coisas.

O que não invalida que a maior parte das pessoas não queira sair da sua área de conhecimentos, da sua zona de conforto, da zona onde se sinta seguro, para daí manter a sua invisibilidade, mesmo que, rodeada de muitos com os mesmos medos.
 A entrevista abaixo (toda) é um complemento ao meu raciocínio sobre o "invisível" que nos escraviza milenarmente, principalmente o trecho à partir das 2hs de gravação. Soma o texto acima ao vídeo abaixo e tire suas conclusões sobre o "invisível"... Já tirei as minhas.

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. 

sábado, 21 de maio de 2011

O ESCRAVAGISTA 4º REICH DA NOVA ORDEM MUNDIAL AVANÇA O SEU TREINAMENTO NO BRASIL






SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

Um "movimento" pelo amor incondicional ninguém propõem, não "vende", não dá lucro. A sistemática analfabetização pela via midiocrática, a deseducação e a estupidificação institucionalizada das massas forjou, ao longo deste último meio século, este estado de inumana desconstrução do afeto e da solidariedade impondo a inconsciente competição fratricida na sobrevivência do dissimulado sistema escravista vigente. Muitos, certamente a grande maioria, continuam resistindo bravamente. Mas, O AMOR INCONDICIONAL, DESDE JÁ E ANCESTRALMENTE, ESTÁ FORA DESTA AGENDA ESCRAVAGISTA.


FIQUE ATENTO, CUIDE BEM DE VOCÊ, DA SUA ALMA, POIS NINGUÉM VIRÁ NOS SALVAR!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Já observaram? Ou continuam vendo TV?

Ainda há quem não acredite na existência e uso intensivo da mais sofisticada arma de guerra chamada H A A R P... 
Já observaram que faltam trinta e seis dias para o começo do inverno de - 2011 – inicio em 21/06 e termino em 23/09 - e, às 17hs do dia de hoje o sol já se pôs aqui no Rio de Janeiro? Acho que vamos passar este inverno na maior e mais fria escuridão...
"Terremoto em 2010 inclinou eixo de rotação da Terra e reduziu duração do dia
"O sismo de 27 de Fevereiro no Chile que matou mais de 700 pessoas terá feito os dias na Terra mais curtos – embora imperceptivelmente, apenas 1,26 milionésimos de segundo mais curtos. Mas o eixo de rotação do planeta ter-se-á deslocado cerca de oito centímetros, em resultado do abalo de magnitude 8,8 na escala de Richter.
E por que é que o sismo do Chile, tendo uma magnitude mais reduzida que o de Sumatra, deslocou o eixo em oito centímetros, enquanto o de Sumatra se ficou por sete? “Primeiro, o de Sumatra localizou-se perto do Equador, e o do Chile numa latitude média, o que o torna mais eficiente a desviar o eixo da Terra”, diz o comunicado da NASA que dá a conhecer os resultados de Gross. 
"Em segundo lugar, a falha [geológica] responsável pelo sismo de 2010 mergulha na Terra num ângulo mais agudo do que o de 2004. Isto faz com que a falha do Chile seja mais eficaz a mover a massa da Terra verticalmente e, assim, a desviar o eixo da Terra.” (FONTE)

Conecte os pontos entre http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/NATAL.pdf
 e "Forte terremoto ocorre próximo à costa brasileira, sem causar danos" (aqui)
Especulemos: a Amazônia brasileira, já era! "Já é", faz tempo, parte do mapa americano do norte, agora temos chuvas permanentes no norte e nordeste brasileiro provocando as cheias dos rios e as conseqüentes desastrosas inundações, some-se a isto a possibilidade de um terremoto com respectivo tsunami e a sempre oportuna famosa "ajuda humanitária" dos EUA, qualquer coisa como foi feita no Haiti. A 4ª frota está por aqui monitorando o pré-sal, etc, etc, etc.
Pensou? Cabeça foi feita para pensar.
SINTO MUITO ME PERDOE TE AMO SOU GRATO

domingo, 15 de maio de 2011

Bin Laden - MENTIRA em cima de MENTIRA em cima de MENTIRA - Alex Jones - Legendado Português



Atenção pessoal brasileiro e demais lusófonos.  

Atenção escravos, senhores e capatazes que sempre nos acusam de "CONSPIRANÓICOS". 

O que vocês vão usar agora para tentar desmentir as verdades e tentar esconder esta descarada traição à humanidade em perene escravização?

Bin Laden - MENTIRA em cima de MENTIRA em cima de MENTIRA - Sou grato a Alex Jones e a quem legendou em português e a todos os humanos que lutam pela nossa libertação. 



Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

13 de maio e a abolição diferenciada


Para que servem os movimentos? O movimento "diretas já", o movimento dos "caras pintadas", "cansei", "sem terra", "sem teto", "sem mídia", sem pai nem mãe e sem perspectiva e todos os movimentos que se repetem neste labirinto do nada deste desavergonhado democrata BRASIL escravagista de 511 anos, tem em pleno 13 de maio subrepticiamente o "lançamento" de mais um movimento; o movimento da "abolição diferenciada".
O sistema é antropofágico e não se atrapalha em degustar mais uma ou duas gerações de humanos arrebanhadas como ovelhas no pasto do florão da América e no mundo que nos ilha.
Este "programas" são, de forma subliminar ou escancaradamente, ancestralmente embutidos "PELOS DOMINADORES", a tal de ELITE. Os mesmos (milenares) ESCRAVAGISTAS, que doutrinam a subserviência às massas senzaladas através de seus agentes banqueiros, economistas, políticos, esportistas, professores, doutores, cientistas, religiosos, militares,  policiais, advogados, médicos, todos os MIDIOCRATAS e todos os asseclas masculinos e femininos culposos ou dolosos que fazem rodar os programas terroristas de controle e escassez permanente de tudo.
Em 1917, justamente em São Paulo, que coincidência (?), " Nas industrias fabris de bairros como Mooca, Brás, Lapa e Barra Funda, a jornada de trabalho variava de 10 a 12 horas e o salário não passava de 100 mil réis - o consumo básico de uma família composta de por homem, mulher e dois filhos, chegava a 207 mil réis. A situação era de tal modo desalentadora que todos eles resolveram cruzar os braços. E a cidade de São Paulo simplesmente parou, na primeira grande greve da hístória do Brasil. (Fonte: Revista Aventuras na História, 90 anos/revolução Russa. pág.69)
Enquanto isto, os divinizados intocáveis banqueiros, com sua escassez planejada de tudo, se divertem contando as doações de mais juros sobre juros, que aterrorizado, honestamente, o povo corre a depositar para tentar se socorrer acossado pelo consumismo no incerto pão nosso de cada dia.
Quem sabe e conhece o Brasil são os "democratas" ESCRAVISTAS donos do mundo no cume da pirâmide milenar que o conserva assim escravizado, e praticamente a totalidade senzalada do planeta. Eles tem o mapa da permanência de seus objetivos exploradores e preservam o Brasil que nunca foi nosso, "é deles", para ocupação efetiva enquanto nos dão a ilusão de posse de um Brasil que ignoramos.
Um pouco dessa nossa história:
"Moradores do bairro nobre de Higienópolis, em São Paulo, conseguiram fazer com que o governo paulista desistisse de construir uma estação de metrô na avenida Angélica, uma das principais vias locais. O movimento com abaixo-assinado contra a construção do metrô,não é novo não. Uma psicóloga, moradora do bairro, chegou a dizer que era contra o metrô para evitar que gente diferenciada freqüentasse Higienópolis."


Um "movimento" pelo amor incondicional ninguém propõem, não "vende", não dá lucro. A sistemática analfabetização pela via midiocrática, a deseducação e a estupidificação institucionalizada das massas forjou, ao longo deste último meio século, este estado de inumana desconstrução do afeto e da solidariedade impondo a inconsciente competição fratricida na sobrevivência do dissimulado sistema escravista vigente. Muitos, certamente a grande maioria, continuam resistindo bravamente. Mas, O AMOR INCONDICIONAL, DESDE JÁ E ANCESTRALMENTE, ESTÁ FORA DESTA AGENDA ESCRAVAGISTA.
FIQUE ATENTO, CUIDE BEM DE VOCÊ, DA SUA ALMA, POIS NINGUÉM VIRÁ NOS SALVAR!
Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.



O GOLPE do "futurismo espiritualista"


Montei um "puzzle", um quebra-cabeças deste terreno minado, esta renovada trampa  em curso com nome de "movimentos", para animar os raciocínios desatentos ou preguiçosos. Zeitgeist and Wayseer, outra vez? Sei não..., aí tem... Não digam depois que não levantei a lebre.

O quebra-cabeças das armadilhas.

Mais uma grande armadilha do momento?

Mais um engôdo movimento tipo anos 70, "PAZ E AMOR BICHO" E OUTRAS DROGAS PREGRESSAS com a cara de "futurismo espiritualista" salvador visando a vazia juventude rebelde sem causa, uma forma absolutamente insuspeitável de "louvor" iludindo os incautos e desavisados. Desconhecedores da história que os precedeu, sempre os jovens, tornam-se presas fáceis nas mãos sujas dos velhos estelionatários terroristas a serviço dos senhores escravagistas.

É sempre o requentado new "New Age" ageless de um  movimento oportunista. Quem financia isto? De onde vem o dinheiro que banca tudo isto? O "hippie" sub-cultura que serviu para desviar a atenção das desgraças causadas pela guerra do USA (leia-se NEW WORLD ORDER) contra o povo vietnamita e as ditaduras na América Latina e mundo afora faturou uma enormidade em todos os tentáculos da máfia mundial.
Nada como orquestrar um "bom" movimento para enganar as massas mundial e sistematicamente idiotizadas.

O movimento "diretas já", o movimento dos "caras pintadas" no Brasil, este desavergonhado democrata escravagista de 511 anos, e que agora empurra goela abaixo ao seu povo o mundial 4º Reich do "zeigtgeist" com o apoio "espiritualista" desse fajuto "Wayseer". A juventude é sempre o alvo fácil, a porta de entrada das famílias já desorientadas pela entronada eterna televisão...

Querem agora, os mesmos "patrões" desses FALSOS PROFETAS, a Guantanamo planetária de um só governo, um só banco, uma só moeda, um só exército repressor para controlar os 500.000.000 dos seres humanos que restarem depois da depopulação e ugenia genocida desse "new" holocausto já em curso acelerado. 

É o VELHO 3 º REICH da sempre imperial escravista NOVA ORDEM MUNDIAL que agora vem em nova embalagem "ESPIRITUALIZADA". Espiritualidade de ocasião disfarçando o nazi-sionismo dessa ideologia em movimentos como estes Zeitgeists and Wayseers e outras balelas menos expressivas. Falsos brilhantes, ouro de tolos, fedorentas brilhantinas, tatuagens e todas as "agens" nefastas, como chemtrails, vacinas, comida contaminada, pandemias, HAARPs e um sem fim de barbarismos.

É o midiocraticamente invisibilizado 4º REICH avançando ao passo de ganso que agora se apresenta com esta falácia ideológica de "espiritualidade" como mais uma única grande salvação da humanidade. São estes FALSOS PROFETAS os nossos salvadores? Quem está por detrás movendo os cordéis desses lobos em pele de cordeiro? Para salvar quem DE QUEM? Salvar que humanidade? A que querem reduzir para melhor escravizar?

Sempre as guerras como pano de fundo para implantação de novos itens da velhíssima agenda de permanente dominação escravista da humanidade por uma dúzia de facínoras de rostos mascarados que não querem libertar ninguém.

O sistema é antropofágico e não se atrapalha em degustar mais uma ou duas gerações de humanos arrebanhados como ovelhas no pasto. 

Ao final do túnel de terremotos e de tempos em tempos para a manutenção do escravagismo milenar surge um "movimento" cooptando a juventude para massa de manobra. Conspiram como respiram, escravistas, reciclam o mesmo golpe ao longo das sempre jovens descartáveis gerações de propositalmente infantilizados. A mídia, agora midiocraticamente mundial, faz o serviço de sapador, é um vastíssimo campo minado...

Andam dizendo que escrevo só coisas terríveis. Querem textos melosos e enganadores? A bendita internet está cheia deles, façam bom proveito de suas escravizações... Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

Quem precisará de textos melosos e piegas, falsos profetas, MOVIMENTOS, revoltas ou revoluções sanguinárias, NOVAS ORDENS MUNDIAIS, se, se governar pelo AMOR INCONDICIONAL?


Vejam aqui neste filme enviado por David Icke como estamos sendo tapeados a ponto de não podermos distinguir mais entre a realidade e as mentiras que nos impõem. Tire suas conclusões, já tirei a minha.


Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

A Al Quaeda não depende de Bin Laden





Conectando pontos sobre mais este golpe dos escravagistas contra a humanidade, encontrei estas entrevistas...


A Al Quaeda não depende de Bin Laden
Em entrevista exclusiva concedida em 2007, Robert Fisk, um dos maiores especialistas em Oriente Médio, já avisava que a morte do líder islâmico não teria grande impacto sobre a organização terrorista.
por Bruno Fiuza e Maíra Kubík Mano


Robert Fisk

Poucos ocidentais conhecem melhor o Oriente Médio do que o jornalista inglês Robert Fisk. Como correspondente internacional na região, entrevistou Osama bin Laden por três vezes e praticamente acompanhou o processo de formação da Al-Qaeda. Ao longo das últimas três décadas, o repórter foi testemunha ocular do processo histórico que levou a resistência dos povos árabes contra o domínio ocidental na região a transitar do nacionalismo dos anos 60 para o islamismo militante da década de 80. E ele até mesmo data esta virada: Fisk estava nas praias de Khalde, no Líbano, quando o Hezbollah realizou sua primeira ação armada contra tropas israelenses, em junho de 1982. Nesta entrevista, concedida à História Viva durante sua passagem pela Festa Literária Internacional de Parati, Fisk questiona o uso que os governos e a imprensa ocidental fazem da palavra “terrorismo” e explica as raízes históricas da emergência dos grupos armados islâmicos, que na sua opinião são uma resposta à incapacidade dos governos ocidentais de dialogar “com os verdadeiros representantes do povo daquela parte do mundo”


Em primeiro lugar, como podemos definir terrorismo hoje?


“Terrorismo” hoje é uma palavra usada para eliminar toda a discussão a respeito dos motivos que levam os indivíduos a uma ação armada. Isso acontece, por exemplo, quando se analisa a questão do Oriente Médio sem discutir o papel dos Estados Unidos na região. É por isso que depois dos atentados de 11 de setembro de 2001 publiquei um artigo no qual afirmava que “a única pergunta que não podemos fazer é ‘por quê?’”, pois fazer essa pergunta quer dizer que talvez haja um motivo que tenha levado à realização do atentado. O discurso oficial afirma que é “porque eles são maus, odeiam a democracia, etc.”, mas 19 assassinos eram árabes. Logo, deve haver uma relação entre o que acontece no Ocidente e a nossa política para o Oriente Médio, certo? A palavra “terrorismo” serve hoje para excluir qualquer explicação racional ou contextualização histórica dos fatos. Seu uso se tornou uma espécie de droga, e tem dois objetivos: o primeiro é eliminar toda a discussão sobre um assunto, e o segundo é assustar pessoas comuns. Assustadas, essas pessoas passam então a aceitar que seu governo adote medidas que, em essência, não são nem de direita, mas sim, de certa maneira, ditatoriais, e certamente contra os direitos humanos. Com isso, os governos podem fazer o que quiserem: eliminar a Convenção de Genebra, rasgar as garantias do Conselho de Segurança da ONU, permitir tortura, prisões subterrâneas, assassinato de prisioneiros, Guantanamo, etc.


Do modo como você coloca, o terror é um assunto de Estado, então?


Eu não uso a palavra “terrorismo” nos meus artigos ou nos meus livros, a não ser entre aspas. Eu não a uso porque é uma palavra totalmente desacreditada, ela já não tem mais nenhum significado. É um dispositivo utilizado para assustar as pessoas, para fazer com que elas acreditem que o Islã é nosso inimigo ou para impor novas leis que permitem prender uma pessoa por 90 dias sem direito a advogado. Esta é a primeira vez que uma guerra foi declarada a um substantivo abstrato – a “Guerra contra o Terror”. O que é o “terror”? Pode ser qualquer coisa. Essa idéia toda de “terror”, do meu ponto de vista, é uma armadilha. Usar a palavra em um contexto sério é uma armadilha. Se eu vejo uma revista ou um jornal com a palavra “terror” na capa simplesmente não compro, é lixo.


Como a Al-Qaeda funciona? Como foi o processo que levou à sua formação?


A Al-Qaeda, é um fenômeno único. Não há registro de filiação, não existe uma associação constituída, não há um financiamento regular. No começo, Bin Laden surgiu como uma inspiração. Os líderes árabes não diziam aquilo que o povo pensava. Quem fazia isso era Saddam, e é por isso que as pessoas gostavam dele. De repente aparece Bin Laden, um árabe falando de uma caverna, como o profeta Muhammad, expressando o que as pessoas pensavam. Inicialmente, a estrutura que ele criou funcionava como uma espécie de ONG: da mesma forma que uma organização quando quer construir uma rede de saneamento em uma vila remota na África se dirige a um governo para pedir recursos, alguns homens procuravam Bin Laden e associados pedindo, por exemplo, 6 mil dólares e dois especialistas em explosivos para atacar um navio no porto de Aden. Bin Laden dizia sim ou não. É como uma espécie de ONG, mas você não vai a um “quartel-general da Al-Qaeda”, como o Washington Post e a Fox News sugeriam. Mas o ponto é que hoje Bin Laden é totalmente irrelevante. Não importa o que ele diz. Ele pode morrer amanhã, tanto faz. O único meio de desativar a Al-Qaeda é tentar levar justiça para o Oriente Médio, mas nós não queremos isso. Queremos impor nossa posição na região. Para isso teremos que continuar lutando contra a Al-Qaeda, e alguns de nossos líderes vêem essa perspectiva com bons olhos!


Qual a diferença entre a Al-Qaeda e os outros grupos armados que atuam no Líbano, na Síria e na Palestina?

A guerra no Líbano é uma guerra entre os Estados Unidos e o Irã. O representante dos EUA é Israel e os representantes do Irã são a Síria e o Hezbollah. Em todo o Oriente Médio você tem vários grupos que acreditam que todas as tentativas de libertação da região e reconstrução do mundo islâmico falharam. O nacionalismo falhou. Todos estes grupos podem atuar com a ajuda dos serviços secretos sírios, com dinheiro do Irã ou dinheiro de quem quer que seja. Agora nós temos esta estranha “instituição" chamada Al-Qaeda, que é uma organização difusa.


O fato de a Al-Qaeda ser uma organização que não se identifica com um país específico representa uma mudança em relação aos outros grupos armados da região? De uma perspectiva histórica, qual foi o ponto de virada a partir do qual a luta baseada no nacionalismo árabe passou a ser baseada no islamismo?


Foi no dia 6 de junho de 1982, durante a invasão de Beirute pelas tropas israelenses, porque ali o nacionalismo árabe falhou, e o Hezbollah nasceu. Eu vi o primeiro ataque do Hezbollah nas praias de Khalde em 1982 contra um tanque israelense. Estava na praia e vi um grupo de milicianos com bandanas na cabeça. Pensei comigo mesmo: “Quem são estas pessoas? Não são palestinos”. Este foi o início do Hezbollah. Posteriormente eles mesmos disseram: “Esta foi a fundação, você tem o crédito, você estava lá, viu”... e muitos deles não viram! O Hezbollah tem a sua própria história e me citam: “Robert Fisk estava na praia de Khalde, ele viu o primeiro ataque”. E vi mesmo, vi os israelenses fugindo.


Então foi este o ponto de virada?


Para mim foi quando Arafat disse “que venham os israelenses”. Os israelenses vieram, ele não estava preparado para enfrentá-los e no final teve de fugir. Por fim, aquela Beirute símbolo do nacionalismo árabe foi ocupada pelos israelenses. O líder da Jihad Islâmica em Beirute, então, declarou: “Resistência!”, e foi assim que a resistência islâmica começou, tornando-se uma inspiração também para os palestinos. O ano de 1982 foi decisivo. Foi a primeira vez que os árabes deixaram de ter medo. Com todos aqueles aviões bombardeando Beirute ocidental e a população sendo aconselhada a deixar a cidade, me lembro do dia em que o proprietário do imóvel onde eu morava chegou da praia com uma sacola cheia de peixes e disse: “Temos como viver, não precisamos sair da cidade, temos peixes!”. Aquele foi o começo. A partir daquele momento a resistência passou a ser islâmica. Há 30 anos todos os inimigos do Ocidente no Oriente Médio – OLP, FDLP, FPLP – eram movimentos de esquerda, pró-URSS. Hoje, todos eles – Talebãs, mujahedins, Hamas, Hezbollah, Jihad Islâmica – são islâmicos. Não há mais nacionalismo.


Foi uma transformação ideológica?

Sim, foi uma transformação ideológica, porque continuamos pressionando cada vez mais. Esmagamos o nacionalismo e, de repente... Oh! Surge um novo monstro, muito maior, mais terrível, chamado “Islã”, ou “terrorismo islâmico”, ou qualquer que seja o nome. Se em algum ponto nós tivéssemos ponderado “ok, temos de lidar com estas pessoas” talvez pudéssemos falar de justiça. Não de democracia, mas de justiça. Eles adoram democracia, querem alguns pacotes de direitos humanos comuns nas prateleiras de nossos supermercados ocidentais, mas a democracia que eles querem é de outro tipo. Querem se ver livres de nós, mas essa liberdade nós não vamos dar ao Oriente Médio. Por que estamos no Iraque? Por causa do petróleo. Se o produto nacional do Iraque fosse aspargo ou batata os exércitos dos Estados Unidos e da Inglaterra não estariam lá.


Essa mudança teve alguma relação com a queda da União Soviética?

Claro que sim, mas ela teria ocorrido de qualquer forma. Os laços dos grupos árabes com a União Soviética eram fortes mas apenas no plano político. Quando Arafat estava cercado, em Beirute, pediu a Brezhnev que aviões russos fizessem uma entrega de armas na cidade. Não recebeu uma arma sequer. Portanto, não era tão bom assim ser amigo da União Soviética. Em última instância não foi isso que levou à transformação da resistência, foi o fato de que nós mantivemos a pressão e não negociamos com os verdadeiros representantes do povo daquela parte do mundo, e agora temos representantes ainda menos desejáveis. O que virá em seguida?

(fonte) http://www2.uol.com.br/historiaviva/artigos/robert_fisk_o_homem_que_ousou_perguntar_-por_que_-.html

domingo, 8 de maio de 2011

REFLEXÃO PARA O DOMINGÃO DOS QUE TEM E DOS QUEM NÃO TEM, MÃE.



"FATO ABOMINÁVEL" - O SILÊNCIO DOS CÍNICOS
Posted: 07 May 2011 06:26 AM PDT

Laerte Braga


O mais lúcido documento escrito sobre o assassinato de Osama bin Laden terá sido, juízo pessoal, o de Fidel Castro. Chama o crime de “fato abominável”. O governo terrorista de Barack Bobama está impedindo a compra de remédios nos EUA para crianças cubanas com câncer.

A barbárie no caso do conglomerado EUA/ISRAEL TERRORISMO S/A tem requintes conscientes de perversidade.

A arrogância da presunção de superioridade.

Barack Bobama virou arroz de festa. Vai passar os próximos meses aproveitando o efeito do “fato abominável” em campanha eleitoral. Cada vez mais Bush.

O Dalai Lama considerou justa a ação dos Estados Unidos. O papa Bento XVI não se pronunciou sobre o assunto. O líder budista ocidental é mero instrumento do conglomerado terrorista na luta pelo Tibete. Nada além disso. Não está preocupado com seu povo, mas com sua conta bancária. E seus livrinhos de auto-ajuda. Concorrente de um sem número de autores num mundo cada vez mais desumanizado. Não tem nada a ver com Buda e muito menos com o budismo.

Bento VXI se imagina o centro do universo e contabiliza os dólares para salvar uma igreja que vive um processo falimentar – em todos os sentidos – desde a ascensão de João Paulo II, o “beato”. No Brasil, então, embora a CNBB – CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL – não revele de público, o sinal vermelho já acendeu faz tempo. O número de católicos hoje em boa parte das regiões do País é menor que o de fundamentalistas evangélicos. Outro tipo de terror religioso.

Todos convergem para os EUA, Edir Macedo prefere Miami. Outrora os gangsteres ou iam para Chicago ou para Las Vegas. Macedo não é o primeiro brasileiro a optar por Miami. Sérgio Naia foi o pioneiro.

A curva de católicos – em números – é descendente e a de fundamentalistas evangélicos ascendente. Bento XVI ou a maioria dos bispos brasileiros jamais vai entender o porquê dessa história. Se acham iluminados e acreditam piamente que num dado momento a rotação da Terra, que já foi plana para muitos papas, conserta esse “desacerto”. Olhar para dentro e perceber a autofagia isso é inimaginável. Daí o silêncio do papa sobre o assassinato do líder da AL QAEDA.

Mais ou menos em boca fechada não entra mosquito. No banco do Vaticano entram dólares, desde os tempos do famigerado cardeal Marcinkus (não podia sair do Vaticano, na operação contra as máfias teve a prisão preventiva decretada pela justiça italiana).

Os apaches, através de um neto do chefe Gerônimo, manifestaram seu repúdio ao uso de seu nome na operação criminosa. Gerônimo foi ludibriado pelos norte-americanos em termos de reserva indígena, teve roubada a terra de seu povo e passou vinte anos preso. Morreu aos noventa anos no início do século passado. E esse Gerônimo é com “g” mesmo.
Mas não perdeu a dignidade. Barack Bobama não tem a menor idéia do que seja isso. É o self made man. Tipo os fins justificam os meios.
Bento XVI e o Dalai Lama ocidental então!
Cinismo absoluto.

Bobama segue à risca o traçado de “líder charmoso”. “O líder charmoso constitui com freqüência a imagem do irmão. Com sua característica dominante: a solidariedade. Frente ao mundo dos adultos. Frente à sociedade estabelecida, representada pelos pais. Esse PLANETA DOS JOVENS (Jean Duvignaud – La Planète des Jeunes – Paris, Stock, 1975) projeta sua agressividade sobre o que está FORA DA IRMANDADE” – “O ESTADO DO ESPETÁCULO, Roger-Gérard Schwartzenberg, Difel, 1978 –.
É importante passear com o cachorrinho dos filhos pela Casa Branca, ou arregaçar as mangas e servir cerveja aos amigos.

Murílio Híngel, ex-ministro da Educação, disse uma vez que é comum aqueles que sobem das mais baixas às mais altas camadas sociais costumam se esquecer de sua origem.

É “eu me fiz por mim mesmo”. Trágico, bárbaro, boçal.


“Cortamos a cabeça da AL QAEDA”. Que palhaçada dita diante de militares mercenários – as forças armadas dos EUA são constituídas de soldados contratados e em muitos casos a empresas privadas em clima tucano de terceirização. Que nem Dilma com os aeroportos por aqui. Ou o código florestal ao sabor de latifundiários.

Bobama lembrou os mortos do ataque às torres gêmeas e destacou o apoio de Cuba aos EUA naquele momento. Em seguida lembrou as centenas de milhares de mortos nas guerras estúpidas desfechadas pelos norte-americanos em nome dessa justiça de tortura e prisões secretas.

O xis da questão não é o ser humano. É o jogo do poder. Ai vai o “líder charmoso”.

Esse líder sabe, como definia Montesquieu, que “a gravidade é o escudo dos tolos”.
Prefere o cinismo à espontaneidade.

Parecer ser do povo com um toque de coquetismo.

Ou uma aura de santo.


E haja dízimo para sustentar todo esse aparato que no fim se guarda num arsenal capaz de destruir o mundo cem vezes se preciso for. Fidel fala de uma nação poderosa como nunca houve, ao referir-se aos EUA e ao “fato abominável”.

Jano, o deus das portas, das entradas e das saídas tem duas faces. É o vigilante, a imagem do imperialismo sem limites.

Mas, nos EUA, tem que renovar o carimbo de quatro em quatro anos, com no máximo oito anos e isso é fundamental para a porta de entrada.
Barack Bobama, em bandeja de prata, está servindo a um povo que conta milhões de desempregados, de sem teto, milhões sem saúde pública, a cabeça de Osama bin Laden para o banquete, o festim da boçalidade.

E conta com o silêncio cúmplice dos cínicos. “Job well done” – serviço bem feito disse Bobama em pose de comandante em chefe aos militares numa base do conglomerado em seu território continental.
É a divindade de plantão na Casa Branca. Só falta arranjar um Incitatus. Tocar fogo em Roma vem fazendo desde antanhos, quando os “deuses” tinham outros nomes.

E dizem que é perder tempo ler o que Fidel escreve.


“Fato abominável”. Repugnante.

ESPERO SER BEM COMPREENDIDO. OS DESTAQUES NO EXCELENTE TEXTO ORIGINAL DO LAERTE BRAGA SÃO DO AMANAGÉ RE, NÃO PODERIA PERDER ESTA OPORTUNIDADE DADO MINHA MOMENTÂNEA ESCASSEZ DE TEMPO PARA ESCREVER AOS AMIGOS. SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

URGENTE visite ECOCÍDIO para LER MAIS DESTE TEXTO ESPETACULAR

(...) "Entretanto, há sinais de esperança. Já a partir dos inícios deste século, o paradigma moderno começou, teoricamente, a ser erodido pela física quântica, pela teoria da relatividade, pela nova biologia, pela ecologia e pela filosofia crítica. Estava surgindo então um novo paradigma. Ele tem um caráter contrário àquele capitalista; é holístico, sistêmico, inclusivo, pan-relacional e espiritual. Entende o universo não como uma coisa ou justaposição de coisas e objetos. Mas como um sujeito no qual tudo tem a ver com tudo, em todos os pontos, em todas as circunstâncias e em todas as direções, gerando uma imensa solidariedade cósmica. Cada ser depende do outro, sustenta o outro, participa do desenvolvimento do outro, comungando de uma mesma origem, de uma mesma aventura e de um mesmo destino comum.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Atrás do Elenin vem um OVNI


No blogue Evoluindo Sempre encontrei esta informação entre outras muito instigantes.

05 Maio 2011

Cientistas chineses dizem que atrás do Elenin vem um OVNI

O site Terra Notícias da Argentina publicou ontem que, baseando-se em informações publicadas pela Agência Espacial da China, o Diretor de Investigações Astronômicas de Missiones, Sergio Toscano, diz que atrás do cometa Elenin poderia haver um OVNI.

Disse Toscano: “Atrás do cometa, que foi descoberto em dezembro do ano passado, os cientistas chineses asseguram que vem algo que eles chama de ‘cluster’, que significa um cúmulo globular, ou talvez uma nave extraterrestre.“

Segundo as informações, o corpo espacial se encontraria na cauda do cometa e foi visto logo que analisaram os misteriosos sinais que se desprendiam de uma desconhecida formação ‘estranha e obscura’.

Segundo o jornal Crónica, este fenômeno foi corroborado por Rosie Redfiel, o novo diretor do Programa de Astrobiologia da NASA. “Mas quando a NASA começaram a fazer os cálculos e as projeções da órbita do cometa, se deram conta que algo não funcionava bem e a primeira coisa que fizeram foi eliminar a página web que continha as informações sobre este tema“, comentou Toscano.

Sem dúvida esta é uma notícia muito incomum para ser publicada em um veículo de mídia convencional, como o site Terra, seja lá de que país for. 

Fonte: Terra

Lembrando que Nibiru é um planeta-nave.
Saiba mais sobre o Elenin:



domingo, 1 de maio de 2011

De onde vem "isto"?


Só podemos dar o que temos... De onde vem "isto", este tão pouco que nos deram para darmos?

Afinal, quem é este tal de EGO? Quem sou eu? Quem é você essa tal de consciência?

É preciso ter consciência de que QUEM ESCOLHE VIBRAR "este NOSSO EGO/FOCO" que nos engana no vazio labirinto do nada em que nos aprisionaram, infelicita, adoece, e que pretendemos neutralizar, SÃO AS MEMÓRIAS E PROGRAMAS ANCESTRAIS EMBUTIDOS EM NOSSO CAÓTICO SUBCONSCIENTE DESDE MUITO ANTES DO NOSSO NASCIMENTO.

Por isto eles parecem tão invisíveis e naturais...

Este programas são, de forma subliminar, ancestralmente embutidos "PELOS DOMINADORES", os mesmos (milenares) ESCRAVAGISTAS, que doutrinam as massas senzaladas através de seus agentes; banqueiros, economistas, políticos, esportistas, professores, doutores, cientistas, religiosos, militares,  policiais, advogados, médicos, MIDIOCRATAS e todos os asseclas masculinos e femininos culposos ou dolosos que fazem "rodar os programas terroristas" de controle e escassez permanente de tudo.

A REAL MIDIOCRACIA GLOBAL, com o HOLLYWOODIANO casamento de  WILLIAM E  KATE Middleton, o  "The Royal Wedding", hipnotizou e doutrinou A SUA SENZALA PLANETÁRIA com este "casamento" entre primos. O "semper blood line", por isto caminham sempre todos eles sobre "a linha vermelha" do famoso tapete vermelho.

Esqueçamos a Princesa de Gales, "A PRINCESA DO POVO", nascida Diana Frances Spencer Sandringham que como um peão vivo em jogo de xadrez fugido "ao controle" foi sacrificada, "excluída"  depois de cumprir os propósitos inconfessos da reptiliana "HOUSE OF LORDS", ou seja, A CASA DOS SENHORES, A CASA GRANDE, IMPERIAL. Princesa morta, princesa posta...


O Universo é infinito e está em expansão, onde há expansão não pode existir  escassez de coisa alguma. Pense sobre isto.
Vida é Exuberância, é Amor. Amor Infinito que é o que Você É.

Portanto, não há como mudar o "FOCO" à força, a não ser pela permanente PETIÇÃO DE PERDÃO AO DIVINO CRIADOR de limpeza imediata dessas memórias E ENERGIAS NEGATIVAS que "escolhem" por nós, ou seja, fazem se passar por nós travestidas nestes PROGRAMAS CAVALOS DE TRÓIA DE ESCOLHER À NOSSA REVELIA a manutenção do foco. É o lado esquerdo do cérebro impondo (MEMÓRIAS E PROGRAMAS DE IMPOSIÇÃO) a inutilização do lado direto onde mora a verdadeira CONEXÃO COM O CAMPO QUÂNTICO DIVINO de silêncio e paz da possibilidade de infinitas escolhas para o nosso bem e o bem de todos. O AMOR INCONDICIONAL.

Na paz do vazio está o silêncio, nada a ser limpo. ESTA É A META. Na paz do vazio, DO LIMPO, é que surgem as inspirações que dizem quem somos nós de fato, e não estes papagaios falastrões repetidores de frases, textos, palavras e outras tagarelices que falam por nós impossibilitando o silêncio interior onde está a voz que nos mostra as infinitas possibilidades para o nosso bem e o bem de todos, o AMOR INCONDICIONAL.


Experimentem 7 dias sem assistir televisão...
 

Subidas rápidas ao PORTAL para fazer a PETIÇÃO ao "DIVINO CRIADOR", ESTE INFINITO CAMPO QUÂNTICO QUE NOS UNE EM INFINITO, são decisivamente EFICIENTES PARA MUDAR O FOCO, CALAR ESTE PAPAGAIOS E NEUTRALIZAR OS CAVALOS DE TRÓIA.

EXPERIMENTEM...
Related Posts with Thumbnails