O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

sábado, 29 de setembro de 2012

NÃO TINHA EXPLICAÇÃO (ATUALIZADO)


(É pra ler cantando)

 "Ô Maria! .../ Ô/ Maria! / Vão acabar / com as nossa mordomia...

 "Ô Maria! .../ Ô/ Maria! / Vão acabar / com as nossa mordomia...

(BIS)



TROUXE A CANÇÃO, E A EXPLICAÇÃO DESTE VÍDEO, DAQUI

PODE PESQUISAR AQUI TAMBÉM. 

E MAIS ESTE AQUI

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

LUDICOLUDISMO



- Tá lendo o conspiranóico né?
Caros amigos
A ilustração desta postagem diz muito do que, em minha lúdica perplexidade, não está escrito, aqui, algures e alhures.

O tão falado 9/11 e outras atrocidades invisibilizadas ou encobertas pelos tirânicos meios de comunicação nas mãos dos senhores do mundo, conservam a lúdica humanidade numa prisão através do terrorista medo de tudo. É o que chamo de Guantânamo planetária. E me perguntam se não esqueci o "gardenal"... Tão brincando com a verdade? Tá acompanhando os jogos do  "MENSALÃO"? E o "BRASILEIRÃO"? Seriamente?

Já se deu ao "trabalho estafante" de procurar no dicionário a palavra IMPÉRIO? A televisão não deixa? Pois saiba; tudo, para a elite, historicamente, transformou-se nesse luciferino jogo. O império romano escravagista nunca acabou. Está aí como manequim na vitrina, vai trocando de roupa conforme as necessidades da moda que cria. E não vemos, ou nos recusamos a ver enquanto fingindo alegria de viver pensamos comprar roupas novas... Se isto não fosse a mais duríssima verdade ninguém se drogava, era só comprar a roupinha da moda. 

Enquanto os economistas, médicos, engenheiros, professores, filósofos, operários, empregados, desempregados, desocupados, escroques, laicos, leigos, etc., etc., observavam (e continuam observando) suas especialidades tentando entende-las e realizar suas "individualidades" em consonância com a regras do jogo (o tabuleiro todo ou parte dele) propostas pela elite, não se deram (e não se dão) conta de que estavam (e estão) sendo manipulados e conduzidos pelas forçadas (não escrevi forçosas) mudanças dessas tantas regras estabelecidas por esta mesma elite em função da manutenção de sua conveniente permanência no poder.

O que a elite imperial sempre desejou desde os primórdios foi, e continuou sendo, o que agora está colocando em prática; o seu definitivo e tirânico governo mundial. Se observarmos com atenção a ascensão do (propositalmente falido) III Reich, poderemos verificar, sem medo de erro, a exata mesma tática dentro da estratégia que agora, neste exato momento, avança sobre o mundo com rótulos "novos", apenas mágicos rótulos.

É ilusão imaginarmos autonomia individual quando o coletivo inexiste como um somatório destas individualidades naturalmente autônomas. A escravagista Grécia não é mais a de Sócrates, Platão e tantos outros indivíduos (a pessoa humana, considerada quanto às suas características particulares, físicas e psíquicas).

O coletivo está programado pela elite para socialmente não respeitar as individualidades pois, elas simplesmente não existem mais, como tal, dentro da massa moldada desde o berço para ser massa e não mais indivíduos.

Ah! Que aí tem, tem... Já parou para pensar como a "pink and black" Hollywood (varinha de condão) escolhe seus premiados no cinema, no disco e outras "artes" e você acha mesmo uma justa premiação enquanto olha os clamorosos "melões" expostos das atrizes sempre "distraídas"? Parece tudo tão espontâneo né? É como o prêmio Nobel do Obama, O PACIFISTA... Acho uma injustiça não terem dado também um Nobel da paz ao Bush, aquele que o Lula abraçou todo cheio de intimidade. O "this is my man" do Obama. Cara, tem gente que quer me mandar para o psiquiatra por isto.

Temos, cada qual, uma especial e única impressão digital e certamente personalidade na identidade própria, "alma" em corpo físico, ainda que chamemos a todos de humanos, por características genéricas que identificam a espécie, somos também macacos e não nos identificamos como tal. Somos o "Homo sapiens sapiens". Que diriam as avestruzes em seus blogues, se os escrevessem?

Vivemos, individualmente "homo" conectados, correlacionados, há uma teia de conexões com tudo o mais agrupado na natureza, inclusive constelações e galáxias.

O campo é quantico. René Descartes e Isaac Newton não podem nos propor soluções ao século XXI. A elite se preparou desde antes da implantação da (sua) ONU e todas as (suas) ORGANIZAÇÕES MUNDIAIS, NATU, OTANs, e polícias para este "up grade" nazi sionista que agora já vai em estado avançado. Lembram que não havia o "passaporte"? Agora chip, compulsórios!

Ainda está achando o texto difícil e confuso? Chato? Vai sair da página? Tem bebido muita cerveja?

Pense com calma: ninguém constrói mais de 800 campos de concentração, nem estoca milhões de caixões da noite para o dia, dentro de um U.S.A., sem um macabro espetacular objetivo. Há um plano em execução e muito bem cronometrado. Sinto muito.

É tarde demais para encontrar soluções depois de dormirmos 60 anos em ilusórios berços esplêndidos produzidos, propagandeados e comercializados pela mesma holywoodiana elite que agora quer nos reduzir a 500 000 000 e matar o resto no berço com epidemias, vacinações, HAARPs e chemtrails. O mundo que a televisão nos mostra e supomos conhecer nunca existiu, e, se existisse, virtualmente, acabou faz tempo e ninguém avisou. Estamos sempre supondo fora do presente. Vivemos de ilusões.

Mudanças são possíveis, mas... Sem um salto para dentro do raciocínio quantico logo logo descobriremos que ficamos iludidos vagando no labirinto do nada onde fomos aprisionados como gado na fazenda a espera do matadouro por muitos mil anos. Então será tarde demais, se é que já não é...

Dilmas, Serras, Obamas, Lulas e Clintons de todos os rincões, enxugam o gelo enquanto seu lobo não vem. Raríssimas são as exceções que confirmam a regra. Há sempre uma ótima novela com recicladas histórias da Dona Carochinha cheias de estatísticas e opiniões abalizadas (ui!) de "especialistas", "analistas" e "cientistas" sobre as maravilhas do escravagismo democrático sendo contadas ao povo mantido na perene pre-história, enquanto brincam eles de "faz de conta" fantasiados de Buck Rogers e Flash Gordons jogando MATAR/MATAR com alienígenas extraterrestres.

Bendita seja a Internet e que seja pelo menos "eterna e infinita enquanto dure". Sempre serei grato. Sem ela eu ainda estaria iludido e pensando como antes dela.

Sou grato por poder participar deste 2012 imaginando estar contribuindo ao debate. Desejo a todos infinita paz e prosperidade com saúde perfeita além de todas as expectativas, inclusive e muito além da prometida apocalíptica terceira guerra mundial em curso, a famosa "guerra nas estrelas", a (ainda) não oficializada.

Somos seres humanos. Já começou cultivar sua hortinha? É maravilhoso colher e comer o que plantamos. 
|A propósito; "ludicoludismo" não adianta procurar no dicionário; inventei para fazer o título da postagem.

 Em tempo:
Caros amigos

Queiram perdoar minha ausência na moderação dos comentários em postagens anteriores, foi por motivo do recente falecimento da minha Renata e em seguida o de minha sogra, aos 93 anos de idade, o meu lamentável esquecimento de consultar a página de moderação dos comentários. Já aprovei os bem-vindos 49 comentários.
Sinto muito, sou grato por toda as palavras, inclusive as dos anônimos discordantes e agressivos, comportem-se bem e repensem seu amor incondicional esperando pelo uso intenso. Só o amor é cura de todas as mazelas.
E a propósito, faz tempo eu dei alta aos psiquiatras; infelizmente ainda não estou podendo fazer o mesmo com este sistema reptiliano escravagista. Ainda não aprendi perdoar tudo e todos, mas, continuo treinando seriamente o amor incondicional.

Eu os abençoo, a todos, inclusive os reptilianos.  Aproveito para informar que estou retirando a censura prévia. A moderação foi por razões de péssimo comportamento de um ou dois visitantes psicopatas de inimaginável reptilianidade.

Sinto muito, vos amo e sou grato pela visita e o incondicional amor de vocês todos. Inté!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

NINGUÉM VIRÁ NOS SALVAR



 


Parto do princípio de que sendo O SISTEMA PSICOPÁTICO, ESCRAVAGISTA, ALIENÍGENA, INUMANO E ANTROPOFÁGICO, nunca desligaremos nossos detectores de mentiras pois, ninguém virá nos salvar... 
Também demorei enxergar isto. Bendita Internet. Adotei, por isto, o comportamento, que não é novo em mim, de estar fora da "manada" sem condena-la por optar aceitar (inconsciente de seus poderes verdadeiramente amorosos/criativos) o determinismo ditado pelos dominadores. 

Afirmo ser isto possível, e sem violência.

As guerras por exemplo; são SEMPRE CONTRA A HUMANIDADE. São um "mero" FATOR no jogo de escravização e lucros permanentes de uma elite que jamais pega em arma ou vai à guerras. O JOGO de MATAR/MATAR é um espetacular GRANDE NEGÓCIO. Um sanguinário jogo "sádico" entre psicopáticas reptilianas coroas, do qual tomamos parte ativa sem o saber conscientemente. Mandam ir às guerras, e sustenta-las "em tempo de paz" (eufemismo para trégua entre eles), sem escusas e sob acusação de, por traição condenar às torturas até a morte qualquer "desertor" deste imenso e milenar "dantesco tabuleiro de xadrez". Sacrificam humanos, principalmente crianças, aos deuses demoníacos que adoram.


9/11 e outras invisibilizadas atrocidades conservam a lúdica humanidade numa prisão através do terrorista medo de tudo, é a Guantânamo planetária. Tudo, para a elite, historicamente, transformou-se nesse luciferino jogo macabro que os diverte enquanto nos oprimem, abusam, adoecem, torturam e matam.  E nós não vemos ou nos recusamos a ver e vamos fingindo alegria de viver... Se isto não fosse a duríssima verdade ninguém se drogava. Pessoas com autonomia, verdadeiramente felizes, não dão lucro; não se drogam para suportar a existencia.

"O JOGO" é real, existe, persiste e é altamente lucrativo porque nós, apavorados, concordamos aceitar e colaborar com a imposta escassez planejada DE TUDO pelos amorais banqueiros que financiam a mesma elite que os comanda enquanto nos desgoverna. Outra vez, crenças e escolhas nos computadorizados ditames das casas grandes que nos senzalam. Jogos de azar em roletas viciadas.

As religiões são um outro exemplo "chip" dentro dos processos escravistas contra toda forma de "espiritualidade" e ou, a negação dela. 


Espiritualidade é o conceito que embute, em verdade e semântica, o nosso ativo poder criador no ressonante infinito orgônico campo quantico de amor incondicional, fonte inesgotável criadora de infinitas possibilidades para o nosso bem e o bem de todos universalmente; ao qual se convencionou chamar de Deus; e do qual somos parte integrante. A amorosa cósmica teia eterna e infinita. 

Para de uma vez por todas compreendermos isto, foi preciso fazer muito silêncio. Drástico silêncio interior que começou quando desliguei a tal de televisão. Adictos, já experimentaram ficar sem televisão por um dia? Uma semana? Um mês? E celular? Assustador? Decrescimento? 

A televisão hipnotiza e aprisiona, adoece e mata na burrice o "cidadão". É arma de controle e extermínio em massa. É uma espécie de HAARP do desamor, arma que ninguém vê, mas, entrona em sua sala de alimentar-se e não sente os efeitos devastadores. Permanentes abomináveis "Chemtrails" de condutas imorais e amorais direto dentro dos "lares doces lares" ou dos pratos de comida. Uma droga terrorista "sapadora", um ópio virtual, sub-repticiamente víciante com os mesmos ou piores mecanismos de intoxicação e dependência. Lixo manipulador genocida servido com luxo.

Assustador? Somos criados para alimentar a elite antropofágica que fez deste planeta seu "playground". O medo é uma droga; cega, emudece, ensurdece. Nem todos, ou muito poucos, concordarão comigo. Dorme-se em berço "esplêndido" ao desabrigo ingênuo da infantilidade. Que fazer... Crenças e escolhas necessariamente conscientes.

Neste campo ressonante ninguém substitui ninguém. Cada um de nós é necessário e insubstituível. Nós não organizamos as idéias, as idéias é que nos organizam. 

Crenças e escolhas ressonantes determinando (ou não) nosso processo contínuo de limpeza de memórias e programas escravagistas que nos tiram da conexão amorosa com a paz do agora infinito. Sua identidade própria, única, divina e intransferível está sequestrada. A humanidade está ao dispor da elite e a recíproca não é verdadeira. 

Dentro do generalizado caos imposto audio visualmente pela elite escravista é impossível encontrar as soluções que desejamos para salvação de nossa humanidade.

Crescimento interior? Superando etapas. O jogo de escolhas segue...

Sinto muito, sou grato por poder publicar o pensar estar contribuindo ao debate.


Caros amigos visitantes:
Queiram perdoar minha ausência na moderação dos comentários em postagens anteriores, foi por motivo do recente falecimento da minha Renata e em seguida o de minha sogra, aos 93 anos de idade, o meu lamentável esquecimento de consultar a página de moderação dos comentários. E eu achando que ninguém vinha comentar... Já aprovei os bem-vindos 49 comentários pendentes.  
Sinto muito, sou grato por todas as palavras, inclusive as do Sr. Pedro Lopes. E a propósito, faz tempo eu dei alta aos psiquiatras; infelizmente (ainda) não posso fazer o mesmo com este sistema reptiliano escravagista.

Eu os abençoo, a todos, e informo que estou retirando a censura prévia, a moderação foi por razões de péssimo comportamento de um ou dois visitantes psicopatas de inimaginável reptilianidade.

Sinto muito, vos amo e sou grato pela visita e o incondicional amor de vocês todos.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

PARA QUE SERVE A TELEVISÃO



Firmas de TV a cabo associadas às telefônicas telefonam vendendo "pacotes" em programas de televisão, ou seja, "cavalos de Tróia" a preços módicos e tentadores para uma diversão barata e descomprometida com a realidade catastrófica dos dias atuais. E, não tendo eu desejos consumistas, nem aparelho de televisão, começo a pregação contra esta arma de extermínio em massa junto aos "maquinais" vendedores. Afinal, já que eles me ligam é porque estão querendo e podendo ouvir de mim alguma coisa. Sempre me perguntam como posso viver sem televisão e eu lhes devolvo a onda perguntando; como podem viver com televisão? De modo geral consigo a estudada paciência de passar-lhes um doutrinário resumo do que vocês podem ler com cuidado no excelente texto abaixo.

O texto é do DESPERTA PORTUGAL, primoroso, amoroso e certeiro. Deveria ser: desperta Portugal, Brasil, mundo... Vem com a missionária força do despertar as almas entorpecidas. Vale demais ler e refletir seriamente sobre estas verdades derradeiras que a própria televisão se esmera em nos esconder para melhor hipnotizando nos escravizar(em). Façam uma reverente boa leitura. Não é toda hora que se pode desfrutar de uma excelente leitura como esta. 

(...) "Podemos no entanto pensar que tudo é feito para o bem, para preparar as nossas crianças para um mundo assim como o que temos, isso é o mesmo que virar a cara para não ver e entregar as crianças, deixar uma criança à frente da tv é muito fácil, muitas vezes um descanso para nós pais que assim podemos fazer as nossas coisas, torna-se óbvio que querem formatar as crianças ao mal e formatando as crianças ao mal o mal deixa de existir tornando-se normal, as crianças vão crescer e vão saber que os adultos fazem todas aquelas coisas e também vão aderir. É óbvio que querem as crianças burras, violentas e dependentes da verdade da tv, a escolha é tua Pai ou Mãe, ou deixam os filhos assistir televisão livremente e por vossa conveniência ou então começam a assistir aos programas com eles e.. vêem o mesmo que eu vi e muito mais do que escrevi nestes três parágrafos. (...)

 Aqui você pôde ler um trecho que destaquei e continuar no texto original visitando depois outras postagens lá no blogue.

Boas leituras. Vos amo e sou grato. Se possível divulguem o texto e o blogue. O amor incondicional nos agradece porque "o jogo" ainda vai longe...

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Tecnologias da luz para a evolução, ou revolução?



"Evoluímos, de fato? (ou, de que vale mil horas de estudos e rituais, se você é mal educado com o vizinho?)
 
 
(...) Na maior parte das vezes, creio que temos, todos, que viver a filosofia do AA - só por hoje - e manter a certeza de que não estamos curados, definitivamente, da nossa estupidez humana (ou desumana), do nosso egoísmo, nossa ingratidão, nosso egocentrismo, nossa incapacidade de enxergar nossos próprios erros em dissonância com nossa incrível facilidade de apontar o erro dos outros. Sinto que ou nos vigiamos 24h por dia para sairmos desse péssimo condicionamento, ou por mais que façamos todas as meditações, yogas, tai-chis, orações, rituais, estudos e pesquisas para engrandecimento humano, continuaremos sendo somente isto: seres que continuam sendo, exatamente, do mesmo jeitinho que éramos há 10, 20, 30, 40... anos. Com um vernizinho sem vergonha por cima, mas por baixo, a mesma coisa...

Lamentavelmente, não voltamos a ser criança, época em que somos mais espírito do que matéria, época em que ainda somos uma tela em branco. Quando saímos daquele frágil estado de semi-iluminação, alcançado por maratonas de samadhis, retornamos a ser o que éramos a partir do momento em que as mágoas, as dores, as raivas, as carências e outras tantas coisas já haviam deturpado nossa natureza original e pura.

Sempre que algo me faz refletir sobre tudo isso, sou tomada pela suspeita de que todo este incrível arsenal de atividades evolutivas são menos eficazes do que gostaríamos. Ou que as "tecnologias da luz" são muito boas, mas são como boa semente que em solo pobre, não germinam... Normalmente, depois de analisar tudo isso, como é meu temperamento ser otimista, retorno ao ponto de partida e penso: quem sabe se com persistência, se chega lá? Eu acredito que sim... Mas isso exige trabalho diário e hercúleo, exige refletir sobre cada ato, cada gesto, cada palavra... Exige até mesmo praticar mais as palavrinhas mágicas: por favor, obrigada, me desculpe (uma forma mais infantil, porém super-válida de "Eu te amo, sinto muito, me perdoa, sou grata")... Exige olhar pra dentro de si e analisar as próprias posturas, antes de apontar o dedo e elevar a voz para o outro... Exige um olhar generoso às limitações dos outros, especialmente quando eles são generosos quando nós estamos limitados... (...)


Esta citação acima, do "Caminho do meio", foi uma reflexão que me chamou atenção pela consistência da sonoridade na consonância das idéias. Agradeço desde já. Não entendeu? Não pude deixar de pensar o quanto nos enganamos quando não abandonamos, de fato, as roupas velhas que não nos servem mais, nem para doação. Teimamos não aceitar a verdade. São inúteis pelo tempo desnecessário de desconforto por força de modismos ou outras imposturas impostas como necessidades de acompanhar o rebanho que não o simples agasalhar-se confortavelmente. Estar confortavelmente em paz consigo mesmo e com o mundo é estar moralmente bem vestido para a grande caminhada sobre o planeta.

Todos neste planeta, humanos ou reptilianos, acabaremos o fim dessa jornada no mesmo lugar de onde partimos. Uns chegam quebrados, outros chegam inteiros e em melhor estado. Cada um de nós é o centro do universo. Não tem para onde correr ou se esconder...

Nós não organizamos as idéias, as idéias é que nos organizam. Crenças e escolhas ressonantes determinando (ou não) nosso processo contínuo de limpeza de memórias e programas escravagistas que nos tiram da amorosa paz do agora infinito.

No atento pedido que faço à divindade, este incondicional amoroso infinito orgônico campo quanto de infinitas ressonantes possibilidades, a cada alguns segundos entre uma respiração e outra, não poderia deixar de fazer permanentes reflexões sobre a nossa natural necessidade de ouvirmos atentamente o vital som do silêncio. Aquele, que só ouvimos em silêncio e no silêncio... Onde a mente está em permanente reverencioso silêncio.

A Arte é uma das bençãos divinas que nos permite, aos humanos em geral e aos artistas em particular, vivenciarmos intensamente o estar no agora. Ser artista é desfrutar deste privilégio.


A idade vem e a gente se pega lembrando mais intensamente do passado, e, por força de contrastes com o agora infinito em que vivemos, quiçá, dos passados...

Orai e vigiai pois, todos os programas escravistas são ancestrais polidores de memória. Criados para isso. Estes programas foram criados, e são criados, e, ressonantes estão aí para nos manter no passado ou no futuro expectante, fora do agora. Tanto faz, passado ou futuro nenhum dos dois existe. Qualquer um dos dois nos aprisiona no escravagista labirinto do nada.

O futuro é sempre o agora. É preciso abrir a página em branco para começarmos o
pacífico projeto/agora de permanência no amor incondicional. Haja limpeza dessas memórias e seus cavalos de Tróia infelicitantes que nos impedem este amoroso infinito "recomeço" neste permanente agora.

Caros amigos, vamos esclarecer de uma vez por todas. A vida é cheia de contradições e usamos e abusamos das "tecnologias da luz" porque queremos viver o presente amoroso cheio de possibilidades mas, cá entre nós, sem abandonarmos o passado de mágoas, ódios, vinganças, ressentimentos, perdas e danos em acusações recíprocas de irresponsabilidade, não dá. É preciso exercer o perdão, começando responsavelmente por nós mesmos, deste lixo que nos agrilhoa ao destruidor de tudo o que seja divinamente amoroso. É isto o que significa o sinto muito, me perdoa, te amo sou grato.

É a frase que mais se ouve: "Eu tenho fé em Deus, tenho fé!"

Será?

A televisão hipnotiza e aprisiona, adoece e mata na burrice o cidadão. É arma de extermínio em massa, é uma espécie de HAARP do desamor, arma que ninguém vê mas, entrona em sua sala de alimentar-se e não sente os efeitos devastadores. Permanentes abomináveis "Chemtrails" de condutas imorais direto dentro dos "lares doces lares" ou dos pratos de comida. Lixo genocida servido com luxo. Nem todos concordarão comigo. Que fazer... Crenças e escolhas conscientes. Neste campo ressonante ninguém substitui ninguém, cada um de nós é necessário e insubstituível.

A morte não existe. Crer em Deus, ter fé, significa entrega total sem vacilações, sem medo, sem expectativas. É ter permanente e solene gratidão por absolutamente tudo o que está em nossas vidas. Toda oportunidade, a cada batida do coração(sempre única e no agora), é oportunidade de limpeza para estarmos de uma vez por todas no agora de paz infinita onde o Deus, o Ativo Criador, em Amor Incondicional existe para o nosso bem e o bem de todos eternamente.

Quem sou eu? Quem está no comando? Quem somos nós? Quem são eles? De onde viemos? Para onde estão nos levando?


A coisa é séria e ninguém quer prestar atenção. Se não abandonarmos as crenças ancestrais de um Deus lá e nós aqui pedindo socorro, nada será realizado de bem e bom para nós e a humanidade. Continuaremos "santinhos" apenas no natal e ano novo e outras festinhas de comilança e bebedeira.

Crer em Deus e ter fé é ser como Ele, amor incondicional permanentemente, Ele é que é "A religião". Foi isto que quis dizer Jesus quando nos mandou dar a outra face... Fácil de falar,  difícil de fazer, inclusive vestido de ouro escravista de cima abaixo enquanto o outro irmão, também escravizado, morre torturado de dor, fome, sede e frio...

Espero estar contribuindo... Sinto muito, sou grato, o jogo da amorosa limpeza incondicional segue.


Feliz aniversário Mara Regina!

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

VERDADES QUE NINGUÉM QUER VER.


E SE NÃO FOSSE A INTERNET?
A TERRA CONTINUARIA PLANA? SÃO JORGE CONTINUARIA MORANDO NA LUA?
A IDADE MÉDIA FOI ONTEM? HÁ MULHERES, AINDA HOJE, QUE QUANDO FICAM REGRADAS NÃO LAVAM A CABEÇA. Isto me fez lembrar de uma carta que li do pai do Michelangelo Buonarroti ao filho em que ele dizia para que Michelangelo NUNCA lavasse a cabeça...  Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni  era italiano, pintor renascentista, escultor, arquiteto, poeta e engenheiro. Michelangelo nasceu a 6 de março de 1475, perto de Arezzo, Toscana.
MISTÉRIOS SUBMERSOS...

O MAR VAI VIRAR SERTÃO? OU JÁ VIROU E NINGUÉM ESTÁ SABENDO? NÃO "DEU NA" TV? A data nas fotos mostram o ano de 2005... Vejam todas as fotos os objetos apontados. São 8 fotos.


"In the above 4th image we're still looking at the evidence site through the hole in the tampering but now closer. The white surf on the north (upper) side of the site demonstrates waves moving from the darker really deep water onto the lighter color shallower water above this submerged mountain sea mount. Note that the very narrow band of light color terrain just outside the wave line into the darker water indicates a quick sharp drop into much deeper water. So we are looking at a submerged sea mount here coming fairly close to the surface but not breaching it as an island sticking out of the water. 

 "Na 4ª imagem acima que nós ainda estamos olhando o site de provas através do orifício na adulteração, mas agora mais perto. O surf branco no lado norte (superior) do site demonstra ondas se deslocam na água mais escura muito profundo para as águas mais rasas de cor mais leve acima este monte de mar montanha submersa. Observe que a banda muito estreita de terreno de cor clara, apenas fora da linha de onda na água mais escura indica uma queda rápida na água muito mais profunda. Então nós estamos olhando para um monte de mar submerso aqui chegando bastante perto da superfície, mas não violá-lo como uma ilha que fura para fora da água.
Esta informação veio daqui.

E segue o jogo... Sinto muito, vos amo, sou grato.

domingo, 16 de setembro de 2012

VERDADES QUE NINGUÉM QUER OUVIR...

HOUVE UM TEMPO, HÁ 500 ANOS, A TERRA ERA PLANA E QUEM CAÍSSE NO ABISMO... CRENÇAS E ESCOLHAS... 

VERDADES QUE NINGUÉM QUER OUVIR NÃO ESTÃO NA TELEVISÃO, ENTÃO NÃO PODEMOS CONFIAR...
OUTRA VERDADE QUE NINGUÉM QUER OUVIR FALAR. Fica aqui minha contribuição para quem desligou a TV cansado de mentiras e segue o jogo de verdades nas crenças e escolhas de infinitas possibilidades. Este vídeo veio daqui.





SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Ah! O amor... Para meus amigos que estão... Mario Quintana

 

http://lituraterre.files.wordpress.com/2010/08/poetas.jpg
Carlos Drummond de Andrade, Vinícius de Moraes, Manuel Bandeira, Mário Quintana e Paulo Mendes Campos

Mario Quintana

Ah! O amor... Para meus amigos que estão...



Para meus amigos que estão... SOLTEIROS.
O amor é como uma borboleta.
Por mais que tente pegá-la, ela fugirá...
Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado.
O amor pode te fazer feliz, mas as vezes também pode te ferir. 
Mas o amor será especial e apenas quando você tiver o objetivo de se dar somente a um alguém que seja realmente valioso.
Por isso, aproveite o tempo livre para escolher.
Amor não é se envolver com a "pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real, exaltando suas qualidades, mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.


Para meus amigos que gostam de... PAQUERAR.
Nunca diga "te amo" se não te interessa... 
Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. 
Nunca toque numa vida, se não pretende romper um coração. 
Nunca olhe nos olhos de alguém, se não quiser vê-lo derramar em lágrimas por causa de ti. 
A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você, quando você não pretende fazer o mesmo.


Para meus amigos... CASADOS.
O amor não te faz dizer "a culpa é", mas te faz dizer "me perdoe".
Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar.
Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores.
A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que passaram juntos; mas sim o quanto nesses anos vocês foram bons um para o outro.


Para meus amigos que têm um CORAÇÃO PARTIDO.
Um coração assim dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que você permitir.
Um coração partido sente saudades, imagina como seria bom, mas não permita que ele chore para sempre.
Permita-se rir e conhecer outros corações.
Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida.
A dor de um coração partido é inevitável, mas o sofrimento é opcional.
E lembre-se: é melhor ver alguém que você ama feliz com outra pessoa, do que vê-la infeliz ao seu lado.


Para meus amigos que são... INOCENTES.

Ela(e) se apaixonou por ti, e você não teve culpa, é verdade.
Mas pense que poderia ter acontecido com você. 
Seja sincero, mas não seja duro; não alimente esperanças, mas não seja crítico; você não precisa ser namorado(a), mas pode descobrir que ela(e) é uma ótima pessoa e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).


Prá terminar. 
Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata...
Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um Dia nós percebemos que as mulheres tem instinto "caçador" e faz qualquer homem sofrer... 
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai... 
Um dia saberemos que ser classificado como o "bonzinho" não é bom...
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você... Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importantes para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...

Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século, esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para dizer tudo o que tem que ser dito...

O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida, ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras...
 
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

Mario Quintana

Vos amo. Sou grato.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

O MUNDO ACABOU E ESQUECERAM DE ME AVISAR...

"Se eu contasse, não acreditariam...
Procissão com a música "Ai se eu te pego..." Um sucesso mundial!
Em uma pequena província espanhola, sem conhecer o conteúdo da letra, alguém escolheu a "música" do Michel Teló para acompanhar uma procissão.

NÉ QUE O JOGO ACABOU E EU TÔ DE BOBEIRA LEVANDO ESTE MUNDO A SÉRIO... SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

SHOW COMPLETO ROBERTO CARLOS & CAETANO VELOSO.avi


Aproveitem que hoje é 13 mas, não é sexta-feira.  E as luzes estão acesas (ainda), e serão "mais baratas" (golpe). O ano que vem... Talvez sim..., talvez não... Sinto muito.
Enjoy! We never know... É o num é? 
O segredo do negócio é ficar no AGORA. Som na caixa!



Gostou? Maravilha, né não? Sou grato.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

SETEMBRINA




Alma criança
Brinca no mato
É bicho solto
Solta ao vento
Não tem medo de chuva
Voa os pássaros
Nada os peixes
Ruge na onça pintada

Contando estrelas
Passou o tempo a borboletar
Lagartando sem saber borboleta
Da crisálida que foi lagarta
Borboletará
O mato balançou
Borboleta
Crisálida e lagarta
Borboletando de flor em flor
Não se reconheceram Curumim

Filho de Tupã
Bicho solto
Na luz do trovão
Cuera Guarini
No universo infinito...
É como o amor da mãe cabocla
Não cabe na folha da Jurema

É setembro, sinto muito, sou grato
Segue o jogo...

terça-feira, 11 de setembro de 2012

9/11, 11 de setembro, 11 anos depois. Querem salvar as crianças?


"Pais britânicos abrem mão de refeição para alimentar filhos. 
Cerca de 25% dos pais pobres britânicos estão abrindo mão de uma refeição por dia para deixar a comida para os filhos. A constatação foi feita pela entidade filantrópica “Save The Children” (Salvem as Crianças), que fez um estudo e lançou um apelo para ajudar 350 mil meninos e meninas que vivem na pobreza.(fonte)
http://whynotsee.com/bilioes-morrem-de-fome-trilioes-sao-gastos-em-guerra.nokitas

O universo é infinito e está em expansão, e, os banqueiros que controlam a escassez planejada de tudo para controle das massas senzaladas em benefício das casas grandes são os mesmos que agora querem o totalitário controle e "definitivo" tirânico governo mundial.
 
"Isto, ESTE HORROR, não deveria estar acontecendo aqui"... O ser humano não é isto, vaidoso, vão e fraco; este é um programa ancestral embutido pelos escravagistas, e que nos ensinam aceitar desde o nosso nascimento. Este programa em memórias escravizantes de falsa humanidade são ancestrais. Manadas de exterminadores "Cavalos de Tróia".

Desde os primórdios, os estelionatários dominadores no alto da pirâmide que oprime e explora o planeta perceberam a facilidade com que podiam implantar no humano este programa de negação de sua divindade e perfeição substituindo-o pelo de aceitação da escravatura como redenção de suas (inexistentes) imperfeições. Esta idéia de imperfeição e necessidade de evolução foi implantada no nosso caótico subconsciente desde a ancestralidade e é reciclada sistematicamente. Avanço e recuo "cíclico". Querem mesmo salvar as crianças? Quando? Quais? Onde? Quem? Para que?

Em cada época quando querem aumentar o controle sobre as massas escravizadas os dominadores usam estas mesmas manobras de criação de problemas terroristas para oferta de soluções  que mantenham a ignorância dos escravos e a aceitação da escravidão de modo inconsciente.
 
Políticos e economistas, ao serviço do sistema, com suas dualidades enganadoras, estão aí para dar a ilusão de que temos escolhas nesta ditadura dos banqueiros que administram a escassez planejada de tudo para a manutenção do imperial invisível escravagismo milenar vigente.  Enquanto jogamos conversa fora discutindo o sexo dos "Cavalos de Tróia" há uma guerra contra a humanidade em curso acelerado e não estamos vendo. Depopulação, redimensionamento e redistribuição do BUTIM no resultado desta batalha final entre gangs pelo poder de sentar no trono todo poderoso do "olho que tudo vê"...
 
Enquanto estamos perdidos discutindo o vazio de idéias zeitgeistianas e outras baboseiras, desorientados no aprisionador virtual fratricida labirinto do nada, não vemos o quanto o dementado Brazsil e outras nações, estão sendo "depenadas", saqueadas, invadidas e posseadas. A Amazônia, pseudo pulmão do mundo, quardada até aqui à sete chaves pela elite escravista, já era, e o resto do planeta está em perigo iminente, pesquisem isto do ponto de vista não dos "patidarismos" nazi sionistas, mas, da Humanidade...
 
"Hercóbulos" está vindo aí, a elite construiu seus luxuosos buracos e deixou "o povo", a excedente senzala, do lado de fora, e todo mundo finge que não está vendo. Sobreviverão? É, sempre foi, mais fácil ou cômodo chamar de conspiranóicos todos os Jordanos Brunos de todos os matizes e queima-los em praça pública, em todas as épocas.

P.S.1
Ao anonimato oriundo de todas as constelações; marxismo não é uma utopia, é um método de raciocínio.

P.S. 2 
Nenhuma dessas milhões de crianças famintas neste planeta é cubana. Cuba, heróica, depois de meio século de inumano bloqueio norte americano não tem meninos de rua, nem crianças ou pessoas passando fome, ou sem o que comer todos os dias.

P.S. 3
9/11 e as escravistas setembrinas inside jobs terroristas false flags. Segue o jogo...

Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato.






Renata, rosas rosas para ti nesses inesquecíveis nossos 43 / 11 de setembro. 
Saudade! Continuo Te amando muito. Sou grato.



domingo, 9 de setembro de 2012

Um terrível tornado cruzou Nova York, ontem, em pleno feriadão da independência ou morte e o faustiano domingão da escravidão.




Parece que o tempo de usar guarda-chuva acabou...

Um terrível tornado cruzou Nova York ontem (fonte), em pleno feriadão da independência ou morte e o faustiano domingão da escravidão. O que é que tem o cucuz com as calças?  O milho? Quem sabe? Se (eles) juntam "solar flair" + HAARP poderemos colocar a panela com o milho de pipoca NO SOL, será uma grande economia de gás, ou lenha, ou eletricidade, pelo sim pelo não, esta seca não é normal.

Tá reclamando do que? Do calorão? Caixão não tem gaveta? Mortalha não tem bolso? Para tudo podemos arranjar uma explicação aos mais exigentes. Vejamos: a gansterista reptilianidade democraticamente absolutista que se apossou dos governos do mundo (com raríssimas exceções) não possui afeto, empatia ou amor. Muito menos amor incondicional. Vive de e da guerra. Não pode perceber em si e em tudo a energia do amor como a humanidade é capaz; e dela escarnece. A psicopata reptilianidade, não conseguindo compreender estes sentimentos humanos, se revolta contra essa nossa humanidade, não sem antes vampiresca e antropofagicamente alimentar-se de nosso medo e do horror que esta escravização e abuso gera em todos, do berço ao túmulo, e de cuja vibração negativa faz seu alimento primordial.

Nós os sustentamos com a permanente vibração do nosso medo e ignorância distanciados de nossas reais ilimitadas capacidades de autonomia. Criaram este jogo chamado democracia, a farsa da alternância no poder em nome do povo. Que povo? Que poder?

Somos escravos de uma elite que se intitula democrática desde a rainha da Inglaterra às Dilmas temporárias, tudo democraticamente bem organizado pelos seus reptilianos todo poderosos banqueiros na administração da escassez planejada de tudo.

Drogado até a alma, o povo, inconsciente de seu milenar sonambulismo, continua (programado para não pensar fora da caixa) "votando democraticamente" na manutenção de sua perene escravidão em troca de pão e água. Não tem o que comer mas, tem celular e televisão. Mas, e o caviar, a champanha, as Ferrari? Muito pouco para chamarmos este "povo" de humanidade; não é não?

E por falar em enganações democráticas sugiro http://infinitoaldoluiz.blogspot.com.br/2011/04/zeitgeist-o-4-reich.html
 

Pois é Denise...
  
 http://youtu.be/oxy8Zu4asCM

Sinto muito, me perdoe, vos amo, sou grato.

sábado, 8 de setembro de 2012

Carter pede que Cuba seja retirada de lista de países terroristas.

Washington, 7 set (Prensa Latina) O ex-presidente dos Estados Unidos James Carter chamou o governo de seu país a tirar Cuba da lista de nações terroristas e eliminar as sanções econômicas e comerciais contra a ilha caribenha.

Acrescentou que a maioria dos cubano-americanos apoiam a normalização das relações entre ambos estados e manifestou preocupação pelo fato da Casa Branca manter o bloqueio econômico, financeiro e comercial contra Havana por mais de meio século. Segundo Carter, essa medida coerciva socava qualquer credibilidade de seu país.

Durante uma intervenção na conferência anual do Banco Interamericano de Desenvolvimento nesta capital, Carter afirmou que a política de Washington para Cuba é dependente demais dos líderes das organizações anticubanas da Flórida. Nesse sentido, considerou que uma moderação das proibições de viagem a esse país suporia um grande avanço nos vínculos entre as duas nações.

Desde 1982, o Departamento de Estado mantém Cuba na lista de estados que patrocinam o terrorismo, por razões políticas. O bloqueio está vigente desde 7 de fevereiro de 1962, foi convertido em lei em 1992 e 1995, e tem sido condenado durante 20 anos consecutivos pela Assembleia Geral das Nações Unidas. De acordo com fontes oficiais, esse cerco causou prejuízos econômicos ao povo cubano superiores aos 975 bilhões de dólares.
fonte

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Aprendendo a enxergar o que olhamos mas não vemos.




Aprendendo a enxergar o que olhamos mas não vemos é conectar pontos para podermos entender a diferença entre a reptilianidade escravagista e a abusada humanidade de incondicional infinitude amorosa .

 
1
"Porque tu me chegastes sem me dizer que vinhas, e tuas mãos foram minhas, com calma..."
"A BELEZA NASCE DA SERENIDADE DA SUA PRESENÇA

O que você acabou de descrever é algo que acontece comigo ocasionalmente por breves momentos quando estou só e em meio à natureza.

Sim. Os mestres ZEN usam a palavra SATORI para descrever um momento de insight, um momento de mente vazia e presença total. Embora satori não seja uma transformação duradoura, agradeça quando ele surgiu porque terá uma amostra da iluminação. Isso já pode ter acontecido muitas vezes, sem que você soubesse o que significava e como era importante. A presença é necessária para tomarmos consciência da beleza, da majestade, do aspecto sagrado da natureza. Você alguma vez contemplou o espaço infinito em uma noite clara, estarrecido por sua calma absoluta e incrível vastidão? Já escutou, de verdade, o som de um riacho numa montanha na floresta? Ou o som de um melro ao cair da tarde em uma tranqüila tarde de verão? Para perceber tudo isso a mente tem que estar serena. Você tem de se despojar por um momento da sua bagagem pessoal de problemas, do passado e do futuro, e também do seu conhecimento. Do contrário, você olhará mas não verá, ouvirá mas não escutará. Estar totalmente presente é fundamental.
Existe algo mais sob a beleza das formas externas. Algo que não pode ser nomeado, que é inefável, uma essência profunda, interna e sagrada. Onde quer que exista a beleza, essa essência interior brilhará de alguma forma. Ela só se revela quando estamos presentes. Será possível que essa essência sem nome e a sua presença sejam coisas idênticas e uma coisa só? Será que a essência estaria lá sem a sua presença? Vá fundo nisso. Descubra por si mesmo.

(Do livro de Eckhart Tolle "O  PODER DO AGORA")

 
2

A reptilianidade,
em todos os níveis, se apossou  dos governos do mundo (com raras exceções), não possui afeto, empatia ou amor. Muito menos amor incondicional. Não pode perceber o em si e em tudo a energia do amor, como a humanidade é capaz, e escarnece. A psicopáta reptilianidade não consegue compreender estes sentimentos humanos, se revolta contra essa humanidade, e, vampiresca e antropofagicamente alimenta-se do medo e do horror que esta escravização e abuso gera em todos e usufruindo dessa vibração negativa faz dela seu alimento primordial. Não há possibilidade de independência no sistema escravista. Nós os sustentamos com a permanente vibração do nosso medo e ignorância distanciados de nossas reais capacidades.

Não devemos citar Buda, Jesus, Gandhi ou qualquer dos muitos desses iluminados que tanto nos impressionam e impressionam aos que nos ouvem cita-los. Não. Não os citemos. Sejamos como eles foram. Sejamos nós mesmos, seres humanos limpos destes programas e dessas memórias reptilianas/escravistas inoculadas ancestralmente em nossos caóticos subconscientes ignorantes de nossa divina perfeição. A nossa grande missão existindo neste planeta é sermos a luz do mundo, sermos iluminados como aqueles que gostamos de citar invejando sua corajosa libertação da escravidão em que os alienígenas reptilianos confinam seus escravizados milenarmente. Ousemos amar incondicionalmente, ainda que tenhamos a sensação de não sermos amados. Perdoar, ainda que não sejamos perdoados. Ninguém virá nos perdoar e libertar. Esta tarefa é de cada um, individualmente. É difícil? Talvez. Não carregar mágoas é perdoar-se e libertar-se do ego escravista/escravizado. Você e todos nós somos insubstituíveis.
 

3

Retire seu cavalo da chuva. Ponha o óculos da verdade. Se queremos que o mundo mude para melhor nós temos que mudar a nós mesmos para melhor, e começar já. O já não está lá fora, começa dentro de nós mesmos. O primeiro passo é o perdão. O mundo proposto pelos escravagistas é uma farsa que sustentamos com nossas crenças nas mentiras que aceitamos viver. O mundo não mudará se nós não mudarmos. A questão da consciência é individual. O somatório dos interiores mudados para o bem de todos em amor incondicional é que fará a grande mudança desse mundo e todos os outros onde estivermos. Para isso é que, cada um de nós, tem uma única impressão digital nos identificando como unidades. É intransferível esta responsabilidade. Não tem jeito de dizer; eu não sabia, não tinha pensado nisso. O tempo das desculpas esfarrapadas acabou. Não amarre se burro no poste errado. Somos humanos. Reptiliano bonzinho não existe. Não há razão para sustentamos os nossos opulentos opressores e seus incontáveis cavalos de Tróia.




4

Acorda aí ó meu! Quando você menos esperar, infelizmente, o 4º reich vai chutar a sua porta e invadir a sua casa e vai puxar o gatilho enquanto seu filho "brinca" de video games de guerras, você vê novela fratricida e seu marido o opiácio futebol. Sua casa já está cercada de arame farpado e paranóicas câmeras de TV espionando sua soberba ingenuidade. Nós moramos neste planeta, e, infelizmente, não há mais aonde possamos fugir ou nos exilar. Temos dormido demais. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. O macabro jogo segue seu curso enquanto sonambúlicos fingimos alegria de viver. A hora de acordar é agora, todos estão sendo chamados, infelizmente muitos preferirão continuar ligados à entorpecente televisão...


 Vos amo, sinto muito, me perdoe, sou grato. O jogo inumano segue... Vai continuar aí sentado vendo TV? 

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Chemtrails - Exigimos uma resposta estatal.




"A presente petição pública é endereçada à mesa do Congresso Nacional, com o pedido de divulgação para todos os Senadores e Deputados Federais através do plenário e de correspondência pessoal interna com aviso de recebimento.
É de conhecimento de um número cada vez mais crescente de pessoas que algum produto está sendo pulverizado por aviões nos céus do Brasil, por cima de cidades tanto de interior como nas grandes capitais, sem que o povo tenha sido consultado ou sequer saiba do fato.
Através da presente petição, viemos requerer de nossos representantes públicos algumas respostas:
 
Primeiro: Do que são compostos estes rastros químicos pulverizados no céu do Brasil inteiro? Para que finalidade servem?
 
Segundo: Por que não houve uma consulta democrática à população brasileira antes de se praticar um procedimento desta envergadura?
 
Terceiro: Desde quando tal procedimento esta sendo feito, em quais locais e com qual intensidade?
 
Quarto: Há estudos suficientes a respeito dos efeitos colaterias sobre a saúde do ser humano?
 
O presente abaixo assinado pede que as respostas das questões anteriormente formuladas sejam divulgadas em órgãos de imprensa de circulação nacional, bem como no site oficial deste órgão ao qual é dirigido.

Somo gratos ao Idalizador: Jayson Rosa - youtube.com/CasandoOverbo - facebook.com/CasandoOverbo



ASSINE JÁ, NO LINK ABAIXO,  A PETIÇÃO. A HORA É AGORA ! 

http://www.peticoesonline.com/peticao/chemtrails-exigimos-uma-resposta-estatal/534

sábado, 1 de setembro de 2012

QUACK QUACK



Neste primeiro de setembro, cheio de memórias e programas nem tão ancestrais, não poderia deixar ver e ouvir passar pela minha praia este patinho com seu estridente QUACK QUACK sem traze-lo para casa e mostrar à criançada o meu feliz resgate.


Setembro chegou. Borrascas e patinhos virão? Que venham em paz... Vamos ver o que nos reservam nossas criações coletivas neste "mare nostrum XXI" de infinitas possibilidades. Crenças e escolhas continuam na ponte de comando de nossos navios lotados de patinhos de borracha... Feliz setembro novo para todos nós.


Mais uma vez e sempre grato ao amoroso trabalho da amiga/irmã Ravena que, felizmente, me deixa sem razão para escrever histórias da Carochinha e bem feliz meio atrapalhado com minha lúcida maluquez.


Vos amo e sou grato. Feito o dever de casa, vamos à nossa aula...




(...) "Mas nem sempre. Seus caminhos podem ser alterados por uma mudança no clima, uma tempestade no mar ou com um encontro casual com um grupo de baleias.


Após 20 anos os patinhos de borracha estão perdidos no mar e ainda estão chegando em praias ao redor do mundo. E o número deles no giro (na vórtice de correntes) diminuiu, o que significa que é possível se libertar, mesmo após anos circulando as mesmas águas, é possível encontrar um caminho para a costa.

Enquanto esperamos um grupo de baleias ou a tempestade chegar é preciso que você Patinho(a) harmonize seu mundo para reencontrar o caminho de casa. Cada um de nós poderá criar uma realidade e não viver numa realidade criada e controlado por eles. O céu não tem limites! 

Related Posts with Thumbnails