O QUE NÃO SABEMOS NÃO EXISTE.
"Quando Creonte lhe diz “tu és a única, em Tebas, a defender tais opiniões”, Antígona responde com grande lucidez:
"-TODOS OS QUE ME OUVEM OUSARIAM CONCORDAR COMIGO SE O MEDO NÃO LHES FECHASSE A BOCA."
Pensar sempre foi considerado conspiração. Este blogue é parte do inadiável processo de novas escolhas na minha permanente ressonante infinita faxina espiritual. Nosso mundo é o que supomos conhecer, bendita Internet. Perceber e compreender faxinando os programas de jogos de memórias escravagistas que estão milenarmente sabotando a sanidade de nossas existências é a nossa única saída... Nada, religião alguma, lei alguma substituirá a consciente responsabilidade (100%) dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. Ninguém virá nos salvar da escravidão... Só podemos escolher entre o medo catabólico e a gratidão anabólica ao afeto incondicional. Onde há amor não há perdão. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal, urgente e intransferível. Nós somos os deuses amorosos pelos quais temos esperado. Somos almas. Mantenhamo-nos na vibração da fé no afeto incondicional, todos os espíritos corações e mentes estamos interconectados na Teia Cósmica.
"O SISTEMA" É PSICOPÁTICO, ALIENÍGENA, INUMANO, MISÓGINO, PEDÓFILO, ANTROPOFAGICAMENTE CORRUPTO E ESCRAVISTA POR NATUREZA. SÃO "DIABÓLICOS". TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA.
http://www.artmajeur.com/aldoluiz/
Em tempo; amanajé ré significa mensageiro amigo em tupi guarani.

Compartilhemos

Share |

segunda-feira, 31 de março de 2014

31 de março ou 1º de abril?



31 de março ou 1º de abril? Crenças e escolhas que nada revolucionam... Nem transcendem.

De Anjos, Illuminatis, Sionismo, Rotschilds, NOM/NWO, Chemtrails, Santos, Religiões, Controle, BBB, Vaticano, Globalização, Baphomets e tudo mais que couber.

Ainda espalhamos e lemos os 'sinais de fumaça', mesmo que esses estejam impregnados de falsos sinais tóxicos e viciados. Um serviço nada dócil, mas sem volta, pois depois de serem apontados, na consciência, os primeiros sinais, o único retorno possível seria a loucura: Sim, pois esse é o caminho, quando se negam as evidências daquilo que se está a enxergar. Aos que nasceram de olhos abertos, ainda que levemente, não lhes restou outro caminho, a não ser o do isolamento e da inadequação, imposto pelas leis da subserviência executadas pelos servos da tribo ruminante: pessoas tristes, irmãos nossos, a despeito de tudo.

É muito triste ver quantos de nós continuamos dormindo, em berço nada esplêndido. Veja que a letra do Hino, supostamente Nacional, sentencia: "Deitado ETERNAMENTE em berço esplêndido!" O Brasil é a síntese do mundo e a menina dos olhos desses senhores e seu Senhor e, enquanto fingem brigar no oriente, dissimuladamente vão destruindo o restante do planeta, condicionando as gentes e impondo a sua tirania.

Fomos despreparados propositadamente. A cada dia mais fracos, acomodados, cegos, mudos, surdos e, em absolutamente tudo, dependentes do que os senhores visíveis impõem-nos em nome do Invisível olho que tudo vê. Eles impõem-nos o seu jogo, oferecem-nos tudo, inclusive o sistema de pensamento com o qual alguns pensam estar a questionar tudo e a refletir sobre o motivo da nossa sacralizada ignorância.

Sim, porque muitas das supostas “cabeças inteligentes” do planeta estão quase todas (de)formadas pela "escola" do Sistema, assimilando, confirmando e reproduzindo a mentira confortável e anestésica que permite a funcionalidade de tudo isso. Mais do que nunca somos vigiados - por eles também -, mas, acima de tudo, pela nossa mente impregnada de "doce" e torpe veneno que, ao menor indício do desejo de livre pensamento, é bombardeada pelas mais de mil "verdades" de antanho nela (im)plantadas.

Falo do que sinto, mas principalmente do que sinto para além dos sentidos, com a consciência, com a mente e não somente com o coração: todos os velhos sistemas de conhecimento, antes mantidos ocultos, mas que agora emergem para "iluminar" as pessoas, não passam de mais do mesmo, de pasto velho disfarçado de
"GRANDELOQUENTELEITAMAGNÍFICAANTINGAEMÍSTICASABEDORIA"

Mas há as trilhas químicas que, de tão visíveis, a maioria não as vê e, se as vê, nem se importa: "Ahn?! Nuvem? Fumaça? Ah, isso não é nada! É só a sua mania de perseguição, conspiração, afinal, você nunca foi mesmo muito certo(a) da cabeça!" E dá-lhe fumaça nas ideias! De todos os tipos, palatáveis a todos os vícios, vãs, ilusórias, mas, sem dúvida, mais que intoxicantes, são todas inebriantes.

Névoas obscuras com que se exerce o controle de todos e, acima de tudo, das mentes bombardeando o inconsciente com ondas eletromagnéticas! Névoas químicas que, para além da camada visível, formada por metais pesados e diversas substâncias tóxicas, entre outras, escondem o poder sutil e nefasto que tem o domínio sobre este mundo.

De fato, eles mudam as regras do jogo, mudam o mapa, mudam os nomes, mudam os lugares, fazem tantas mudanças para tudo continuar exatamente onde, desde sempre, está: Nonada!

Ana Brito Alex Brito

Sou grato a estes dois amigos que tanto prezo e de quem tornei minhas suas palavras nesta hora de memórias tenebrosas, principalmente nesta faxina de memórias historicamente encardidas. "Se" a velhice pudesse e a juventude soubesse, pouco se modificaria neste ter infernal de Guantânamos "for ever and ever". Admirável! Pão e circo! De golpe em golpe... Paus de araras, corrupção, guilhotinas, cruzes e fogueiras... TODAS AS UTOPIAS HUMANITÁRIAS SÃO CONCESSÕES TÁTICAS DENTRO DA MILENAR ESTRATÉGIA ESCRAVAGISTA. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Cês aceitam um cafezim cum queijim e bolim di milho da roça da roça da roça? Não? Qué dançá? Tamém não? Intão tá, bem... Avantchi! Gradece, bençoa e segui in frenti! Transcende. Inté mais. 

sexta-feira, 28 de março de 2014

O AGORA nunca é tarde É A ESPIRITUAL DIVINA PERFEIÇÃO.



Geogenocidas. Escarnecem. Quem assistiu o filme Titanic e outros sobre "fins de mundos" vai compreender o que  estou dizendo.

Sempre haverá tempo para despertar, LER DENTRO, as entre linhas e as linhas, mesmo aos que preferirem continuar morrer dormindo. Sinto muito me perdoe, te amo, sou grato. Exerçamos o PERDÃO INTELIGENTE. A INTELIGÊNCIA sequestrada à humanidade é parte inseparável da INTELIGÊNCIA INFINITA DO INFINITO EM EXPANSÃO NADA SE RECRIA TUDO SE TRANSCENDE.

É preciso querer usar o livre arbítrio do AMOR INCONDICIONAL INFINITO e fazer libertadoras escolhas INTELIGENTES. Ou não? Estamos aqui para o treinamento desse resgate. Ou não? Quem estiver muito comprometido com o TER vai sentir muita dificuldade para compreender o SER. Não é o seu caso, viu Fada. Desejo a todos muita PAZ e LUZ INTELIGENTES para podermos todos ler dentro as placas do caminho ao longo desta transcendental viagem. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Inté! Olhai os pássaros nos céus e os lírios nos brejos... Orai e vigiai...

Lendo dentro...
 O AGORA nunca é tarde. Sempre há tempo para despertar para A VERDADE de nossa ESPIRITUAL DIVINA PERFEIÇÃO. Com letras maiúsculas.

Pensa bem se sem faxinarmos, seriamente, todos, memórias e programas escravagistas acumulados, reciclados e criptografados em nosso caótico embolorado milenar subconsciente ancestral repetindo os mesmos erros em memórias, se vamos ver, ler ou ouvir qualquer raciocínio consciente INTELIGENTE que nos tire desta Guantánamo planetária ou chegaremos ao final da saída pela "porta estreita" do labirinto do nada em que nos mantêm errantes e sem INTELIGÊNCIA há muitos e muitos donos?

Há mundos INTELIGENTES piores e melhores que este. O Universo não pode não Ser Inteligente.

Estamos aqui não para salvar este mundo, ele nem precisa disso, vai ficar por aí mais uns bilhões de anos, mas, estamos para salvarmos, resgatarmos, libertarmos nossa espiritual natural divina e perfeita INTELIGÊNCIA. Jogo duríssimo reformatar essa mente egóica ressonante. Salvarmo-nos de nós mesmos é tarefa inadiável  intransferível. Cada qual com seu cada um INTELIGENTE. Salvarmos nossos "espíritos" desde sempre livres; estas desacreditadas criadoras frequências de ondas INTELIGENTES sutilíssimas que "eles", a casa grande, conhecem muito melhor do que nós mesmos, os estupidificados senzalados.

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Há alguns anos descobri esta conspiração, muitos me ajudaram "ler dentro", e já escrevi sobre esta tragédia anunciada pelo genocida marionete Bush filho que após o 911 do 2001 disse em discurso: "Infelizmente muitos de nós e nossos filhos teremos que morrer para salva-nos dos terroristas". Ninguém merece "gente" tão maléfica/mente inteligente, mas, o pior cego é mermo o que não quer ver. Né mermo? Vê aqui se não é disso que se trata. Inté breve!

segunda-feira, 24 de março de 2014

Pensei que me fizera entender... (atualizado em 27/03)



Meu Querido Aldo,

Essa é a parte mais difícil na vida... mais difícil. Eliminar a imagem de nós próprios. Ficar absolutamente impenetrável à dor, não faz muito parte dos seres sensíveis. Comparar... sim, eu entendi, mas não foi comparação, não querido. Estava falando do acordar, pensei que me fiz entender... o acordar para o caminho que embora o tenhamos que percorrer sozinhos e cada um no seu, poderemos fazê-lo de mãos dadas, neste aqui e agora.
Percebi a mensagem e quero deixar ficar esta:

https://www.youtube.com/watch?v=-yBi6-IomI4

Entretanto uma médica e amiga via este meio, que vim a conhecer pessoalmente, telefona-me e diz-me que está desesperada, que o nosso país está doente e a morrer, que as jovens lhe estão a aparecer com cancro e as mães e as avós choram. Que não oferecem soluções de cura, mas apenas se gasta em exames... mas depois nada de soluções.
Como não ficar magoada? Hein Aldo? Sabendo o que sabemos? Preocupo-me com o term, sim... embora nada possa fazer por ele...

Como posso ser tão positiva, coisa que essa amiga sempre me diz para ser, se a vejo desesperada?

Ela é também sua leitora assídua e vai-se rever nestas palavras

Um grande abraço de arco-íris. Essa sua rosa amarela cheia de orvalho, é um monumento da natureza, acarinahdo por si... e falando em flores, como posso ficar imune se trato das minhas pionias todo o ano, aquela flor que está no meu blogue... se mas vão cortar ao jardim, quase na minha cara? Outra coisa que me entristeceu muito hoje... Que fazer, querido? Se eu não as corto é porque as quero ver lá, tratei-as e esperei quase um ano para ficar quase sem nenhuma... enfim. Não fiz nem disse nada, mas fiquei magoada. Tem de me ajudar a dar mais uns passitos, querido guardião. Fossem todos assim sensíveis como você e ninguém magoaria ninguém.

Caminhemos nesse mundo de mãos dadas, não largue a minha...


Minha querida Fada, minhas queridas fadas e amigos...

Modesta infinita colaboração...

Moro em uma casa alugada à beira de um brejo que me dá muitas alegrias em sol, lua, ventos, pássaros, plantas e uma enorme variedade tropical de animais silvestres. Fantástico! Grande parte deste brejo está sendo aterrado para um loteamento. Outra vez; fantástico! A estupidez do ego ter não tem limites. Antes do brejo há um declive onde joguei muitas sementes para dar flores e o que comer aos pássaros já que o terreno está coberto de "feio" entulho da obra que fez a casa. Nasceram e floresceram. Transcenderam. Ocuparam a visão do entulho. Os animais vieram... Fantástico!
Certa manhã, acordo sem eles cantando em algazarra, e sinto cheiro de inseticida no ar...  Abro a janela e vejo o dono da propriedade aplicando "round up". "_ Este mato não dá para cortar com roçadeira! Assim é mais fácil."

Imagina minha cara, minha mente, minha alma. Imaginou? Fantástico! Pensa que bati bico ou boca? Ele fazia aquilo sem a menor proteção. O vento está sempre mudando de direção. E eu pensei imediatamente sobre o quanto faz falta a INTELIGÊNCIA que nos sequestram milenarmente... Pensei imediatamente em montes de cadáveres e ossos cobrindo o planeta dos sem INTELIGÊNCIA, dos órfãos da monsatânica escravização pelo religioso estelionato dos deuses que nos criam para devorar-nos como fazemos com as plantas e os animais... Pensei em meu treinamento de Amor Incondicional. Crimes de lesa divindade. Pensei no Deus que somos todos nós com nossas inteligências irresponsáveis. Pensei na vastidão do Universo Infinito transcendendo coisas belas e horrorosas, e a efemeridade de todas as coisas não importando o tamanho. Pensei no quanto as religiões nos mantém irresponsáveis ao dizermos; " se Deus quiser, um dia...". Pensei no quanto eu já progredi na compreensão amorosa de perdão a mim mesmo de que não posso salvar o mundo de suas desgraças fratricidas antes de salvar-me dele arrancando de mim suas mentiras em cruzes inexistentes de culpas e pecados para purgar minhas (nossas) infames estúpidas escolhas auto escravizantes, induzidas por aqueles que escarnecem de nossa infantilizada mediocridade divina enquanto nos escravizam para depois nos devorar.

Perdoei meu senhorio e lembrei da frase; "eles não sabem o que fazem". Perdoei meu escravizador. Perdoei meus desejos egóicos de vinganças e outras boçalidades cronificantes de baixíssimas frequências porque agora estou livre, libertei minha alma do meu corruptor ancestral ego escravista e gero cada vez mais, no agora Infinito, altas frequências de ondas amorosas libertadoras que por ressonância faxinam o Universo Inteligente infinitamente.

"O amor tem dessas coisas que até mesmo Deus duvida". Continuo amigo do meu senhorio que muito admira minhas condutas cheias de misteriosos silêncios. Muitas plantas sobreviveram ao "round up". Começarei tudo outra vez. Não sei se meu senhorio vai ter câncer, não sei se os vizinhos terão câncer, espero que não. Em estado avançado de nossa destruição, chemtrais round up estão nos céus do (i)mundo dia e noite, há anos. "Só sei que nada sei." Não sei se a minha Luz vai acender a Luz deles, não sei à quem atingem minhas frequências faxinadas e faxinantes. O Infinito Inteligente Sabe. Meu papel é ser gerador do Amor Incondicional Infinitamente. Virar a outra face e contemplar o me Eu Infinito Em Expansão. Lágrimas imortais escorreram pela minha felicidade de já ser capaz de, em meio a tantas desgraças recidivantes, permanecer em PAZ para poder ressonar PAZ e LUZ. Eu sou o Eu. AGORA. PÁRA EM MIM com esta faxina permanente da consciência de quem sou eu, o fratricida programa escravagista ancestral que atravanca a expansão do Universo Inteligente em expansão. Minha alma é liberta, minha missão aqui embarcada em uma unidade prisional com tempo de validade, agora, faz sentido, para mim, consciente do Infinito Imortal Criando o Deus que me Criou Infinitamente Inteligentemente... Sinto muito muito, me perdoe, te amo, sou grato. Já consigo me amar... Posso amar sem medo.

Sou uma pessoa sensível, especialmente à compreensão da Verdade sobre o Nosso Eu Inteligente "anestesiado" por eles em todos nós. Treino assim minha consciente responsabilidade 100% sobre "minhas/nossas" vidas. Difícil para caralho! Sou um embarcado "pisciano". Estou, e muitos estamos aqui para esta missão de resgate. Ele talvez já possa agora mermo dizer: "Aldo, sou grato por você já ter reavido grande parte da sua Transcendente Consciência Cósmica Inteligente sabendo o que fazer de Nós agora, para o nosso bem e o bem do todo; o Universo em Expansão Infinita Agradece. Prossigamos. Vos amo incondicionalmente."

Segue o fantástico jogo...

Parei, desse modo, a colaboração com o meu escravizador, conscientemente inteligente nunca mais devolverei a bola a "eles"... Escolhas conscientes. Sempre escolhas... Modesta infinita poderosa colaboração inteligente da minha parte. Bacana.

Passei a minha mensagem? Então sentem que lá vem mais história.

No 2º vídeo abaixo vamos encontrar uma palavra mágica e muito pouco compreendida; INTELIGÊNCIA. O que quer dizer este luminoso código/som/forma/sem forma/sentimento/criação/ressonante? s.f. Faculdade de conhecer, de compreender: a inteligência distingue o homem do animal. Será? Mermo? Senão me equivoco, dos tempos de latim no ginásio, a palavra inteligência significa "intus legere" ou seja; ler dentro. Então, uma pergunta pára tudo. O que não estamos sabendo ler dentro? Dentro desta situação em que o (i)mundo nos meteu fora e com que propósito? Já que concordamos que o acaso não existe... Estou certo?

O meu reino, como o de muitos outros por aqui, não é deste mundo, deste mundo irreal criado lá fora a nossa revelia, há milênios, pelos escravagistas. E sempre em renovada embalagem. Luxúria e paetes. O mundo da forma me diz que eu não pertenço ao que, acumpliciados, "estamos" vivendo nessa ascensão do 4º reich já em acelerada 3ª guerra mundial não declarada. Viemos de muito longe. Que causas nos trouxeram à mais esta tragédia anunciada e denunciada aos quatro ventos? Ao labirinto do prisional do yes we can da new world order nazi sionista. A poeira tóxica do 2001 e seu fajuto atentado terrorista? Por quê? O encardido caiu sobre nós e nos cegou a inteligência. Bendita seja a Internet; inda que com seus dias de liberdade contados. A deusa TV pavimentou nosso futuro dantesco. Fantástico! A supressão da INTELIGÊNCIA.

O avião sumiu? Mermo? Stars wars em curso acelerado... Não creem nisso? Voltemos a pré-história. Lembram de Ronald Reagan na ONU e sua guerra nas estrelas? A guerra que ele anunciou chegou. Apertem os cintos. Usemos o resto dessa nossa parca Inteligência embotada pela fumaça dos churrascos nazi sionistas de milenares Giordanos e Brunos e WTCs pois, não haverá paraquedas nem boias de salvação para todos, humanos e inumanos. "Eles", reis e rainhas, não estavam nem estão interessados nisso. O plano macabro inclui severa depopulação. Jamais estiveram interessados em população, muito menos Inteligente. Milongas si... (Tangos e parangolés) Né mermo Francisco? Fala sério Chico! Habemus papa! Siamo tutti fottuti! Mermo.

Este vídeo veio daqui

Fantástico! Fomos e somos sistematicamente analfabetizados. Algo precisa ser lido dentro. E não sabemos ler?

Desesperar? Jamais! Prossigamos...

Esta bela galinha aí ao alto, é da Celina, tem muita inteligência. Alguma "coisa" faz com que ela saia da idiotice galinácea para cuidar 100% de seus ovos chocados com um zelo de fazer corar muita mãe humana dita inteligente. O galo? Quem é mesmo este famoso que nunca viu um ovo na vida? Machos... Qual... 100% de irresponsabilidade para com "a maternidade".

Estar vivo é "assumir", cumprir suas (nossas, porque o resultado é inseparável do processo que a ele conduz. Sozinhos, porem juntos e misturados) funções na existência INTELIGENTE, RESPONSÁVEL, não basta existir como galinhas ou gado. No conforto da ilusão ou ilusão do conforto. Ao abrigo da ignorância e da alienação. "Farinha pouca meu pirão primeiro?" 
Agora é tarde. Idiotizados, entramos já na fase da Guantánamo planetária extramuros. Milhões ou bilhões de pessoas vão morrer só por não terem assumido 100% de responsabilidade sobre crenças e escolhas em tudo que esteve em suas vidas. Machucados e traumatizados (adj. - dor ou sofrimento de teor moral; agonia ou angústia.) desde a infância, delegam, por horror e medo, a condução de suas vidas escravizadas pelos e aos oportunistas estelionatários de plantão. Perda de autonomia. Sequestro da INTELIGÊNCIA. As infinitas Guantanamos for ever And ever estão vindo aí, estão chegando pé ante pé. Mermo! Israhell fields for ever. "Bushes", torturas (mais de quarenta torturas legalizadas, inimputáveis) e farpados, câmeras documentando o genocida big brother de mortes sumarias... Ou, já chegaram e a sua vizinha não nos contou? Com certeza. Não deu na TV? O George Washington tem uma estátua dele na pose de Baphomé. Não é lindo? Também não deu na TV? E o inacreditável fantástico "blogger/google" não me atualiza". Lembram disso?
"Nem falo de mães. Nem da minha. Capricorniana. Menos ainda de ovários e hormônios. Nem da frágil (in)utilidade dos machos e sua perene desorientação intelectosexual. Vivem procurando um buraco. Qualquer. Usam até as narinas. Idiotas.  
A maternidade, entre outras, é uma feminina qualidade que só faz cronificar minha admiração por todas elas. Mesmo aquelas louras burras, burras brancas, ruivas, negras, amarelas, verdes e morenas idem; nenhuma é quem pensa ser. Não é a toa que a coisa se chama trabalho de parto. Perdoo todas porque, como a todos nós, machos, gays e fêmeas, não necessariamente nesta ordem, foram primordialmente induzidas, abusadas, doutrinadas, moldadas em tenebrosos erros bafhométicos de crenças e escolhas diabólicas, pedófilas, cretinas, escravistas, antropofágicas, fratricidas, genocidas etc, etc e tal. São os tais cavalos de Troia de todas as ideologias. Programação dolosa de softwares milenares ancestrais zelosamente fratricidas, de mães para filhas desde que o mundo tornou-se imundo. Barbárie com paetês. A aplaudida religiosa tradição da bestialidade. Foi o que disse quando disse: Oprimindo e achincalhando as mulheres, todas (inclusive as inumanas), desde o berço, garantem a escravização de todas as proles infinitamente."
Ora, pensemos bem se os povos do mundo não entregam suas vidas ao que há de pior na humanidade, estelionatários lucrando com o genocídio perene de um lucrativo sistema religioso gerindo o antropofágico labirinto do nada em que nos aprisionam em troca de açúcar, drogas, e bugigangas de todos os preços e sonoridades nos afastando sistematicamente do que de fato nos interessaria para vivermos INTELIGENTEMENTE como qualquer galinha zelosa/mente responsável 100% pelo que está na vida dela e suas prole.

Agora, os estelionatários travestido de guerreiros salvadores da humanidade "decadente" são chamados para salvar os povos irresponsáveis da desgraça em que se meteram como Pinóquio em parque de diversões quando a falta energia na roda gigante do possuir e na montanha russa do ter. Estavam "felizes" enquanto pouco se importavam com a paz do SER em amor incondicional, como a galinha e seus pintos lá da foto. Pensem bem se o carnaval 100% de irresponsabilidade não foi sempre mais importante aos corpos escravos  do que qualquer "almaval" da responsabilidade 100% sobre a libertação dos espíritos aprisionados. Ração farta para exterminadores do futuro.

Acabou! End game! Nós criamos este momento na matéria com nossa admirável ignorância sobre nossa Criadora Espiritualidade Infinita. Há um feroz mundo invisível nos arrastando pelos cabelos para a profundeza dos caldeirões da demência cósmica que nos escraviza. Antropófagos sendo por nós alimentados, milenarmente deleitam-se com carne humana, de preferência moída. Adoram sangue fresco e carne crua, de preferência as da tenra idade. Adoradores de deuses pedófilos por suas naturais "baixérrimas" frequências de onda ressonantes se ajoelham. Viroses. Aliens. Reptiliano é o mundo deles, o da dolosa eternizada escuridão onde toda Luz é perseguida e apagada. Né mermo Giordano?

Nós de forca, nós cegos. Os caras tão, e, vão, ficar aqui. Nós é que temos de ir. Sair da ilusão, do labirinto. Zerar o HD, reformata-lo. Parar de devolver a bola, não sustentar o jogo. Parar de ser a bola. Sem a bola o jogo para. Colocar outra plataforma que nos acessa à LUZ e reprogramarmos o tal de plano B que na verdade é o A é a meta. A de abandono dessa baixíssima frequência de onda que nos mantém encarcerados em perene auto escravização. Uns pelos outros. Lixo. Enquanto a casa grande conta dinheiro. Lixo travando nossos computadores INTELIGENTES. Orai e vigiai! Deu para entender essa? Não? Vão pensando. Lê minhas outras tautológicas visionárias postagens, esquece "o estilo".

Aproveitem melhor a bendita Internet. Saiam da letargia espiritual torturada pela mente programada pelos Baphomés de todas as eras, castas e coturnos. Nós é que os sustentamos. Velhos como este mundo. Vampiros torturadores. Nos adoecem antes de matar-nos. Se deliciam com isso. Nossa cretinice. Eles nos criaram "como criamos" o seu gado e os sustentamos em seus agrotóxiconegócios. É tudo deles. Até o ar que respiramos. Tudo o que se come. E agora o que se bebe. Do pasto ao matadouro. "Round up" deve estar nesses chemtrails enquanto todo mundo olhando pro chão vai procurando onde, de quatro, apoiar os joelhos. Para isso, e, para aquilo outro... Negócios, "lícitos" (concedidos) e ilícitos, mas, sempre lucrativos negócios. Plantações extensivas de súcubos... 

Continuo de olho neste olho de Órus invisibilizado pelas mídias escravagistas, e, estarrecido, vejo cada vez mais os outros escravos dos mundos ditos livres e democráticos se digladiando entre o manobradíssimas "esquerdas" (sempre no plural) versus "direita" (sempre no singular) na mais voluntarista perfeita execução do "faraônico" milenar golpe do "dividir fratricidamente para escravizar".

Pensa bem se sem faxinarmos, seriamente, todos, memórias e programas escravagistas acumulados, reciclados e criptografados em nosso caótico embolorado milenar subconsciente ancestral repetindo os mesmos erros em memórias, se vamos ver, ler ou ouvir qualquer raciocínio consciente INTELIGENTE que nos tire desta Guantánamo planetária ou chegaremos ao final da saída pela "porta estreita" do labirinto do nada em que nos mantêm errantes e sem INTELIGÊNCIA há muitos e muitos donos?

Há mundos INTELIGENTES piores e melhores que este. O Universo não pode não Ser Inteligente. Estamos aqui não para salvar este mundo, ele nem precisa disso, vai ficar por aí mais uns bilhões de anos, mas, estamos para salvarmos, resgatarmos, libertarmos nossa espiritual natural divina e perfeita INTELIGÊNCIA. Jogo duríssimo reformatar essa mente egóica ressonante. Salvarmo-nos de nós mesmos é tarefa inadiável  intransferível. Cada qual com seu cada um INTELIGENTE. Salvarmos nossos "espíritos" desde sempre livres; estas desacreditadas criadoras frequências de ondas INTELIGENTES sutilíssimas que "eles", a casa grande, conhecem muito melhor do que nós mesmos, os estupidificados senzalados.

Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Há alguns anos descobri esta conspiração, muitos me ajudaram "ler dentro", e já escrevi sobre esta tragédia anunciada em discurso pelo Bush filho quando após 2001 disse que "infelizmente muitos de nós e nossos filhos teremos que morrer para salva-nos dos terroristas". Ninguém merece, mas, o pior cego é mermo o que não quer ver.

Geogenocidas. Escarnecem. Quem assistiu o filme Titanic e outros sobre "fins de mundos" vai compreender o que  estou dizendo.

Sempre haverá tempo para despertar, LER DENTRO, as entre linhas e as linhas, mesmo aos que preferirem continuar morrer dormindo. Sinto muito me perdoe, te amo, sou grato. Exerçamos o PERDÃO INTELIGENTE. A INTELIGÊNCIA sequestrada à humanidade é parte inseparável da INTELIGÊNCIA INFINITA DO INFINITO EM EXPANSÃO NADA SE RECRIA TUDO SE TRANSCENDE.

É preciso querer usar o livre arbítrio do AMOR INCONDICIONAL INFINITO e fazer libertadoras escolhas INTELIGENTES. Ou não? Estamos aqui para o treinamento desse resgate. Ou não? Quem estiver muito comprometido com o TER vai sentir muita dificuldade para compreender o SER. Não é o seu caso, viu Fada. Desejo a todos muita PAZ e LUZ INTELIGENTES para podermos todos ler dentro as placas do caminho ao longo desta transcendental viagem. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Inté! Olhai os pássaros nos céus e os lírios nos brejos... Orai e vigiai...

sábado, 22 de março de 2014

É possível nunca ser magoado?

Rosa da minha roseira

Queridas minhas Fadas, amigos...

Carregar mágoas... 
É o oposto do plano do Infinito. Carregar mágoas - "gera um campo magnético de energias densas, que funcionam como uma estufa, acabando por irradiar-se contra a humanidade e a impossibilitam de atingir planos mais sutis de consciência." E assim vai sendo escravizada a massa planetária em antropofágica casa grande e senzala (in)definidamente.

Mas...Chegou a hora. 
O sol raiou na grande estrada cósmica. Chegou a hora velas ao vento. Acordar é preciso, em cada qual com seu cada um, segundo suas possibilidades em escolhas necessárias ao momento do salto qualitativo. Transcender. Cada um em seu caminho solitário. A revolução é quantidade no "aquele agora" qualitativo do nem antes nem depois. Olho na pressão, tá fervendo. 

Somos o processo.
A fruta madura que se desprende da árvore deixa lá no galho até velhos companheiros de floração. Cada um na sua vez e o chão se cobre de folhas e frutos maduros para dar continuidade ao processo. Como o universo é infinito em expansão não temos que nos preocupar se o trem está atrasado ou caiu da ponte...

 Esta é a oportunidade
 Para o desapego e a transcendência para muitos melhores em todos os sentidos. Todos estamos indo infinitamente para o mesmo lugar de onde tudo vai e vem, por mais estagnados que nós possamos parecer. 

Mantenhamo-nos de mãos dadas no abraço. 
Uma rosa amarela especialmente sua para esta sublime viagem. As amo e sou grato pela companheira presença.


Extrato da palestra de Krishnamurti realizada em Ojai, legendas em português.

quinta-feira, 20 de março de 2014

A vida é um caminho (atualizado)


"A vida é um caminho cheio de obstáculos em que somos constantemente atraídos para um ou outro pecado, iluminando-nos artificialmente o caminho com falsas ilusões, falsas esperanças, falsas expectativas, luzes, brilho, dinheiro, prazer, fama, todas as nossas emoções são postas em causa, são testadas, e acabamos sempre por cair numa ou mais tentações tamanha é a ilusão e o poder dos 7 pecados mortais. Se conseguirmos equilibrar e não ficar presos a nenhum, temos sempre que os visitar ao passar por eles, não podemos evitá-los no nosso caminho mas podemos controlá-los e dominá-los, se o conseguirmos, a vida é nossa, o destino somos nós que o fazemos nunca se esqueçam disso! No fim, teremos a recompensa: a iluminação espiritual! o Reencontro, de volta ao nosso estado natural, a libertação e a divinização do ser humano!
Este estado de purificação do corpo e alma ao qual chamam de iluminação espiritual pode ser alcançado a qualquer momento! Não é um resultado final de uma vida mas sim o resultado dos pensamentos, palavras e acções ao longo de uma vida, é uma questão de nos conhecermos a nós próprios! de nos lembrarmos do que sempre fomos mas que com o passar da vida esquecemo-nos pois somos infectados e programados a esquece-lo!, do que é que nos esquecemos? que somos um autêntico arco-íris!!! Um arco-íris que com o passar da vida vai ficando baço, sem cor e sem brilho, as crianças nascem sendo autênticos arco-íris, o segredo está em ficar permanentemente com a criança que eternamente existe dentro de cada um e voltar a colorir a vida da forma que ela é e sempre será: colorida!!! A Vida é um Livro a preto e branco para ser colorido em cada momento, por cada um, com todas as cores! Nascemos da Luz e só morremos quando ela se apaga dentro de nós! A Luz é o conjunto de todas as cores!



E o mais importante que vos ocultam, é que o Planeta Terra é um Espaço intermédio, a Middle Earth, nome dado ao Planeta Terra no filme “O Senhor dos Anéis”, é um Planeta onde coabitam várias raças provenientes de vários locais distintos do Cosmo! É uma escola de aprendizagem espiritual em que o objectivo principal é aprenderem a Amar-se uns aos outros respeitando todas as raças, e vocês são as raças extra-terrestres, a sua descendência! Esse é o segredo mais importante que a elite cabal vos oculta para que nunca consigam saber quem são, quais são as vossas origens, de onde vieram e para onde vão! E dessa confusão toda, à custa dessa vossa ignorância, eles criaram um sistema completo de divisões tais como partidos políticos, clubes desportivos, fronteiras, bandeiras, hinos, religiões, qual é o teu partido, qual é o teu clube, qual é a tua religião, tudo isso são armas de divisão social e consequentemente espiritual para que vocês nunca se re-liguem novamente à Fonte de onde vieram e para onde vão! Para que nunca se sintam unidos conscientemente uns aos outros, são formas ilusórias mentais para manter a mentira presente nas vossas cabeças, para vos dividir, e dessa inútil divisão e conflitos sociais, eles conquistam o vosso cérebro, a vossa alma!

Sinceramente? Fadas, eu poderia ter escrito os textos citados, sinceramente. Se Leonardo Da Vinci (por que não posso dar trinta, né Bezerra da Silva?) escrevia ao contrário e de cabeça para baixo; era para que fosse preciso saber ler e ter um espelho. Entendem porque somos até hoje analfabetizados pela casa grande? Agora em nova embalagem do seu, o mais do mesmo 3º, o 4º REICH nazi sionista em fase avançadíssima de implantação.
sp-mendigos
Esta cena não é Brasil, é em Portugal, século XXI, agora, naquele que nos deu origem.
Fada do Bosque, eu te amo e sou grato. Tenho reconhecido em gratidão pelo caminhando infinito, tantos iguais e entre os dessemelhantes (os iguais nem são semelhantes são iguais mermo, uma espécie de duplo, ou triplo, ou o N ao infinito universos afora. Isso é o tal de Deus em expansão no tudo o que criamos, nós e Ele, juntos e misturados. Ressonância infinita. Não é co-criação, é PROCRIAÇÃO, mermo, é criação em uníssono. Um coral infinito, imagina o som disso, dessa LUZ. A FONTE. Ou serão fontes? Em UM, um único som capaz de criar o N de TUDO INIMAGINÁVEL, dá pra entender o T.A.M.M.M.M.M.M.M.M.M.M...? (Te amo, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito...). Vai ouvindo, vai pensando... Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato... Esta reflexão começou há muito tempo. A citação veio daqui. Caminhem ate lá. Depois voltem pra me contar o que viram.

Toda PAZ e TODA LUZ vai ser pouco. Cuidem-se bem. Inté a próxima. 
E o "blogger" nada de atualizar... Caminhemos.

terça-feira, 18 de março de 2014

À(s) Minha(s) necessária(s) Fada(s) e queridos visitantes.


Minha(s) necessária(s) Fada(s)

Admirável postagem deu origem a esta. Só um maluco pode entender outro maluco. Némermo? Fica comprovado. 

Vejam como a violência das polícias é exatamente a mesma em qualquer parte desse imundo. De onde vem esta padronização? Quem os formatou para isto? Há um padrão que transcende, (a palavra transcende cabe aqui lato e estrito senso) nossa poética visão do terrorista labirinto do nada em que chafurdamos em medo, ao desabrigo da ignorância. O medo é uma necessidade do dominador sem o qual eles, o medo e o dominador, inexistem. Frequências de onda é o que permite a comunicação (lato e estrito senso, outra vez) celular em movimento. Sem medo de dizer; encontrei sentido no texto lido. Transcendi... Conectei-o com o texto sobre Reich e ampliei minha compreensão de mundos e universos em perene movimento transcendental...

Paralelos. A velocidade do transcendente continua aumentando transcendental-mente e se esgota enquanto a porta estreita vai se fechando. "Todos são chamados." Queiramos ou não. Cedo ou tarde todos teremos que transcender; cada qual com seu cada um. Só o amor (incondicional-mente) transcende a solidão desse universo em expansão infinita.

Transcendamos faxineira-mente. Pétalas ao vento cósmico. Rosas em miríades. Nénão!? Este "(i)mundo"? Xiiiiiiiiiii.... Não foi por falta de aviso, viu Laura. Acabou! Faz muito tempo. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

Neste exato instante em que o BLOGGER, sei lá eu porque, não atualiza minhas publicações, caguei para o BLOGGER, a covardia não salva o destino, fodam-se eles, eles e sus lords señores. Lixo.

Mundos em miríades estão "sendo" criados por mentes intra e extra terrestres infinitamente. Consciente(s) ou inconsciente-mente(s). Pássaros felizes ainda cantam lá no brejo enquanto escrevo isso. O sol entra iluminando a casa. São felizes porque cantam ou cantam porque são felizes? "Olhai os pássaros no céu." ele disse. O universo é infinito e está em perene expansão. Vixe! A fila não pode parar...E as vacas ruminando...

No silêncio das estrelas Giordanos e Brunos são fogueiras fazendo a fumaça que encobre milenar-mente a LUZ que nos ilumina.

Trégua!

Na banheira do hotel antes de retornar ao meu brejo
Foi o que meu profundo pediu ao constatar que nada há para fazermos se não faxinar as vibrações negativas por escravagistas memórias ancestrais, e, enquanto o realejo da casa grande e senzala toca lá fora a valsa de Mefisto, linda, em sua homenagem Ana. (sempre escolhas) Eu me escuto "corpo" mortal aqui dentro da "banheira cósmica". E minha alma feliz disse que a hora chegou, e, inda bem que a gente vimo isso na hora G... Semus ou não semus, (hein?), abençoados pelos guias plenos de amor e paciência incondicional-mente transcendentes. Sou grato. mas muito grato mermo! Sem essa ajuda transcendental-mente eu nem estaria aqui agora. Escrevo isto, rindo de alegria em gratidão. Eu os amo. Todos. Esta é minha não desperdiçada chance de (continuar) transcender o labirinto do nada. Minha alma é, e está liberta. Agora, mais que nunca, orar e vigiar é que é preciso. Sem parar. O opressor quer o extermínio e não dá trégua.

Trégua! Já pediu, uma ocasião, ou duas, o meu querido Brancaleone. Não esqueci... 

À sombra em pleno fim de semana ensolarado
Bem! Então, dia 15 passado foi mais um aniversário da embarcação do meu infinito. Fantástica-mente, do Nada, onde Tudo brota, Fez Brotar em mim uma indomável Divina vontade de viver e festejar a  vida, o estar vivo, desperto, consciente de mim mesmo, em movimento, rindo muito de minha alma perfeita iluminada por amor de fadas e outros divinos seres irmãos inestimável-mente(s) colaborador(a)es. Na Verdade caminhante, onde Tudo É, né que Tudo se encaixa quando permitimos o Infinito nos Guiar pelos Caminhos desse Seu Amor Incondicional!?

Mermo!? Afirmo e confirmo! A prova disso está aí nesta foto do cara em pleno fim de semana ensolarado em aniversário de 67 anos de embarcação e navegações pelo mar infinito! Navegando é preciso, viver, também, é preciso... Depois dessa fui almoçar e tagarelar que nem maritaca, e muito, com as maravilhosas pessoas caminhantes que encontrei horas antes, companheiras de van neste adorável caminho. Prometemos nos rever um dia. Quem sabe? Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Escolhas. E tem quem me critique por que levo tudo muito a sério. Levo mermo! Nada é por acaso. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato.

Levem também tudo muito a sério. Vos amo e sou grato. Nada se perde, Tudo se Transcende. Cuidem-se bem. A faxina vai ficar ainda cada vez melhor. Divirtam-se, riam muito. Qualquer dia conto outra história ou mais um pouco desta. Inté a próxima...Orai e vigiai.


                   

quinta-feira, 13 de março de 2014

Quando as Anas e as Fadas falam de Chemtrails os Baphomet do Nonada abaixam as orelhas?


"Deitado ETERNAMENTE em berço esplêndido!" Isso é que é má sina. Pió qui praga di mãe.



É aquela história do "véio pagé" amanagé (Aldo significa velho), ela é quem me dá razão para adorar todas as mulheres desses mundos infinitos. São dotadas da fortaleza de amorosa inteligência. Isso, antes de capturadas e reprogramadas pela escuridão baphomética, todas elas estão muito além da capacidade masculina de compreende-las. Perguntem ao Bill se ele entende a Hillary. Perceber não é compreender. Eles as reprogramam e elas mandam e desmandam, enquanto os "bonitões" (sempre preocupados com o tamanho e a dureza do pau) obedecem. Quando voltadas para a maldade são piores do que os homens. Lembram daquela soldada louca do Abu Ghraib arrastando soldados pela coleira? E a Condoleezza Rice? Que coisa hein? Já esqueceram? Não lembram e nem sabem quem são essas Georgeas Bushas nazi sionistas? Aparecem nos hemo-noticiários da deusa todos os dias.
E Betty Boop? E Maria Antonieta? Nunca ouviram falar? Quando não são más são instrumento na mão da maldade. Marilyn Monroe? Também não? Não é do seu tempo? Xuxa? Merkel? Dilma? Globeleza? Madre Tereza? Popozuda? Lily Allen? Xiiii.... Cuidado com sua vizinha. As infinitas Guantanamos for ever estão chegando, mermo. And ever vindo aí. Ou, já chegaram e a sua vizinha não lhe contou. Com certeza. Não deu na TV... O George Washington tem uma estátua dele na pose de Baphomé. Não é lindo? Também não deu na TV... E o inacreditável "bloggergoogle" não me atualiza"


Nem falo de mães. Nem da minha. Capricorniana. Menos ainda de ovários e hormônios. Nem da frágil (in)utilidade dos machos e sua perene desorientação intelectosexual. Vivem procurando um buraco. Qualquer. Usam até as narinas. Idiotas.  
A maternidade, entre outras, é uma feminina qualidade que só faz cronificar minha admiração por todas elas. Mesmo aquelas louras burras, brancas, ruivas, negras, amarelas, verdes e morenas idem; nenhuma é quem pensa ser. Não é a toa que a coisa se chama trabalho de parto. Perdoo todas porque, como a todos nós, machos, gays e fêmeas, não necessariamente nesta ordem, foram primordialmente induzidas, abusadas, doutrinadas, moldadas em tenebrosos erros bafhométicos de crenças e escolhas diabólicas, pedófilas, cretinas, escravistas, antropofágicas, fratricidas, genocidas etc, etc e tal.  São os tais cavalos de Troia de todas as ideologias. Programação dolosa de softwares milenares ancestrais, zelosamente fratricidas, de mães para filhas desde que o mundo tornou-se imundo. Barbárie com paetês. A aplaudida religiosa tradição da bestialidade. Foi o que disse quando disse: 

Oprimindo e achincalhando as mulheres, todas (inclusive as inumanas), desde o berço, garantem a escravização de todas as proles infinitamente.


origem da foto http://camaradascrl.blogspot.com.br/2009/11/introduccion-la-liberacion-lo-que.htmlHá um feroz mundo invisível nos arrastando pelos cabelos para a profundeza dos caldeirões da demência cósmica que nos escraviza. Antropófagos, deleitam-se com carne humana, moída. Adoram sangue e carne crua, de preferência as da tenra idade. Pedófilos por naturais "baixérrimas" frequências de onda ressonantes. Viroses. É o mundo deles, o da dolosa eternizada escuridão. Onde toda Luz é perseguida e apagada. Né mermo Giordano? Os caras tão, e, vão, ficar. Nós de forca, nós cegos. Nós é que temos de ir. Sair da ilusão, do labirinto. Zerar o HD, reformata-lo. Parar de devolver a bola, não sustentar o jogo. Sem a bola o jogo para. Colocar outra plataforma que nos acessa à LUZ e reprogramarmos o tal de plano B que na verdade é o A. A, de abandono dessa baixíssima frequência de onda que nos mantém encarcerados em perene auto escravização. Uns pelos outros. Lixo. Enquanto a casa grande conta dinheiro. Lixo travando nossos computadores. Orai e vigiai! Deu para entender essa? Não? Vai pensando. Lê minhas visionárias postagens, esquece "o estilo". 

Aproveitem melhor a bendita Internet. Saiam da letargia espiritual torturada pela mente programada pelos Baphomé de todas as eras, castas e coturnos. Velhos como este mundo. Vampiros torturadores. Nos adoecem antes de matar-nos. Se deliciam com isso. Eles nos criaram "como criamos" o seu gado e os sustentamos em seus agrotóxiconegócios. É tudo deles. Até o ar que respiramos. Tudo o que se come. E agora o que se bebe. Do pasto ao matadouro. "Round up" deve estar nesses chemtrails enquanto todo mundo olhando pro chão vai procurando onde, de quatro, apoiar os joelhos. Para isso, e, para aquilo outro... Negócios, "lícitos" (concedidos) e ilícitos, mas, sempre lucrativos negócios. Plantações extensivas de súcubos... Eles chamam de 21. Depois (ou antes) do 69. Entenderam mais essa? Não? Então deixa pra lá e leiam o comentário da Ana que motivou esta postagem não autorizada. E depois o da Fada.

Ana Brito disse...
Querido amigo Pajé!
Ainda espalhamos e lemos os 'sinais de fumaça', mesmo que esses estejam impregnados de falsos sinais tóxicos e viciados. Um serviço nada dócil, mas sem volta, pois depois de apontados, na consciência, os primeiros sinais, o único retorno possível é a loucura, sim, esse é o caminho quando se negam as evidências daquilo que se está a enxergar. Aos que nasceram de olhos abertos, ainda que levemente, não restou outro caminho a não ser o do isolamento e da inadequação, imposto pelas leis da subserviência executadas pelos servos da tribo ruminante: pessoas tristes, irmãos nossos, a despeito de tudo. É muito triste ver quantos de nós continuam dormindo em berço nada esplêndido. Veja que a letra do Hino (supostamente) Nacional sentencia: "Deitado ETERNAMENTE em berço esplêndido!" O Brasil é a síntese do mundo e a menina dos olhos desses senhores, enquanto fingem brigar no oriente, vão dissimuladamente destruindo o restante do planeta e impondo a sua tirania.
Fomos sim despreparados de propósito. A cada dia mais fracos, acomodados, cegos, mudos, surdos e, em absolutamente tudo, dependentes do que os senhores visíveis impõem-nos em nome do Invisível olho que tudo vê. Eles impõem-nos o seu jogo, oferecem-nos tudo, inclusive o sistema de pensamento com o qual alguns de nós pensam estar a questionar tudo e a refletir sobre o motivo da nossa ignorância.
Sim, porque muitas das supostas cabeças inteligentes do planeta estão quase todas (de)formadas pela "escola" do Sistema, assimilando, confirmando e reproduzindo a mentira confortável e anestésica que permite a funcionalidade de tudo isso. Mais do que nunca somos vigiados, por eles também, mas acima de tudo pela nossa mente impregnada de "doce" e torpe veneno que ao menor indício de desejo de livre pensamento é bombardeada pelas mais de mil "verdades" nela (im)plantadas.
Falo do que sinto, mas principalmente do que sinto com a mente e não somente com o coração, todos os velhos sistemas de conhecimento, que antes foram mantidos ocultos, mas que agora se abrem para "iluminar" as pessoas, não passa de mais do mesmo, não passa de pasto velho disfarçado de "grandeeleitamagníficaantingaemísticasabedoria".
Mas há as trilhas químicas que de tão visíveis a maioria de nós não vê e se vê nem se importa. "Ahn?! Nuvem? Fumaça? Ah, isso não é nada! É só a sua mania de perseguição, conspiração, afinal, você nunca foi mesmo muito certo(a) da cabeça!" E dá-lhe fumaça nas ideias! De todos os tipos, agradáveis a todos os vícios, vãs, ilusórias, mas, sem dúvida, mais que intoxicantes, todas, todas inebriantes.
De fato, eles mudam as regras do jogo, mudam o mapa, mudam os nomes, mudam os lugares, fazem tantas mudanças para tudo continuar exatamente onde está: Nonada!
10 de março de 2014 10:15





Fada do Bosque disse... 
Oi Aldo e Ana,
Estamos acordados... a insónia estabeleceu-se naqueles que se importam com quem não se cuida... e são muitos.
Uma maioria esmagadora está colada à caixa preta, dentro das suas casas. A vida é relativamente confortável ainda. Temperaturas abaixo de zero nos EUA e Europa e pessoas a viver em tendas de campismo.
Estamos preocupados com o céu? chemtrails, geoengenharia... chamam-me louca... não passam de jactos.
Portugal está imbuído de medo e servidão. A Natureza continua a sua faxina para se livrar do poderoso vírus que a destrói. O Homem... não quer saber. Tão boas almas vão perecer.
Furaram a Terra inteira para construir bunkers de luxo e estão muitos à venda, um novo negócio... Svaalbard é o celeiro.
Há quem julgue que vai escapar para de novo reinar... esses da casa grande que roubaram os dividendos dos trabalhadores. Eles querem cá ficar. Quiçá não possam futuramente governar trans-humanos ainda mais dóceis, o que penso ser difícil, talvez mais resistentes, quem sabe?

"(...)Sim, um rio corre através de Fukushima. O complexo industrial de Fukushima Daiichi no Nordeste Japão está na costa do Oceano Pacífico. A água flui para baixo das colinas atrás da central nuclear,há milênios. É um processo natural da Terra. Há também as chuvas torrenciais e os tufões regulares; conhecidos no Ocidente como furacões.
O sítio está em uma grande área junto à praia na costa do Oceano Pacífico. Grande o suficiente para colocar seis grandes reactores todos alinhados em uma fileira na frente para o mar." Todos eles, os seis, vertem em conjunto radioactividade para o mar.
Por isso é que é considerado - EVENTO DE NÍVEL DE EXTINÇÂO.
http://www.veteranstoday.com/2014/03/08/fukushima-a-river-runs-through-it/

E não há quem me convença que foi acidente e não obra humana. Terremotos escala 9, abrem fendas monumentais na terra e no betão!
Este assassina em massa e ninguém põe termo a este reptiliano, é filantropo para os imbecis e é aplaudido:

https://www.youtube.com/watch?v=ryrLZMiVWbA&list=PLgm8Ewh-1wubzYLezYNmY8A5TyCeMuagh

Joguinhos de guerra para esconder tudo isto.
Caminhamos para o precipício... mais cedo ou mais tarde, partiremos todos.
Espero que "as cabeças inteligentes" do Planeta, pereçam para sempre.

Uma braçada de pétalas.
10 de março de 2014 16:58Excluir

"Deitado ETERNAMENTE em berço esplêndido!" É o invisível destino planejado de nonada para nós e o notudo para eles... Bela merda. Shit como eles gostam e dizer. Que fiquem com ela. Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Inté otra. Bençoo ocês tudo! Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Cuidem-se melhor. A velocidade do transcendente está aumentando enquanto a porta estreita vai se fechando. "Orai e vigiai!"


quarta-feira, 12 de março de 2014

Admirável Laura Botelho


Dear, caríssima, admirável Laura Botelho.
 
Paz e Luz à amiga já que "a vida é arte do encontro embora haja tanto desencontro pela vida." (Vinicius de Moraes)
"Se não houvesse ilusão não haveria iluminação." (Budismo)
Como você talvez não tenha notado, certamente, estou vivendo desde setembro passado em um desses infinitos universos paralelos onde nos encontramos corretamente desencontrados tocando em frente a magra boiada de nossas ilusões. Faxineiro de mim mesmo é o programa sublime e derradeiro. Degrau por degrau morro infinito acima.

Como você bem sabe, eu, e boa parte da torcida do Flamengo, ou quase toda, gosta muito de você. Mermo. E, é só por isso mermo que resolvi dever escrever à você sobre meus sentimentos no que toca esta Guantánamo planetária em fase acelerada e avançadíssima de implantação na qual estamos inseridos e devidamente escravizados. Enquanto incrédulos o chão treme e se abre sob nossos pés. Vejo você aflita, tentando acordar-se e acordar-nos enquanto sonambúlicos dormimos pesado pesadelo. As vezes parece que você escreve mas não se (re)lê. Calma! Sem medo. Segura as pontas e as pedras. Sou aquele seu fã e amigo, o velho Aldo, o "importante", lembra disso?

Então me dá licença, e, a sua mão. Sem medo. Vamos dançar!
David Icke, o nosso internético heroico pioneiro, deu uma pista definitiva e inolvidable sobre o que se passa: "Criam um problema, aguardam a senzala estrebuchar e então, apresentam o novo problema travestido de solução, a qual solução perpetua a antropofágica máquina arrecadadora de escravizados corpos, corações e mentes, e espíritos, e muita, mas muita grana, mermo.

Não sei se leu no frontispício de meu imodesto brógue (caixote virtual de vociferar quimeras do tipo; nem Deus é Fidel!) a minha confissão de fé ideológica. Observe bem que inclui uma sentença de morte às especulações ditas ou apregoadas revolucionárias. Lá, deixei publicada minha mais dolorosa constatação sobre a inviabilidade de "lutar" (coisa desnecessária "à priori" e a "posteriori") contra qualquer ideologia arquitetada pelo "sistema", este milenar sabichão escravagista muito bem engendrado e criptografado em nossos subconscientes desde nossa manipulada invenção. Enki e Enlil, esses são os nomes dos deuses criadores, os geneticistas primordiais, né isso não? Agora isto pouco importa. Este é um mundo de ilusão. Está desabando. Até já desabou. Mas, o que me importa e digo e repito sobre o leite derramado é o seguinte: 

Todas as utopias humanitárias são táticas dentro da estratégia escravagista. São os tais cavalos de Troia (inoculados) em todas as ideologias. Programação dolosa de softwares milenares ancestrais, zelosamente fratricidas, de mães para filhas desde que o mundo tornou-se imundo. Barbárie com paetês. A aplaudida religiosa tradição da bestialidade. Foi o que disse quando disse:
 
Oprimindo e achincalhando as mulheres, todas (inclusive as inumanas), desde o berço, garantem a escravização de todas as proles infinitamente.

Ora, o que quer isto dizer?
Simples como água da pura e cristalina. Não há possibilidade de "ordem unida" dentro "sistema". É cada um com seu cada qual. A faxina é pessoal e intransferível. 100% de responsabilidade sobre sua vida. A questão definitiva repousa sobre e sob as sutilíssimas frequências de onda eletromagnética caoticamente organizadas em uma nuvem quântica de ressonância transcendental cósmica de infinitas possibilidades que nossa cretinice chama de Deus. Sem futuro e sem passado o pesadelo vai sendo "remontado pelos "donos" desse mundo, senhores e criadores das informações carcerárias. Daí tantos HAARPS & CHEMTRAILS mais monsatanicos outros venenos visíveis e invisíveis, físicos e espirituais. E ninguém grita nada. A deusa TV taí pra não me desmentir sobre genocidas chernobils e este perene fukushimico labirinto do nada entorpecedor. Já pensou se resolvem detonar Angra dos Reis? Cuba de Fidel, a última revolução bem sucedida neste mundo, que muito admirável é, está ai para isso mesmo, dar-nos a impressão de que Espártacos e Varínias de todas as eras são viáveis e muito possíveis. Perguntemos qual a opinião de Giordano Bruno sobre este singelo assunto religiões, política, fogueiras e churrascos. Votos e cerveja com cachaça estarão aí muito depois do após Calypso e a vinda do dono da "boca" com a espada de fogo na mão. Onde você estava fazendo o que em 1964?

Continuo de olho neste olho de Órus invisibilizado pelas mídias escravagistas, e, estarrecido, vejo cada vez mais os outros escravos dos mundos ditos livres e democráticos se digladiando entre o manobradíssimas "esquerdas" (sempre no plural) versus "direita" (sempre no singular) na mais voluntarista perfeita execução do "faraônico" milenar golpe do "dividir fratricidamente para escravizar".

Pensa bem se, sem faxinarmos, seriamente, todos, memórias e programas escravagistas acumulados, reciclados, upgradados e criptografados em nosso embolorado milenar subconsciente ancestral repetindo os mesmos erros em memórias, se vamos ver ou ouvir qualquer raciocínio consciente que nos tire desta Guantánamo planetária ao final da saída pela "porta estreita" do labirinto do nada em que nos mantêm errantes há muitos e muitos donos.

Há mundos piores e melhores que este. Estamos aqui não para salva-lo, ele nem precisa disso, vai ficar por aí mais uns bilhões de anos, mas, para salvar-nos. Jogo duríssimo reformatar a mente egóica. Salvarmo-nos de nós mesmos. Cada qual com seu cada um. Aos nossos "espíritos"; estas frequências de ondas sutilíssimas que "eles", a casa grande, conhecem muito bem melhor do que nós mesmos, os senzalados.

Eles nos projetaram. Nossos sentidos só percebem 1/000000000 da matéria existente. O que você quer ver ou quer que as pessoas vejam com os olhos da mente doutrinada, formatada, programada pela tal de elite que administra a escassez planejada de tudo? Menos a estupidez, é claro. Inclusive e principalmente a inteligência inconsciente da manada? É mais fácil um elefante passar pelo buraco da agulha. Esse papo de revolução comunista no Brasil só impressiona gente ignorante e esses garotos tatuados ou essas garotas tatuadas. !964 foi executado para chegarmos aonde estamos, aqui, agora, e darmos o pulo do gato deles. Justificar a nossa Guantánamo brasileira, que será de uma ferocidade jamais imaginada e incorpora-la naturalmente à Guantánamo planetária. Fim de novelas virtuosas e sprays de pimenta na cara dos senzalados. Depopulção. Ralo. campos de concentração e fuzilamentos sumários. Henry Kissinger já disse que "há bocas inúteis demais" e "o mundo está pronto para a nova ordem mundial". Nazi sionismo é o nome do que já estamos vivendo, é o 4º REICH. Isso tudo começou com o termino da bem sucedida 2ª grande guerra mundial. Obama já disse: "Levamos 60 anos para chegar aqui. Nada vai nos atrapalhar desta vez." Ninguém presta atenção ao jogo?

A deusa (ui!) está aí onipresente, de salto altíssimo, com toda a sua atualizadíssima faminta tecnologia carcerária. Aspartame e glutamato monossódico. É para isso mesmo esta aparente evolução, a manutenção da cegueira e estupidificação perene da senzala global. Não é lindo isso?
 
Vou repetir para ocê vê bem como que Papa vai, Papa vem, Papa vai, Papa vem e a peça culto escravagista não sai de cartaz e muda só a indumentaria (quando muda, muda a dos figurantes), ou de alguns atores e o fundo musical. O teatro, o palco, o gado e o cenário não tem como mudar. Ou não? Tem? Iluminação? Sons do silêncio? Napoleão disse que a história (o "script") é uma série de mentiras aceitas. Napoleão, hein? O cara que empurrou D. João VI para o Brasil bancado ($), ambos, pela velha e "boa" Inglaterra, hein? "Escudo vermelho." Que tal? Hein!? Então!? Para que servirão aqueles milhões de caixões estocados e campos de concentração espalhados pelos Estados Unidos da América do Norte? O grande irmão. E as guilhotinas? Yankees. Aqueles dos eternos Yes we can continuar por mais mil anos. O gado rumina o mesmo carnavalesco lero lero ancestral enquanto olha para a deusa TV e mastiga, mastiga, mastiga e engole o mesmo lixo sempre em nova embalagem.
Hoje não deu praia? Quisera você visitasse meu imodesto brogue como eu visito o seu...


A maior atenção, me parece, deva ser em relação a essas frequências de sutis ondas eletromagnéticas que possibilitam a existência e a interação de tudo e todos com a fonte inesgotável em expansão de onde tudo vem e para onde tudo vai. É por aí que se dá a manipulação de tudo o que existe em qualquer parte inteligente do universo. "Deus não joga dados" porque não é burro, perdão aos muares pelo uso inadequado da palavra. Mas, tudo, para existir precisa de uma memória e inteligência. Sem bem nem mal. Uma inteligência memorial que não julga nem pune. Simplesmente É. Basta soltarmo-nos dos dogmas da mente escravista e já se tem uma visão mais ampla das verdades infinitas que possibilitam a expansão da mente iluminada na libertação da alma cativa.  

Cada um deve buscar a Luz (própria) que ilumina o caminho da verdade verdadeira. O filho de Deus não tem pecado. O importante é querer se libertar do aprisionamento escravizante de si mesmo e escravizador do outro. Ser. Ser é estar consciente. Vivo, alerta, vigilante na presença em paz. No prazer do entusiasmo do perceber-se nem feliz nem infeliz, em paz, em silencio interior divino e perfeito. Aberto ao espaço infinito de tudo por criar para o seu bem e o bem de todos. Sair da hipnose, do transe, da miserável catatonia global. Por incrível que pareça há até quem goste pensar que gosta desse labirinto do nada que os mantêm na prisão das almas em corpos e mentes iludidas, aterrorizadas na ignorância planejada pelos "donos" do mundo desde a chegada. Isso fortalece e afaga os egos. Dá-lhes consistência egóica. Importância. Quem se importa?
 

Paciência, não dou mais soco em ponta de faca, eu também passei por este sabotador estágio egóico prisional. Carcereiro, cego, gladiador, sabotador, escravizador, distante de mim mesmo. Decifrei o código encarcerador. Não ensino mais aos padres o rezarem missa. Também não deixo caboclos infelicitantes acenderem velas no meu terreiro. Que cada um segure sua pemba. Oro e vigio.  

Um dia me ofereceram o meu peso em ouro; 80 kg. A alma, dizem, pesa 2 gramas... Este é o programa escravizador de importância criptografado pela casa grande em nossos subconscientes até muito antes do parto de cada um de nós. A tal da fajuta ancestralidade, fajuta tradição, fajuta cretina genética. Mórbidos. Todos são gordos. Claro, comem todos a mesma farinha. No mesmo saco. Vou citar E.T. no "O despertar de uma nova consciência"; "Todo vício surge de uma recusa inconsciente de encaramos nossos próprios sofrimentos. Todo vício começa no sofrimento e termina nele."
 

O amor incondicional do Infinito em expansão é justamente esta chance de revermos nossas crenças e escolhas no uso do tal de livre arbítrio. Infinitamente. É muito difícil? Causa e efeito. Ser 100% responsável? Somos nossas crenças e escolhas. Na dúvida não ultrapasse. Beba com moderação, ou não beba. Se beber não dirija e se dirigir não beba. Quem está ao volante da carroça é o motorista? Ou não? Deus existe porque eu existo? Ou eu existo porque ele existe? Ou tudo isso nem existe, é um delírio, um pesadelo de péssimo gosto? 

Acendamos a Luz, a bola está em jogo. Guardo nos olhos a água das fontes. Guarde você também. Eles mudam as regras do jogo ao longo do campeonato para que o time deles nunca perca. É como as viciosas loterias alimentadas pela escassez planejada de tudo. O banqueiro é o dono dos cassinos. Todos.
Iluminemo-nos!

Criança esperança? É este o labirinto do nada do inacreditável plano escravos fields for ever and ever na canalhocracia dos que restarem desta carnificina oferecida aos deuses antropófagos da velha nova ordem mundial em estado acelerado de implantação... By by Bras(z)il, adeus! By By adeus imundo cruel!

Laura querida, eu te quero bem! Espero ter contribuído, sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. Cuide-se bem. Inté a próxima, aproveite bem sua praia e seus fins de semana. A velocidade do transcendente continua acelerando... Você é muito importante para mim e todos nós. Nunca esqueça isso. Outra vez: sinto muito, te amo, me perdoe, sou grato. Toda PAZ. 


E o blogger não me atualiza, por que será?

segunda-feira, 10 de março de 2014

Almas embarcadas em unidades prisionais

Em 10 de março
241 a.C. – Primeira guerra púnica: Ocorre a batalha das Ilhas Égadi; a vitória romana é decisiva e põe fim ao conflito, obrigando Cartago a aceitar as condições de paz.
1496 – Cristóvão Colombo parte de Hispaniola com destino à Espanha, encerrando sua segunda visita ao Hemisfério Ocidental.
1557 – Pastores enviados por João Calvino e diversos teólogos leigos franceses, celebram o primeiro culto protestante no Brasil.
1629 – Carlos I de Inglaterra dissolve o Parlamento e não voltaria a convocá-lo pelos próximos onze anos.

Sul de Minas, uma das infindáveis. Janeiro de 2014
Nem é porque o fim desse mundo de ilusão já vai pra lá de escancaradamente evidente para os que tem olhos de ver, é porque não fujo do continuar refletindo sobre o nem tão óbvio enquanto faxino as tais memórias ancestrais invisibilizadas pela casa grande em todas as eras. Geoengenharia em imorais geogenocidas "Chemtrails" físicos e espirituais materializados por nossa cretinice mental. Os senzalados. 

Mas, o novo não para. Nem envelhece?

Crianças estranhamente admiráveis estão desembarcando luminosamente no planeta e a maioria de seus pais está desatenta e ou (propositalmente) despreparada para recebe-las com a devida atenção. Há uma cósmica mudança transcendental em nosso ADN. Já observaram isso?

Há um tempo você entrava em uma casa e havia uma santa ceia olhando para você na sala de comer, hoje há uma grande tela de TV (a deusa) permanentemente ligada, derramando lixo sobre a mesa enquanto você come o lixo comida que adoece propositalmente. Ração. Monsatânica. Tudo está ligado a tudo. Ou será que o tal de "sistema" (milenarmente sabichão) nos despreparou com a precisão de um relojoeiro suíço para este momento XXI, (propositalmente)? Já pararam para imaginar o inexistente "tempo"; das estrelas? Tráfego de tráficos. "Rush" infinito! Afinal, o dono "da boca" é a casa grande e suas articuladíssimas computadorizadas secretas agremiações administrando a escassez planejada de tudo 24hs por dia; principalmente a da Luz que nos possibilita transcender este terráqueo labirinto do nada.

Nas cidades ninguém mais vê estrelas. O planeta Terra deve ser um micróbio no microscópio quando visto lá de fora A senzala agradece sua estupidificação no escuro da televisão ligada (a deusa). Ajoelhai e obedecei. Sem juízo. 

Sim, somos almas, mas, estamos embarcadas em unidades prisionais chamadas corpos humanos. Pesados. Sequestrados. Escravizados. Reduzidos. Ignorantes da imensidade infinita que nos cerca e interpenetra. Essa divagação fica  mais leve a partir da citação feita aqui e parcialmente em postagem anterior.

Cada um que retire suas conclusões. Pensar sempre foi conspiração. Não é fácil cuidar das próprias escolhas. Lei não é sinonimo de justiça. Não podemos ensinar nada a ninguém. Nem quero me enredar nas razões íntimas por detrás, ou pré estabelecidas, lá nos confins do invisível aos nossos olhos, corações e mentes. Cada qual com seu cada um segundo sua curiosidade. Que assim seja. Afinal, viva a liberdade! Liberté, égalité, fraternité! Somos livres! (Tremendo requentado 171 no mais do mesmo no século XXI) Ou será que orai e vigiai é fofocar e tomar conta da vida do outro? Lixos carcereiros. Cornofóbicos fiscais de pênis e vaginas.

A maior atenção, me parece, deva ser em relação a essas frequências de sutis ondas eletromagnéticas que possibilitam a existência e a interação de tudo e todos com a fonte inesgotável em expansão de onde tudo vem e para onde tudo vai. É por aí que se dá a manipulação de tudo o que existe em qualquer parte inteligente do universo. "Deus não joga dados" porque não é burro, perdão aos muares pelo uso inadequado da palavra. Mas, tudo, para existir precisa de uma memória e inteligência. Sem bem nem mal. Uma inteligência memorial que não julga nem pune. Simplesmente É. Basta soltarmo-nos dos dogmas da mente escravista e já se tem uma visão mais ampla das verdades infinitas que possibilitam a expansão da mente iluminada na libertação da alma cativa.

Cada um deve buscar a Luz (própria) que ilumina o caminho da verdade verdadeira. O filho de Deus não tem pecado. O importante é querer se libertar do aprisionamento escravizante de si mesmo e escravizador do outro. Ser. Ser é estar consciente. Vivo, alerta, vigilante na presença em paz. No prazer do entusiasmo do perceber-se nem feliz nem infeliz, em paz, em silencio interior divino e perfeito. Aberto ao espaço infinito de tudo por criar para o seu bem e o bem de todos. Sair da hipnose, do transe, da miserável catatonia global. Por incrível que pareça há até quem goste pensar que gosta desse labirinto do nada que os mantêm na prisão das almas em corpos e mentes iludidas, aterrorizadas na ignorância planejada pelos "donos" do mundo  desde a chegada. 

Paciência, não dou mais soco em ponta de faca, eu também passei por este sabotador estágio egóico prisional. Carcereiro, cego, gladiador, sabotador, escravizador, distante de mim mesmo. Decifrei o código encarcerador. Não ensino mais aos padres o rezar missa. Também não deixo caboclo acender velas no meu terreiro. Oro e vigio.

Um dia me ofereceram o meu peso em ouro; 80 kg. A alma, dizem, pesa 2 gramas... Este é o programa escravizador criptografado pela casa grande em nossos subconscientes até muito antes do parto de cada um de nós. A tal da fajuta ancestralidade, fajuta tradição, fajuta cretina genética. Mórbidos. Todos são gordos. Claro, comem todos a mesma farinha. No mesmo saco. Vou citar E.T. no "O despertar de uma nova consciência"; "Todo vício surge de uma recusa inconsciente de encaramos nossos próprios sofrimentos. Todo vício começa no sofrimento e termina nele."

O amor incondicional do Infinito em expansão é justamente esta chance de revermos nossas crenças e escolhas no uso do tal de livre arbítrio. Infinitamente. É muito difícil? Causa e efeito. Ser 100% responsável? Somos nossas crenças e escolhas. Na dúvida não ultrapasse. Beba com moderação, ou não beba. Se beber não dirija e se dirigir não beba. Quem está ao volante da carroça é o motorista? Ou não? Deus existe porque eu existo? Ou eu existo porque ele existe? Ou tudo isso nem existe, é um delírio, um pesadelo de péssimo gosto?

Acende a Luz, a bola está em jogo. Guardo nos olhos a água das fontes. Eles mudam as regras do jogo ao longo do campeonato para que o time deles nunca perca. É como as viciosas loterias alimentadas pela escassez planejada de tudo. O banqueiro é o dono dos cassinos. Todos. Iluminemo-nos!

Iluminem-se. Com migo ou sem "migo" o jogo seguirá. Ou não? Ou será que a gente não semos mermo tã inútius?

Vejamos:

RETORNO À ESPIRITUALIDADE

Hidemberg Alves da Frota. Março de 2006 – revista Reformador.

Quando o ser humano finalmente aceita a reencarnação como fato da natureza a alcançar a humanidade terrestre em todas as épocas e lugares, sente-se no dever de destinar suas energias, sentimentos e pensamentos ao aceleramento de sua evolução espiritual.

Cansa-se do vazio existencial, do cotidiano angustiado e melancólico, da atenção dispersa, voltada a contemplar convenções e modismos sociais.

Cristaliza a vontade de por um basta a vícios que Traz consigo ao longo de séculos. Agora sabe que não está aqui à toa. Tem missão a executar. Seu bem estar espiritual depende disso. Quanto mais tempo desperdiçar, menos realizado será, maiores as dificuldades para cumprir a finalidade desta reencarnação e enfrentar os equívocos do passado, erros que há muito esperam correção.

Quando jovem, ouviu dos amigos que deveria se divertir, porque tinha a vida inteira pela frente. Quando amadurece á luz da Doutrina Espírita corrói-se de remorso pela mocidade materialista, caixa de ressonância para valores fúteis que o acompanham há priscas eras. Olha par atrás e vê os ensinamentos que reassimila de tempos em tempos para, depois, voltar a abandoná-los no meio do caminho, mesmo sabendo, no intimo, que eram certos. Transcorrido tanto tempo, imitando a própria teimosia, aprende a ouvir sua intuição sussurrar a sabedoria de quem já percorreu muitas sendas e passou da idade de renegar o próprio acervo de experiências acumuladas.

Nos escaninhos da alma, redescobre a mediunidade, identificando influencias invisíveis, ora benéficas, ora deletérias, a depender da disposição para purificar-se da autocorrupção, respeitar normas éticas universais e tornar-se mais sensível a vibrações sutis. E menos simpático a emoções e raciocínios densos.

Acostuma-se a enxergar na esfera da vida privada uma fortaleza inócua contra a exposição ao publico do mundo espiritual, porque no recôndito de sua intimidade trafegam espíritos amigos e hostis que o conhecem melhor que a si próprio.Troca a defesa da privacidade e da dissimulação pelo enfrentamento sincero das suas falhas de caráter, ciente de que para os espíritos sua alma está sempre nua.

Disciplina-se para evocar saudáveis influencias e não se corromper com ideias insidiosas, a primeira vista inofensivas por serem apenas pensamentos.

Admite que não é receptáculo de verdades absolutas inquestionáveis. Extrai do conhecimento de seus pares pontos luminosos, traços de lucidez divina espraiados até naqueles que renegam a espiritualidade. Observa outras religiões. Vê na maioria substrato ético comum, apesar da dissonância dogmática.

Pondera antes de criticar quem julga encontrar-se em estagio evolutivo inferior ao seu, porque a verdade que aquele trilha um dia foi a sua.

Recorda que não adianta chegar ao topo da montanha: precisa ajudar os outros a escalarem-na.

Muda sua postura diante dos inimigos, ao concluir que apenas energias positivas neutralizam a negatividade; somente o perdão incondicional extirpa rancores imemoriais; só vence o ódio o amor sincero, universal, sem fins interesseiros e exigência de reciprocidade. A partir daí compreende a imprescindível contribuição de Jesus à evolução da humanidade radicada no orbe terrestre.


Assim caminha o orbe terrestre...







Caminhemos. Inté a otra próxima. Fiquem bem. Despertos.
Related Posts with Thumbnails